Debora Caprioglio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Debora Caprioglio
Debora Caprioglio
Nascimento 3 de Maio de 1968 (45 anos)
Mestre, Itália Itália
Ocupação atriz
Página oficial
IMDb: (inglês) (português)

Debora Caprioglio, (Mestre, 3 de maio de 1968) é uma atriz e Italiana popular por ter começado a trabalhar com o diretor Tinto Brass.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascida em Mestre (Grande Veneza) em 3 de maio de 1968, com 18 anos chegou finalista no Concurso Un volto per il cinema (Um rosto pelo cinema) e começou trabalhar com Klaus Kinski, com quem casou em 1987: Grandi cacciatori (1988), de Augusto Caminito, e Kinski Paganini (1989).

Começou ser conhecida em 1991 com o filme de Tinto Brass Paprika, em que faz o papel de uma prostituta que trabalha num bordel. O filme fala tambèm da famosa Lei Merlin, do 1958, que proibiu esta atividade e fechou as casas de toleráncia.

Depois de Albergo Roma (1996), dedica-se completamente ao teatro e à TV.

Televisão[editar | editar código-fonte]

  • La maschera del demonio (1989) Film TV
  • Addio e ritorno (1995) Film TV
  • Sansão e Dalila (1996) Film TV
  • La quindicesima epistola (1998) Film TV
  • Non lasciamoci più (1999) Serie TV
  • Non lasciamoci più 2 (2001) Miniserie TV
  • Un maresciallo in gondola (2002) Film TV
  • Posso chiamarti amore? (2004) Film TV
  • Provaci ancora prof! (4 episódios, 2005)
  • Ricomincio da me (2005) Minisérie TV
  • Crimini (1 episódio, 2007)

Cinema[editar | editar código-fonte]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.