Decopom

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaDecopom
Frutos de decopom

Frutos de decopom
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Angiosperma
Classe: Rosopsida
Subclasse: Rosidae
Ordem: Sapindales
Família: Rutaceae
Género: Citrus
Espécie: Reticulata
Nome binomial
Citrus reticulata Shiranuhi[1]

Decopom (デコポン?) é uma fruta cítrica sem sementes e de sabor adocicado, híbrida do cruzamento de kiyomi e pokan, desenvolvida no Japão em 1972.[2] [3] Originalmente uma marca registrada, Decopom acabou se tornando uma marca genérica e o nome tem sido usado para se referir a outras cítricas semelhantes; seu nome genérico é (不知火, shiranuhi ou shiranui?).[2] [3] e seu fruto caracterizado pelo sabor adocicado, tamanho grande e pelo umbigo saliente em sua parte superior.

A decopom tem se popularizado no Brasil onde seu cultivo foi implantado pelos imigrantes e descendentes japoneses. A fruta conseguiu se adaptar com facilidade ao clima tropical, principalmente nas regiões montanhosas de Minas Gerais, onde na cidade de Turvolândia foi introduzida uma das primeiras plantações do fruto no país[1] .

Referências

  1. a b Cerimônia de lançamento do Tangor Kinsei IPTDA - JATAK. Visitado em 18 de maio de 2012.
  2. a b Shiranuhi (不知火) (em japonês) Instituto Nacional de Estudo de Árvores Frutíferas.
  3. a b Matsumoto, Ryoji. 'Shiranuhi', A late-maturing Citrus Cultivar (em japonês). [S.l.]: Instituto Nacional de Estudo de Árvores Frutíferas, 2001. vol. 35.
Ícone de esboço Este artigo sobre a ordem Sapindales, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.