David Nalbandian

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes fiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde março de 2013) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes fiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes fiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Tenista David Nalbandian
Nalbandian signing autographs at 2006 Australian Open.jpg
Nalbandian no Aberto da Austrália de 2006
País  Argentina
Residência Argentina Córdoba, Argentina
Data de nasc. 1 de janeiro de 1982 (32 anos)
Local de nasc. Argentina Córdoba, Argentina
Altura 1,80m
Peso 79 kg
Treinado por Martin Jaite
Profissionalização 2000
Mão Direita
Prize money US$ 10 263 375 Fonte
Simples
Vitórias-Derrotas 328-153
Títulos 11
Melhor ranking N° 3 (20 de março de 2006)
Resultados de Grand Slam
Open da Austrália SF (2006)
Open da França SF (2004, 2006)
Wimbledon F (2002)
U.S. Open SF (2003)
Torneios principais
Tour Finals V (2005)
Jogos Olímpicos 3ªrodada (2008)
Duplas
Vitórias-Derrotas 43-51
Títulos 0
Melhor ranking N° 105 (5 de outubro de 2009)
Medalhas
Jogos Pan-Americanos
Bronze Winnipeg 1999 Tênis-Simples
Última atualização em: 2 de setembro de 2010.

David Nalbandian (1 de Janeiro 1982, Córdoba) é um tenista argentino, descendente de armênios e italianos[1] , assim como seu colega de profissão, o norte-americano André Agassi.

Um dos feitos da sua carreira foi ganhar a Tennis Masters Cup de Xangai em 2005 onde bateu na final o suíço Roger Federer, então n.º1 do ranking ATP, por 6-7(4) 6-7(11) 6-2 6-3 7-6(3).

Venceu o Estoril Open em 2005. Em 2006 foi vice-campeão da Copa Davis, defendendo a Argentina na derrota para a Rússia.

Em 2007 venceu o Masters de Madrid frente a Roger Federer por 1-6; 6-3; 6-3, quebrando assim um ano e meio sem ganhar qualquer torneio, e também o Paris Masters frente a Rafael Nadal com um placar de 6-4; 6-0.

É patrocinado pela Yonex.

Encerrou o ano de 2011 como o número 64 do mundo.[1]

Desempenho em Torneios[editar | editar código-fonte]

Simples[editar | editar código-fonte]

Finais de Grand Slam[editar | editar código-fonte]

Vice-Campeão (1)[editar | editar código-fonte]
Ano Torneio Superfície Adversário na Final Resultado
2002 Reino Unido Wimbledon Grama Austrália Lleyton Hewitt 6–1, 6–3, 6–2

Finais Vencidas (11)[editar | editar código-fonte]

Legenda
Grand Slam (0)
Tennis Masters Cup
ATP World Tour Finals (1)
ATP Masters Séries
ATP World Tour Masters 1000 (2)
ATP International Séries Gold
ATP World Tour 500 Séries (1)
ATP International Séries
ATP World Tour 250 Séries (7)
Títulos por superfície
Dura (5)
Grama (0)
Saibro (4)
Carpete (2)
Nr. Data Torneio Superfície Adversário na Final Resultado
1. 8 de Abril de 2002 Portugal Estoril, Portugal Saibro Finlândia Jarkko Nieminen 6–4, 7–6(5)
2. 21 de Outubro de 2002 Suíça Basileia, Suíça Carpete Chile Fernando González 6–4, 6–3, 6–2
3. 1 de Maio de 2005 Alemanha Munique, Alemanha Saibro Roménia Andrei Pavel 6–4, 6–1
4. 20 de Novembro de 2005 República Popular da China Tennis Masters Cup, Shanghai, China Carpete Suíça Roger Federer 6–7(4), 6–7(11), 6–2, 6–1, 7–6(3)
5. 7 de Maio de 2006 Portugal Estoril, Portugal Saibro Rússia Nikolay Davydenko 6–3, 6–4
6. 21 de Outubro de 2007 Espanha Madrid, Espanha Dura Suíça Roger Federer 1–6, 6–3, 6–3
7. 1 de Novembro de 2007 França Paris, França Dura Espanha Rafael Nadal 6–4, 6–0
8. 24 de Fevereiro de 2008 Argentina Buenos Aires, Argentina Saibro Argentina José Acasuso 3–6, 7–6(5), 6–4
9. 4 de Outubro de 2008 Suécia Estocolmo, Suécia Dura Suécia Robin Söderling 6–2, 5–7, 6–3
10. 17 de Janeiro de 2009 Austrália Sydney, Austrália Dura Finlândia Jarkko Nieminen 6–3, 6–7(9), 6–2
11. 8 de Agosto de 2010 Estados Unidos Washington, D.C., EUA Dura Chipre Marcos Baghdatís 6–2, 7–6(4)

Finais Perdidas (12)[editar | editar código-fonte]

Nr. Data Torneio Superfície Adversário na Final Resultado
1. 1 de Outubro de 2001 Itália Palermo, Itália Saibro Espanha Félix Mantilla 7–6(2), 6–4
2. 8 de Julho de 2002 Reino Unido Wimbledon, Londres, Reino Unido Grama Austrália Lleyton Hewitt 6–1, 6–3, 6–2
3. 11 de Agosto de 2003 Canadá Montreal, Canadá Dura Estados Unidos Andy Roddick 6–1, 6–3
4. 27 de Outubro de 2003 Suíça Basileia, Suíça Carpete Argentina Guillermo Coria W/O
5. 10 de Maio de 2004 Itália Roma, Itália Saibro Espanha Carlos Moyà 6–3, 6–3, 6–1
6. 18 de Outubro de 2004 Espanha Madrid, Espanha Dura Rússia Marat Safin 6–2, 6–4, 6–3
7. 25 de Outubro de 2004 Suíça Basileia, Suíça Carpete República Checa Jiří Novák 5–7, 6–3, 6–4, 1–6, 6–2
8. 25 de Fevereiro de 2008 México Acapulco, México Saibro Espanha Nicolás Almagro 6–1, 7–6(1)
9. 26 de Outubro de 2008 Suíça Basileia, Suíça Dura Suíça Roger Federer 6–3, 6–4
10. 2 de Novembro de 2008 França Paris, França Dura França Jo-Wilfried Tsonga 6–3, 4–6, 6–4
11. 15 de Janeiro de 2011 Nova Zelândia Auckland, Nova Zelândia Dura Espanha David Ferrer 6–3, 6–2
12. 17 de Fevereiro de 2013 Brasil São Paulo, Brasil Saibro Espanha Rafael Nadal 6–2, 6–3

Duplas[editar | editar código-fonte]

Finais Perdidas (1)[editar | editar código-fonte]

Nr. Data Torneio Superfície Parceiro Adversários na Final Resultado
1. 17 de Fevereiro de 2003 Argentina Buenos Aires, Argentina Saibro Argentina Lucas Arnold Ker Argentina Mariano Hood
Argentina Sebastián Prieto
6–2, 6–2

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre David Nalbandian
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: David Nalbandian
Ícone de esboço Este artigo sobre tênis ou tenista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.