Deep Space Nine

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

No universo fictício de Star Trek, Deep Space Nine (ou DS9) é uma estação espacial bajoriana na fronteira do espaço da Federação Unida de Planetas. Próximo ao planeta Bajor, serve como base para exploração do Quadrante Gama via o buraco-de-verme bajoriano, e como centro de comércio e viagens para setores alienígenas desconhecidos. É administrado por um conjunto formado por uma tripulação da Frota Estelar e oficiais bajorianos. É o porto de algumas naves da Frota e da USS Defiant. A USS Sao Paulo (NCC-75633) foi designada à Deep Space Nine como substituta da USS Defiant após a destruição desta última.[1] A estação e sua tripulação são peça vital nos eventos que envolvem o setor Bajoriano, o buraco-de-verme e a Guerra Dominion.[2]

Descrição[editar | editar código-fonte]

Deep Space Nine, com mais de um quilômetro em diâmetro, é composta por um extenso anel de atracamento exterior; um habitat interno contendo residências; e um núcleo central contendo o promenade, os reatores de fusão, e o centro de operações. Um grupo de três pilares de atracamento acima e abaixo do anel externo e equidistantes entre si, definem uma forma esférica. Seu design é idêntico ao Empok Nor. Em sua posição atual, na entrada da fenda espacial, a estação fica a três horas de Bajor usando um transporte.

De acordo com The Star Trek Encyclopedia:[3]

"O modelo da estação foi desenhado pelo departamento de arte de Star Trek: Deep Space Nine, especificamente por Herman Zimmerman and Rick Sternbach. Artistas que contribuíram incluem Ricardo Delgado, Joseph Hodges, Nathan Crowley, Jim Martin, Rob Legato, Gary Hutzel, Michael Okuda, e o produtor executivo Rick Berman. A miniatura foi fabricada por Tony Meininger."

História[editar | editar código-fonte]

Originalmente uma estação cardassiana de mineração e refinaria nomeada "Terok Nor", na órbita de Bajor, foi construída pelo trabalho escravo bajoriano sobre o regime cardassiano em 2351.[4] A estação era comandada por Gul Dukat, o último administrador Cardassiano de Bajor. Foi abandonada logo após o fim da ocupação cardassiana em 2369; os cardassianos removeram tudo de valor em sua fuga. Antes de 2369 Terok Nor estava em órbita geoestacionária em torno de Bajor; a estação foi transferida para uma órbita solar ao redor B'hava'el em 2369, pouco depois de ter sido recomissionada como Deep Space Nine.[5]

Universo Espelho[editar | editar código-fonte]

"Terok Nor" também é uma estação espacial no Universo Espelho. Construída sobre a autoridade da Aliança Klingon-Cardassiana em órbita de Bajor (a fenda espacial é desconhecida lá). Em 2370, a estação serve como posto de comando para a Aliança no setor Bajoriano, sob o comando da Intendente Kira Nerys. Também serve como centro de processamento para urídium, minerado em Bajor; as instalações de processamento são mantidas por escravos humanóides.

Referências

  1. Lebowitz, Adam "Mojo"; Bonchune, Robert. Star Trek: Starship Spotter. New York: Pocket Books, 2001. p. 44. ISBN 0-7434-3725-X
  2. J. M. Dillard. Star Trek "Where No One has Gone Before". [S.l.]: Pocket Books, 1994. 208 pp. 0-671-51149-1
  3. Michael e Denise Okuda. Star Trek Encyclopedia. [S.l.]: Pocket Books, 1999. 752 pp. 9780671536091
  4. Okuda, Michael; Okuda, Denise; Mirek, Debbie. The Star Trek Encyclopedia: A Reference Guide to the Future. New York: Pocket Books, 1994. p. 70. ISBN 0-671-86905-1
  5. Mandel, Geoffrey. Star Trek Star Charts: The Complete Atlas of Star Trek. New York: Pocket Books, 2002. p. 42-43. ISBN 0-7434-3770-5

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • J. M. Dillard. Star Trek "Where No One has Gone Before". [S.l.]: Pocket Books, 1994. 208 pp. 0-671-51149-1
  • Michael e Denise Okuda. Star Trek Encyclopedia. [S.l.]: Pocket, 1999. 752 pp. 9780671536091
  • Krauss, Lawrence M.. A física de Jornada nas Estrelas (The Fisics of Star Trek). [S.l.]: Makron Books e Editora Afilidada, 1995. 151 pp. 85-346-0633-1
  • William Shatner com Crhris Kreski. Jornada nas Estrelas - Memórias (TV). [S.l.]: Nova Fronteira, 1993. 346 pp. 85-209-0583-8
  • William Shatner com Crhris Kreski. Jornada nas Estrelas - Memórias dos filmes (Cinema). [S.l.]: Nova Fronteira, 1994. 346 pp. 85-209-0922-1
  • Michael e Denise Okuda. Star Trek The Next Generation. [S.l.]: Barron's Educational Series, 2013. 978-0764166068
  • Star Trek Federation: The First 150 Years. [S.l.]: 47North, 2012. 164 pp. 978-1612184173

Ligações externas[editar | editar código-fonte]