Dead Can Dance

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dead Can Dance
Dead Can Dance 2005.jpg
A banda ao vivo em Munique, em 2005.
Informação geral
Origem Melbourne, Victoria
País  Austrália
Gênero(s) Ethereal wave
Dream pop
World music
Darkwave
Rock gótico
Post-punk
Ambient
Rock alternativo
New age
Neo-clássico
Período em atividade 1981 - 1998
2005
2011 - atualmente
Gravadora(s) 4AD Records
Página oficial www.deadcandance.com
Integrantes Brendan Perry
Lisa Gerrard
Ex-integrantes Simon Monroe
Paul Erikson
Peter Ulrich

Dead Can Dance é um projeto composto por Lisa Gerrard (vocalista e compositora) e Brendan Perry (vocalista e compositor), formado em 1981 em Melbourne, Austrália. Inicialmente, a banda contava com outros músicos, como Scott Rodger, Peter Ulrich e James Pinker, mas, pouco tempo depois do início, o casal Gerrard e Perry muda-se para Londres e desfaz a formação original.

Nos anos 90, outros membros alternaram-se bastante, e a banda por fim começou a centrar-se somente nos vocalistas, transformando-se num duo formado apenas por Brendan e Lisa. Além dos vocalistas, que se mantiveram, o Dead Can Dance teve como membros Lance Hogan, John Bonnar, Ronan O'Snodaigh e Rober Perry (irmão de Brendan), entre outros.

História[editar | editar código-fonte]

Em Londres, o grupo assina contrato com a 4AD, uma gravadora dedicada à música alternativa. O Dead Can Dance viria a ser um dos nomes mais importantes da gravadora.

O gênero musical da banda caracteriza-se por um conjunto de estilos, destacando-se o chamado "darkwave", uma fusão de world music, música medieval e da Renascença europeia.

Em 1984, lançam o primeiro álbum, Dead Can Dance, e, no mesmo ano, trabalham conjuntamente com o This Mortal Coil, no album It'll End In Tears. No ano seguinte, lançam o segundo álbum, Spleen and Ideal, que atinge o segundo lugar da parada independente do Reino Unido.

O quarto álbum, The Serpent's Egg, é editado em 1988. Naquele ano, compõem também a trilha sonora do filme El Nino de la Luna, de Agustin Villarongas, no qual Lisa faz sua estreia como atriz.

Em 1990, lançam Aion e fazem a sua primeira turnê nos EUA. O álbum de 1993, Into the Labyrinth, é o primeiro álbum da banda a ser editado nos EUA, tornando-se um sucesso também na Europa. Na sequência, o grupo realiza nova turnê pelos EUA e Europa, registrada em Toward the Within, de 1994. Paralelamente, Lisa Gerrard grava o seu primeiro álbum-solo em 1995, The Mirror Pool.

Quando o casal decide se separar, Lisa Gerrard retorna à Austrália e Brendan Perry muda-se para a Irlanda. Apesar da distância e da separação, continuam a trabalhar em conjunto até a dissolução da banda em 1998, ocorrida por motivos nunca revelados. Tanto Lisa como Brendan continuaram a produzir música independentemente, tendo já editado vários álbuns-solo e inúmeras participações em trilhas sonoras de diversos filmes.

O grupo voltou a se reunir temporariamente em 2005 para uma turnê pela Europa e América do Norte como forma de tributo aos fãs. Em maio de 2011, Brendan Perry anuncia que se reuniu com Lisa Gerrard e que o Dead Can Dance lançará um novo álbum de estúdio em 2012, com uma turnê pela Europa, América do Norte e América Latina no final do ano. [1]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns[editar | editar código-fonte]

EPs[editar | editar código-fonte]

Compilações[editar | editar código-fonte]

Contribuições[editar | editar código-fonte]

Filmes[editar | editar código-fonte]

  • Toward the Within, (1994)

Referências

  1. Dead Can Dance new album and tour for 2012 The Brendan Perry Forum (2011-05-11). Visitado em 2011-06-05.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Flag of Australia.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical da Austrália, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.