De minimis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Não fere os direitos autorais em relação aos produtores das imagens que estavam nos televisores (atrás dos bancos de cada passageiro), uma vez que elas são de minimis. [1] [2]

De minimis é uma expressão em latim, que significa o mínimo.[3]

É aplicada tanto na política,[4] quando na criminalística,[5] [6] quanto também em direitos autorais.[7] [8] [9]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. doi:10.5033/ifosslr.v2i1.30
    Esta citação será automaticamente completada em poucos minutos. Você pode furar a fila ou completar manualmente
  2. Heins, Marjorie (2004-09-21). Trashing the Copyright Balance. The Free Expression Policy Project.
  3. Walter Keating Kelly (1869), A Collection of the Proverbs of All Nations 
  4. Society for Human Resource Management De minimis rule Retrieved on 28 July 2007.
  5. Ashworth, Andrew. Principles of Criminal Law. 3 ed. Oxford: Oxford University Press, 1999. p. 33. ISBN 0-19-876557-6
  6. R. v. J.S.R. (a young person), 2008 ONCA 544, 7 July 2008, from the Canadian Legal Information Institute
  7. Ehrich, Eugene, Amo, Amas, Amat and More, p. 100 (New York, Harper Row 1985). ISBN 0-06-27217-1.
  8. Garner, Bryan A. (editor-in-chief). In: Bryan A. (editor-in-chief). Black's Law Dictionary. 7th ed. [S.l.]: West Publishing, 1999. p. 443.
  9. National Library of Medicine Toxicology Glossary - Risk De minimis Retrieved on 14 July 2007.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre De minimis