Dead Man Walking

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dead Man Walking
A última caminhada (PT)
Os últimos passos de um homem (BR)
 Estados Unidos  Reino Unido
1995 • cor • 122 min 
Direção Tim Robbins
Roteiro Tim Robbins
Elenco Susan Sarandon
Sean Penn
Robert Prosky
Celia Weston
Género drama
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

Dead Man Walking (br: Os últimos passos de um homempt: A última caminhada) é uma co-produção estadunidense e britânica de 1995, do gênero drama, dirigida por Tim Robbins e com roteiro baseado em livro de Helen Prejean sobre um caso real.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Ao receber a carta de um preso condenado à morte pelo assassinato de dois adolescentes, e tomar conhecimento das provas precárias que o levaram à condenação, uma freira católica da Louisiana passa a ser sua guia espiritual e a lutar de corpo e alma para salvá-lo da pena de morte, que será realizada através da injeção letal.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Susan Sarandon .... Irmã Helen Prejean
  • Sean Penn .... Matthew Poncelet
  • Robert Prosky .... Hilton Barber
  • Raymond J. Barry .... Earl Delacroix
  • R. Lee Ermey .... Clyde Percy
  • Celia Weston .... Mary Beth Percy
  • Lois Smith .... mãe de Helen
  • Scott Wilson .... Chaplain Farlely
  • Roberta Maxwell .... Lucille Poncelet
  • Margo Martindale .... Irmã Colleen
  • Barton Heyman .... captitão Beliveau
  • Steve Boles .... sargento Neal Trapp
  • Nesbitt Blaisdell .... Warden Hartman
  • Ray Aranha .... Luis Montoya
  • Larry Pine .... Guy Gilardi }

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o

Oscar 1996 (EUA)

Globo de Ouro 1996 (EUA)

  • Recebeu três indicações, nas categorias de melhor atriz - drama (Susan Sarandon), melhor ator - drama (Sean Penn) e melhor roteiro.

Independent Spirit Awards 1996 (EUA)

  • Ganhou o prêmio de melhor ator (Sean Penn).
  • Foi também indicado na categoria de melhor atriz coadjuvante (Celia Weston).

Festival de Berlim 1996 (Alemanha)

  • Ganhou o Urso de Prata de melhor ator (Sean Penn) e o Prêmio do Júri.
  • Tim Robbins foi indicado ao Urso de Ouro (melhor filme).

Prêmio David di Donatello 1996 (Itália)

  • Susan Sarandon venceu na categoria de melhor atriz estrangeira.

MTV Movie Awards 1996 (EUA)

  • Recebeu uma indicação na categoria de melhor atuação feminina (Susan Sarandon).

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • A verdadeira Helen Prejean aparece em uma ponta no filme, na cena da vigília à luz de velas do lado de fora da prisão.
  • O título em inglês Dead Man Walking é uma gíria usada pelos guardas das prisões quando escoltam os prisioneiros da fila da morte de suas celas até as câmaras de execução.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]