Dee Dee Bridgewater

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dee Dee Bridgewater
Dee dee bridgewater.jpg
Informação geral
Nome completo Denise Eileen Garrett
Nascimento 27 de maio de 1950 (64 anos)
Origem Memphis, Tennessee
País  Estados Unidos
Gênero(s) Jazz, R&B, Hip hop
Instrumento(s) Voz, Atriz
Período em atividade 1966 - presente
Gravadora(s) Verve Records
Página oficial DeeDeeBridgewater.com

Dee Dee Bridgewater ( 27 de maio de 1950) é uma cantora estadudiniense de Jazz . Ela ganhou duas vezes o Grammy Award por cantora e compositora, e um prêmio do Tony Award – por atuação e foi apresentadora do programa JazzSet with Dee Dee Bridgewater na rádio National Public Radio. Ela é embaixadora da ONU em atividades relacionadas a agricultura.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascida como Denise Eileen Garrett em Memphis, Tennessee, ela cresceu em Flint, Michigan. Seu pai, Matthew Garrett, era um tocador de Trompete e professor na Manassas High School, sendo através dele que Denise conheceu o jazz. Com dezesseis 16 anos, ela era membro de um trio de rock e rhythm and blues , apresentando-se em bares de Michigan. Com 18, ela adentrou para a Michigan State University antes de partir para a University of Illinois at Urbana-Champaign. Com sua banda de jazz, ela fez uma turnê pela URSS em 1969. No ano seguinte ela conheceu Cecil Bridgewater, sendo que após o casamento eles se mudaram para New York, onde Cecil tocava na banda de Horace Silver.

No começo dos anos de 1970, Bridgewater se juntou com a banda Thad Jones-Mel Lewis Jazz Orchestra como vocalista.[1] Isso marcou o começo de sua carreira no Jazz, tendo ela tocado com diversos músicos do estilo, como Sonny Rollins, Dizzy Gillespie, Dexter Gordon, Max Roach, Rahsaan Roland Kirk entre outros. Em 1973 ela se apresentou no Monterey Jazz Festival. No ano seguinte, seu álbum Afro Blue foi lançado, sendo que ela se apresentou num musical da Broadway chamado The Wiz. Pelo seu papel como Glinda the Good Witch ela ganhou o Tony Award de 1975 por atriz estreante, alem de o show ter ganhado o Grammy de melhor musical em 1976.

Em um concerto em 1990

Bridgewater começou a aparecer em diversas outras produções. Após uma turnê pela França em 1984 com o musical Sophisticated Ladies, ela se mudou para Paris em 1986. No mesmo ano, por Lady Day Bridgewater foi indicada ao Laurence Olivier Award. No final dos anos de 1980 e no começo da década de 1990 ela voltou novamente a cantar jazz. Ela se apresentou no Montreux Jazz Festival em 1990, e quatro anos depois, ela finalmente colaborou com Horace Silver, e lançou o disco Love and Peace: A Tribute to Horace Silver. Em 1996 ela se apresentou no San Francisco Jazz Festival. Seu álbum de 1997 Dear Ella lhe rendeu o Grammy de melhor cantora de Jazz, sendo que seu disco ao vivo, Live at Yoshi's também lhe rendeu uma indicação em 1998.

Em 8 de dezembro de 2007 ela se apresentou ao lado de Terence Blanchard no John F. Kennedy Center for the Performing Arts em Washington, D.C..[2] A cantora realiza freqüentes turnês, grande parte deles em festivais de Jazz.

Família[editar | editar código-fonte]

Bridgewater é mãe de três crianças, Tulani Bridgewater (do casamento com Cecil Bridgewater), China Moses (do casamento com o diretor Gilbert Moses) e Gabriel Durand (do seu casamento com o produtor de eventos francês Jean-Marie Durand).

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Grammys[editar | editar código-fonte]

  • Ganhos: 2[3]
  • Indicações: 7
Histórico de Dee Dee Bridgewater no Grammy Award
Ano Categoria Título Gênero Gravadora Resultado Notas
1989 Best Jazz Vocal Performance - Female Live in Paris Jazz MCA Indicação
1994 Best Jazz Vocal Performance Keeping Tradition Jazz Polygram Indicação
1996 Best Jazz Vocal Performance Love and Peace: A Tribute to Horace Silver Jazz Verve Indicação
1998 Best Jazz Vocal Performance Dear Ella Jazz Verve Winner
1998 Best Instrumental Arrangement Accompanying Vocal(s) Dear Ella Jazz Verve Winner Para a canção "Cotton Tail"
2001 Best Jazz Vocal Album Live at Yoshi's Jazz Verve Indicação
2005 Jazz Vocal Album J'ai Deux Amours Jazz DDB Indicação
2007 Jazz Vocal Album Red Earth Jazz DDB Indicação

Discografia[editar | editar código-fonte]

Ano Título Gênero Gravadora Billboard[4]
1974 Afro Blue Jazz Trio
1976 Dee Dee Bridgewater Disco Atlantic Records
1977 Just Family Disco WSM
1979 Bad for Me Disco Elektra Records
1989 Live in Paris Jazz EmArcy Records
1992 In Montreux Jazz Verve Records
1993 Keeping Tradition Jazz Verve
1995 Love and Peace: A Tribute to Horace Silver Jazz Verve 13
1997 Dear Ella Jazz Verve 5
2000 Live at Yoshi's Jazz Verve 20
2002 This Is New Jazz Verve 7
2005 J'ai Deux Amours Jazz DDB 16
2007 Red Earth Jazz DDB 23
2010 Eleanora Fagan (1915-1959): To Billie with Love From Dee Dee Bridgewater Jazz EmArcy

Especiais[editar | editar código-fonte]

1974- "Love From The Sun": com Norman Connors (Buddah records).

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]