Days of the New

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Days of the New
Informação geral
Origem Charlestown, Indiana
País  Estados Unidos
Gênero(s) post-grunge
Período em atividade 1995 - atualmente
Gravadora(s) Outpost Records
Interscope Records
Página oficial www.DaysOfTheNew.com
Integrantes
Travis Meeks
Ray Rizzo
Malcolm Gold

Days of the New é uma banda de rock dos Estados Unidos, formada em 1995 pelos amigos de escola Travis Meeks (vocalista), Jesse West (baixista) e Matt Taul (baterista).

História[editar | editar código-fonte]

Originários de Charlestown, no estado de Indiana, o trio mudou-se para Louisville, no Kentucky, onde conheceram o Todd Whitener (guitarrista). O agora quarteto passa a ter como produtor o já veterano Scott Litt (que já trabalhara com as bandas R.E.M. e The Replacements), então dono da Outpost Records, por volta de 1996.

A banda gravou seu primeiro disco, intitulado apenas com o nome da banda — alguns fãs chamam o primeiro disco de Orange ("laranja", em inglês), enquanto outros chamam-no de Yellow ("amarelo", em inglês) —, lançado em 1997. O álbum é inteiramente gravado com violões, baixo e bateria. O álbum chegou a vender 1,5 milhões de cópias e não demorou para começar a ser tocado por rádios alternativas. O primeiro single do CD, Touch, Peel and Stand, chegou ao topo das paradas de rock. Com esse sucesso, o Days of the New foi convidado para abrir 34 shows da turnê de Jerry Cantrell, guitarrista do Alice in Chains, e do Metallica.[1]

Em 1998, entretanto, a banda se separou. Matt, Jesse e Todd formaram então o Tantric, enquanto Travis começou imediatamente a produção do segundo disco do Days of the New, praticamente com o mesmo nome — Days of the New II, apesar de alguns fãs chamarem o álbum de Green ("verde", em inglês). No novo álbum verifica-se o uso abusivo de samplers (em músicas como Flight Response, The Real e Provider), batidas de música eletrônica (em Enemy) e de instrumentos eruditos, como flautas e violinos (no restante das músicas, como Not the Same e Weapon & the Wound). Meeks tocou todos os instrumentos. O álbum não teve boas vendas, ainda mais se comparado ao primeiro CD da banda: Green vendeu 450 mil cópias.

Em 2000, Meeks, junto com Ray Rizzo (baterista), começou a produzir o terceiro disco da banda, intitulado seguindo o padrão dos álbuns anteriores: Days of the New III — ou Red ("vermelho", em inglês), para alguns fãs —, que seria lançado no ano seguinte, já com o baixista Matt Huettig. Nesse álbum, o trio usou guitarras junto com os violões. O resultado comercial foi fraco: 95 mil cópias vendidas.

Desde 2004, o site da banda anuncia que já há material pronto para dar início às gravações de um novo álbum, intitulado Purple.[1] Os preparativos foram interrompidos pouco depois, quando Travis foi internado em uma clínica de recuperação por causa de seu vício em metanfetamina.[2] Depois de sair da clínica, sem encontrar uma gravadora, vem adiando o lançamento do novo álbum — existe a possibilidade de ele ser lançado de maneira independente.

Enquanto o álbum não sai, o Days of the New tem se apresentado esporadicamente nos Estados Unidos, e a gravadora Geffen anunciou o lançamento de uma coletânea da banda, intitulada Days of the New: The Definitive Collection, em março de 2008.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Orange (1997)[editar | editar código-fonte]

1.Shelf in the Room (4:44) 2.Touch Peel and Stand (4:58) 3.Face of the Earth (5:17) 4.Solitude (4:11) 5.The Down Town (4:17) 6.What's Left For Me? (5:27) 7.Freak (5:24) 8.Now (5:05) 9.Whimsical (6:02) 10.Where I Stand (5:39) 11.How Do You Know You (5:34) 12.Cling (15:28)

Green (1999)[editar | editar código-fonte]

1.Flight Response (5:55), 2.The Real (4:19), 3.Enemy (5:12), 4.Weapon & the Wound (5:45), 5.Skeleton Key (3:03), 6.Take Me Back Then (4:16), 7.Bring Yourself (5:55), 8.I Think (5:51), 9.Longfellow (1:56), 10.(untitled) (1:42), 11.Phobics of Tragedy (3:27), 12.Not the Same (4:24), 13.Provider (5:53), 14.Last One (4:37).

Red (2001)[editar | editar código-fonte]

1.Hang on to This (4:12), 2.Fighting with Clay (2:53), 3.Days In Our Life (3:43), 4.Die Born (3:57), 5.Best of Life (5:34), 6.Dirty Road (4:43), 7.Where Are You? (3:34), 8.Never Drown (5:06), 9.Words (3:42), 10.Once Again (3:40), 11.Giving In (5:45), 12.Dancing With The Wind (10:10).

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Flag of the United States.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical dos Estados Unidos, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.