Dele Adebola

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde março de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Adebola
Dele.jpg
Informações pessoais
Nome completo Bamberdele Adebola
Data de nasc. 23 de junho de 1975 (39 anos)
Local de nasc. Lagos, Nigéria
Altura 1,91 m
Apelido Dele
Informações profissionais
Clube atual País de Gales Wrexham
Número 9
Posição Atacante
Clubes de juventude
0000-1992 Inglaterra Crewe Alexandra
Clubes profissionais1
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
1992–1998
1993–1994
1994
1998–2002
2002
2002–2003
2003–2008
2004
2004
2008–2009
2009–2011
2011–2012
2012
2012–
2013–
Inglaterra Crewe Alexandra
País de Gales Bangor City (emp.)
Inglaterra Northwich Victoria (emp.)
Inglaterra Birmingham City
Inglaterra Oldham Athletic (emp.)
Inglaterra Crystal Palace
Inglaterra Coventry City
Inglaterra Burnley (emp.)
Inglaterra Bradford (emp.)
Inglaterra Bristol City
Inglaterra Nottingham Forest
Inglaterra Hull City
Inglaterra Notts County (emp.)
Inglaterra Rochdale
País de Gales Wrexham (emp.)
0122 000(39)
0004 0000(2)
0000 0000(0)
0131 000(30)
0005 0000(0)
0039 0000(5)
0163 000(31)
0003 0000(1)
0015 0000(3)
0056 000(16)
0062 0000(5)
0010 0000(0)
0006 0000(1)
0026 0000(6)
0006 0000(2)


1 Partidas e gols pelo clube profissional
contam apenas partidas das ligas nacionais,
atualizados até 6 de abril de 2013.


Bamberdele "Dele" Adebola (Lagos, 23 de junho de 1975) é um futebolista nigeriano que atua como atacante. Atualmente defende o Nottingham Forest.

Início[editar | editar código-fonte]

Nascido em Lagos, Nigéria, chegou à Inglaterra ainda muito pequeno e foi criado em Liverpool. Quando foi-lhe oferecida uma vaga no Liverpool FC, o jovem Dele recusou, pois tinha medo se ficar na sombra de Robbie Fowler, então acabou aceitando uma proposta do pequeno Crewe Alexandra.[1]

Trajetória no futebol[editar | editar código-fonte]

Crewe Alexandra[editar | editar código-fonte]

Fez sua estreia no time principal do Crewe na temporada 1992–93 na Terceira Divisão, com apenas 17 anos de idade, e na temporada seguinte, passou (por empréstimo) pelo Bangor City, um dos principais times do fraco futebol do País de Gales, e também pelo minúsculo Northwich Victoria, onde não chegou a disputar nenhum jogo. Ao retornar, ele teve um impacto significativo para o Crewe, em 1996-97, seus 16 gols foram determinantes para a promoção do clube à Segunda Divisão da velha Albion.

Ele provou ser capaz de marcar gols nesse nível, e isto atraiu o interesse de vários clubes grandes.[2] Desapontado quando o Crewe rejeitou uma oferta do West Ham, ele deixou claro que queria sair, mas o clube relutava em tornar Adebola disponível para transferência. Em fevereiro de 1998, o nigeriano foi contratado pelo Birmingham, por 1 milhão de libras esterlinas.

Passagem pelo Birmingham[editar | editar código-fonte]

Com sete gols no restante da temporada, e marcando em cada uma de suas cinco primeiras partidas (em todas as competições) em 1998-99, o futuro de Adebola no Birmingham parecia brilhante. Em sua primeira temporada, marcou 13 gols, mas em 1999-00, foi menos produtivo, mergulhou erm uma grave crise de confiança, e ao final da temporada foi listado para transferência. Adebola tinha tudo certo com o Las Palmas, recém-promovido à Liga Espanhola,[3] mas tudo caiu por terra após o atacante se reprovado nos exames médicos.[4]

Embora na lista de transferências, foi reintegrado à equipe principal, e seus gols ajudaram o Birmingham a chegar à final da Copa da Liga Inglesa 2000-01. O treinador Trevor Francis disse que Adebola se mantinha na lista de transferências, a fim de provocá-lo para o tipo de desempenho compatível com sua força, velocidade e capacidade técnica, mas que seu caráter "descontraído" poderiam inibir.[5]

Uma grave lesão no joelho, sustentada mais tarde naquela temporada, quando o jogador caiu em um gol, marcou o fim de sua carreira no Birmingham. Ainda seria emprestado ao Oldham, no final da temporada 2001-02. Este empréstimo ajudou Adebola a voltar à boa forma, mas o novo treinador, Steve Bruce optou por não renovar seu contrato.

Crystal Palace[editar | editar código-fonte]

Adebola foi contratado pelo Crystal Palace, onde reencontraria seu ex-treinador no Birmingham, Trevor Francis, e recuperou de vez sua forma física, ao participar de 39 jogos.

Outras equipes[editar | editar código-fonte]

Depois de deixar o Palace, Adebola foi contratado pelo Coventry City, voltando ter presença destacada na Segunda Divisão inglesa: foram 163 partidas e 31 gols.

Também teve passagens sem destaque por Burnley, Bradford (ambas por empréstimo) e Bristol City antes de se juntar ao Nottingham Forest, onde está desde 2009.

Carreira internacional[editar | editar código-fonte]

Em 1998, Lawrie McMenemy, novo treinador da Irlanda do Norte, ao descobrir que Adebola passaria a ser um cidadão britânico, e portanto, elegível para jogar por qualquer país de origem, o escolheu para seu primeiro jogo no comando, um amistoso contra a Eslováquia. Adebola teve que que ser desconvocado devido a uma lesão, mas não manifestava interesse em jogar pela Irlanda do Norte. Ele também foi lembrado na lista provisória da Nigéria para o Mundial de 1998, mas não logrou a convocação.

Tanto a Irlanda do Norte quanto a Nigéria continuariam fazer sondagens ao jogador; Em outubro, McMenemy relatou que ele não estava apto a jogar para a Nigéria, e não queria se comprometer com a Irlanda do Norte, porque ele manifestava interesse em atuar pela Inglaterra.

Em março de 1999, McMenemy fez uma última tentativa de convencê-lo a jogar pela Irlanda do Norte. Apesar de sua precária forma a nível de clubes, Adebola foi ainda suficientemente bem avaliado pelos selecionadores da Nigéria para ser incluído no elenco provisório para o CAN de 2000 e, após conversações com o técnico Jo Bonfrere, no elenco de qualificação para o Mundial de 2002, em julho de 2000.

No entanto, Adebola declinou todos os convites.

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Em 18 anos de carreira profissional, Dele Adebola disputou 568 partidas, e marcou, ao todo, 129 gols.

O único clube onde o atacante não atuou foi o Northwich Victoria, onde também não marcou gols, e a outra agremiação onde ele não deixou a sua marca foi o Oldham.

Referências

  1. Culley, Jon (24 de fevereiro de 2001). Football: Adebola out to upstage an old idol ; Birmingham striker aims to step out from the shadow of boyhood role model (em inglês). The Independent. Página visitada em 8 de abril de 2013.
  2. Sky Blues watching Adebola transfer race (em inglês). 4thegame.com (5 de novembro de 1997). Página visitada em 8 de abril de 2013. Cópia arquivada em 8 de abril de 2013.
  3. Shock as Adebola quits (em inglês). BBC Sport (1º de julho de 2000). Página visitada em 8 de abril de 2013.
  4. AAdebola looking forward to a Blue final (em inglês). ESPN Soccernet (9 de janeiro de 2001). Página visitada em 8 de abril de 2013.
  5. Francis wants Burchill permanently (em inglês). BBC Sport (13 de dezembro de 2000). Página visitada em 8 de abril de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]