Days of Rising Doom

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto.
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Aina, Days of Rising Doom
Album de Aina
Lançamento 25 de setembro de 2003
Gravação 2002 - 2003
Gênero(s) Power metal, metal progressivo, metal sinfônico
Duração 68:16
Gravadora(s) Transmission Records
Produção Sascha Paeth

Days of Rising Doom é uma peça de metal sinfônico (metal opera) do supergrupo de metal progressivo Aina, lançado em 25 de setembro de 2003. O conceito, a história e as letras foram criadas por Amanda Somerville e a música foi composta por Robert Hunecke-Rizzo.

História[editar | editar código-fonte]

O álbum conta a história da terra imaginária de Aina, após a morte do Rei Taetius, e de como seu filho, Torek, sobe ao trono. A história começa com um alerta dos profetas ao Rei Teatius (Damian Wilson), que o avisa de perigo no horizonte.

A história move-se para o triângulo amoroso entre Oria Allyahan (Candice Night) e os dois filhos do Rei Taetius: Talon (Glenn Hughes) e Torek (Thomas Rettke). Após a morte de seu pai, Torek torna-se o rei de Aina. Porém, humilhado e com raiva, ele foge do reino quando Talon pede a mão da senhorita Oria em casamento.

Torek torna-se amigo de uma raça horrível, conhecida como Krakhon, de quem ele se torna um misto de rei e deus, assumindo o nome de Sorvahr.

Rapidamente, Sorvahr reúne um exército de Krakhons e os lidera em uma guerra contra o mundo inteiro. Ele cerca e toma Aina, expulsando seu irmão Talon, a esposa dele, Oria e sua filha Oriana.

No esforço de preservar seu reino, Talon envia Oriana para longe dele, a fim de garantir-lhe a segurança. Enquanto isso, Sorvahr estupra Oria, que por sua vez dá à luz Syrius.

Desconhecendo sua relação de um com o outro (como irmãos e inimigos), Oriana e Syrius encontram-se e apaixonam-se. Como o casal chega à idade adulta, Talon retorna para o reino com um novo exército para retomar o trono de Aina. Talon leva consigo Oriana para ajudar a liderar o exército; no outro lado, Sorvahr leva Syrius consigo para liderar o exército inimigo. Quando Oriana e Syrius encontram-se, eles declaram uma proposta de paz no campo de batalha. A paz é quebrada quando Sorvahr, desgostoso com seu filho por fazer a paz e não a guerra, mata Syrius. Horrorizada e enraivecida, Oriana volta então para a batalha e derrota Sorvahr no campo de batalha. Ela então toma o trono do recentemente re-integrado reino de Aina.

Lista de faixas[editar | editar código-fonte]

Disco 1: Days Of Rising Doom[editar | editar código-fonte]

  1. "Aina Overture" - 2:01
  2. "Revelations" - 5:29
  3. "Silver Maiden" - 5:00 cantor: Michael Kiske
  4. "Flight Of Torek" - 5:21 cantor: Tobias Sammet
  5. "Naschtok Is Born" - 4:39
  6. "The Beast Within" - 3:17
  7. "The Siege Of Aina" - 6:50
  8. "Talon's Last Hope" - 6:10
  9. "Rape Of Oria" - 3:05
  10. "Son Of Sorvahr" - 2:58
  11. "Serendipity" - 4:04
  12. "Lalae Amer" - 4:13
  13. "Rebellion" - 4:01
  14. "Oriana's Wrath" - 6:13
  15. "Restoration" - 4:55

Disco 2: The Story Of Aina[editar | editar código-fonte]

  1. "The Story Of Aina" - 15:08
  2. "The Beast Within" - (versão single) - 3:43
  3. "Ve Toura Sol-Rape Of Oria" - (versão Ainae) - 3:05
  4. "Flight Of Torek" - (versão single) - 3:33
  5. "Silver Maiden" - (versão alternativa) - 4:59
  6. "Talon's Last Hope" - (demo) - 5:46
  7. "The Siege Of Aina" - (versão single) - 3:55
  8. "The Story Of Aina" - (instrumental) - 15:081

Integrantes[editar | editar código-fonte]

Cantores[editar | editar código-fonte]

Músicos[editar | editar código-fonte]

Referências