David Gross

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
David Gross Medalha Nobel
Física, teoria das cordas
David Gross nas obras de construção do Kavli Institute for Theoretical Physics (Universidade da Califórnia, Santa Barbara)
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Residência  Estados Unidos
Nascimento 19 de Fevereiro de 1941 (73 anos)
Local Washington
Atividade
Campo(s) Física, teoria das cordas
Instituições Universidade da Califórnia em Santa Bárbara, Universidade Harvard, Universidade de Princeton
Alma mater Universidade Hebraica de Jerusalém Universidade da Califórnia, Berkeley
Orientador(es) Geoffrey Chew
Orientado(s) Frank Wilczek, Edward Witten, William Caswell, Rajesh Gopakumar, Nikita Nekrasov
Conhecido(a) por Liberdade assintótica
Prêmio(s) Prêmio Sakurai (1986), Medalha Dirac (1988), Medalha Oskar Klein (2000)]], Nobel prize medal.svg Nobel de Física (2004)

David Jonathan Gross (Washington, 19 de fevereiro de 1941) é um físico e teórico de cordas estadunidense.

Juntamente com Frank Wilczek e David Politzer, foi galardoado com o Nobel de Física de 2004, pela sua descoberta da liberdade assintótica.

Gross bacharelou-se e fez o mestrado na Universidade Hebraica de Jerusalém, em Israel, em 1962. Recebeu o seu Ph.D. em física pela Universidade da Califórnia, Berkeley em 1966 e foi um Junior Fellow na Universidade de Harvard e Professor na Universidade de Princeton até 1997.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Bryce DeWitt e Bruno Zumino
Medalha Dirac do ICTP
1988
com Efim Fradkin
Sucedido por
Michael Green e John Henry Schwarz
Precedido por
Alexei Alexeevich Abrikosov, Vitaly Lazarevich Ginzburg e Anthony J. Leggett
Nobel de Física
2004
com Hugh David Politzer e Frank Wilczek
Sucedido por
Roy Glauber, John Hall e Theodor Hänsch


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) físico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.