DC Shoes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Dc Shoes)
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde abril de 2013).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde abril de 2013). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
DC Shoes
Indústria calçado
vestuário
Fundação 1993
Fundador(es) Ken Block
Damon Way
Sede Vista, Califórnia,  Estados Unidos
Pessoas-chave Mike Warren (presidente)
Produtos Roupas e ténis para esportes radicais
Parentesco Quiksilver
Página oficial www.dcshoes.com

A DC Shoes é uma empresa americana especializada em calçados para esportes radicais, bem como camisas, jeans, bonés e jaquetas. A empresa foi fundada em 1993 por Ken Block e Damon Way, e sua sede é em Vista, Califórnia.[1] DC originalmente significava "Droors Clothing", mas desde a venda da Droors Clothing (que não existe mais), a DC não tem ligações com Droors e é simplesmente DC Shoes.

Em 9 de março de 2004, a DC Shoes foi comprada pela Quiksilver por $87 milhões de dólares.

História[editar | editar código-fonte]

No ano de 1993 Ken Block e Damon Way criaram a DC como uma pequena empresa de criação de tênis para prática do skateboard. Eles acreditavam que, como outros atletas, os skatistas necessitavam de calçados especiais para competir ao mais alto nível e elevar sua performance.

Em 1994 a DC Shoes introduziu ao mundo do skateboard protetores de cadarço chamados Lace Loops. Isto foi um pequeno passo para os tênis em geral, mas um grande salto para os tênis de skate. Deste primeiro passo, a DC continuou desenvolvendo todos seus produtos focados na inovação tecnológica e estilo.

Nos anos seguintes, a DC começou a introduzir a marca em outros esportes de ação. Construiu uma equipe de renome mundial nos esportes radicais: skateboard, snowboard, surf, bmx, motocross e rally. Os atletas patrocinados elevaram o nome da marca desenvolvendo e assinando produtos em conjunto com a DC, dando assim um grande apoio aos esforços promocionais.

Com a expansão da marca, foram desenvolvidos outros projetos como o Artist Projects, Double Label Projects e Remix Series. Culturalmente estes projetos são tão relevantes quanto os modelos assinados pelos atletas profissionais, demonstrando uma forte influência dos artistas de rua e músicos. Alguns formadores de opinião incluídos nestes projetos são: os artistas Kaws e Phil Frost dentro do Artist Projects e os músicos Travis Barker (Blink 182, Plus 44 e The Transplants) e Mike Shinoda (Linkin Park e Fort Minor) desenvolvendo modelos para o Remix Series.

A inovação foi prioridade para a DC nos seus projetos, e por isso foi criado um centro de pesquisa e desenvolvimento na neve, o Mountain Lab, próximo a Park City em Utah. No Motainn Lab os atletas de snowboard, designers e a equipe de produto trabalham juntos para manter a DC dentro de seu foco, desenvolvendo botas e roupas para a prática do snowboard.

Tênis da DC

A DC é uma empresa focada com o desempenho do skateboard, e continua investindo no seu desenvolvimento através de iniciativas em conjunto com os atletas. Iniciativas tais como a Fundação Skate Plaza DC/Rob Dyrdek, e também a formação de uma equipe Global e equipes regionais dentro de cada área de atuação.

Quatorze anos mais tarde a DC é uma marca global e aumentou sua linha de produtos para homens, mulheres e crianças. Tênis para skateboard, lifestyle, roupas e botas para snowboard e acessórios, permanecendo verdadeira com seu foco que é fazer mudanças significativas para a melhoria do desempenho dos atletas.

Em março de 2004, a DC Shoes foi comprada pela Quiksilver por $87 milhões de dólares.

No Brasil[editar | editar código-fonte]

Em junho de 2007 a DC chegou ao Brasil para continuar fazendo o mesmo trabalho que realiza no mundo. Montou uma equipe de skate formada por Alex Carolino, Carlos Iqui e João Miguel, e aos poucos vai ganhando confiança para realizar um trabalho no cenário do skate no Brasil.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • O nome DC vem da marca Droors Clothing, que na década de 1990 era uma das principais marcas de roupa do universo streetwear.
  • O primeiro protótipo de tênis foi lançado como Droors Clothing. Foi fabricado pela Vans.
  • Ele foi rebatizado como DC Shoes e começou a ser fabricado pela Etnies.
  • A marca chegou ao mercado com dois pro-models: Danny Way e Colin McKay.
  • DC não vem de Danny (Way) e Colin (McKay), apesar de bem sugestivo.
  • Damon Way é irmão mais velho do Danny Way.
  • Em 2002 o jornalista Eric Blehm, que é amigo de longa data de Ken Block e Damon Way, escreveu um livro contando a história da DC chamado "Agents of Change - The story of DC Shoes and its athetes".
  • Danny Way foi o criador da Mega Rampa.
  • Ken Block participou em algumas provas do campeonato do mundo de Rallyes (WRC) sem grande sucesso, e a DC agora também fabrica tênis de automobilismo.[2]
  • Em setembro de 2010 a DC lançou um vídeo de anúncio com o nome de Ken Block's Gymkhana THREE, Part 2; Ultimate Playground; l'Autodrome, France, que foi considerado uma das Ddez melhores campanhas de vídeo de 2010. Alcançou 3,5 milhões de visualizações em três dias e tem hoje mais de 28 milhões de visualizações.[3]

Referências

  1. Putting Your Best Foot Forward (em inglês) fastcompany.
  2. Skataholic [ligação inativa]. Visitado em 10 de março de 2010.
  3. 10+ de 2010 – III Época Negócios. Visitado em 21 de março de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]