David Allan Coe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
David Allan Coe
David Allan Coe.jpg
Informação geral
Nascimento 6 de Setembro de 1939
Origem Akron, Ohio
País  Estados Unidos
Gênero(s) country
Instrumento(s) guitarra e voz
Página oficial http://www.officialdavidallancoe.com

David Allan Coe (n. 6 de Setembro de 1939 em Akron, Ohio) frequentemente abreviado D.A.C. é um músico americano de country, que alcançou popularidade nos anos 70 e 80 do século passado. Ele escreveu e interpretou mais de 280 canções ao longo da sua carreira. Como compositor, os seus trabalhos mais conhecidos são "Would You Lay with Me (in a Field of Stone)," originalmente gravado por Tanya Tucker, e "Take this Job and Shove It", que chegou ao nº1 das tabelas de vendas por Johnny Paycheck, e que mais tarde se tornou num filme de sucesso, tendo Coe e Paycheck pequenos papéis na fita.

Estilo[editar | editar código-fonte]

A juntar às suas canções humorosas como "You Never Even Call Me By My Name" (uma composição de Steve Goodman/John Prine), ele também se refere a si mesmo nas suas canções para se auto-promover através da sua música. Ele referencia grandes estrelas da música country de uma maneira que se equipara a elas, como em "Willie, Waylon, and Me," e no trecho "Johnny Cash helped me get out of prison" em "Longhaired Redneck."

Rebel Meets Rebel[editar | editar código-fonte]

Coe fez os vocais dos Rebel Meets Rebel uma banda de metal-country composta por Coe, Dimebag Darrel, Vinne Paul e Rex Brown dos Pantera. O álbum homónimo foi gravado entre 1999 e 2001, mas não foi lançado se não após a morte de Darrel em 2004.

Controvérsia[editar | editar código-fonte]

Coe gravou dois álbuns nos anos 80 com letras racistas e misóginas extremamente explícitas; "Nothing Sacred" e "Underground Album". Também disponível há uma colectânea do melhor desses dois álbuns, intitulada "18 X-Rated Hits". Por esta razão, canções racistas anteriores do músico country conhecido como Johnny Rebel são erroneamente atribuídas a Coe.

Coe recusa assumir ou tocar as suas próprias canções controversas em concerto. Apesar dessas gravações, DAC insiste que não é nem nunca foi racista e que até já teve um negro na sua banda e como companheiro de quarto. No entanto, esses álbuns estão à venda através do seu sítio oficial.

Coe cumpriu uma pena significativa na Prisão Estadual do Ohio (de acordo com o próprio; 22 anos) antes de se mudar para Nashville. De acordo com Coe, ele foi mandado para um reformatório aos 9 anos de idade e permaneceu lá até aos 18 anos, antes da sua pena na Prisão estadual do Ohio. A sua vida teve muitos altos e baixos, e ele diz que se tornou no homem que é hoje após muitos anos de luta pessoal e profissional.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Canções e singles

  • "Take This Job And Shove It"
  • "Nigger Fucker"

Álbuns

  • Penitentiary Blues
  • Requiem for a Harlequin
  • Mysterious Rhinestone Cowboy
  • Once Upon a Rhyme
  • Longhaired Redneck
  • Texas Moon
  • Rides Again
  • Greatest Hits
  • Tattoo
  • Family Album
  • Human Emotions
  • Spectrum VII
  • Compass Point
  • Nothing Sacred
  • I've Got Something to Say
  • Invictus Means Unconquered
  • Tennessee Whiskey
  • Rough Rider
  • D.A.C.
  • Underground Album
  • Biggest Hits
  • Castles in the Sand
  • Hello in There
  • David Allan Coe or Else
  • Original Outlaw
  • The Best of David Allan Coe
  • Just Divorced
  • Why Me
  • The First Ten Years
  • Darlin Darlin
  • Unchained
  • I Love Country
  • Son of the South
  • Matter of Life and Death
  • 17 Greatest Hits
  • Crazy Daddy
  • Hits Of David Allan Coe
  • 18 X-Rated Hits
  • Headed For The Country
  • 1990 Songs for Sale
  • Standing Too Close to the Flame
  • Super Hits
  • Granny's off Her Rocker
  • Living on the Edge
  • If That Ain't Country (ao vivo)
  • Recommended for Airplay
  • Songwriter of the Tear
  • Live at the Iron Horse Saloon
  • Live at Billy Bob's Texas
  • For the Soul and for the Mind
  • 16 Biggest Hits
  • All I'll Ever Be (apenas disponível no sítio oficial)
  • Rebel Meets Rebel

Ligações externas[editar | editar código-fonte]