Delta Circini

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
δ Circini
Dados observacionais (J2000)
Constelação Circinus
Asc. reta 15h 16m 56,9s[1]
Declinação -60° 57′ 26,1″[1]
Magnitude aparente 5,09[1]
Características
Tipo espectral O7 III-V + O9.5 V + B0.5 V[2]
Cor (U-B) -0,92[1]
Cor (B-V) -0,06[1]
Variabilidade Binária eclipsante[3]
Astrometria
Velocidade radial -17,80 km/s[1]
Mov. próprio (AR) -1,90 mas/a[1]
Mov. próprio (DEC) -3,06 mas/a[1]
Paralaxe 0,89 ± 0,30 mas[1]
Distância aprox. 3 600 anos-luz
aprox. 1 100 pc
Magnitude absoluta visual: −5,12
bolométrica: −7,76 / −6,05[4]
Detalhes
Massa 23,6 / 13,2 / 18,7[4] M
Raio 9,20 / 5,73[4] R
Gravidade superficial 3,88 / 4,04 cgs (log g)[4]
Luminosidade 200 000 / 30 000[2] L
Temperatura 34 000 / 29 000 / 28 000[4] K
Rotação 150 ± 9 / 141 ± 20 /
126 ± 31 km/s[2]
Outras denominações
CD-60 5539, HR 5664, HD 135240, HIP 74778, SAO 253084.[1]
Delta Circini
Circinus constellation map.png

Delta Circini (δ Cir, δ Circini) é um sistema estelar triplo na constelação de Circinus. Tem uma magnitude aparente visual combinada de 5,09,[1] sendo visível a olho nu em boas condições de visualização. Com base em medições de paralaxe, está localizada a uma grande distância da Terra, de aproximadamente 3 600 anos-luz (1 100 parsecs). Considerando a grande margem de erro, esse valor pode variar entre 2 700 e 5 500 anos-luz (840 a 1 700 pc)[1] Sua magnitude absoluta calculada a partir da magnitude aparente e distância é de -5,12. O sistema Delta Circini é composto por uma binária espectroscópica de linha dupla e uma terceira estrela mais afastada.[2] [4]

A binária espectroscópica é formada por duas estrelas de classe O, uma classe rara de estrelas muito quentes e luminosas, com tipo espectral de O7 III-V e O9.5 V e temperatura efetiva de 34 000 e 29 000 K,[2] [4] a qual lhes dá o brilho de cor azul típico de estrelas dessa classe.[5] Possuem uma massa de 23,6 e 13,2 vezes a massa solar e raio de 9,20 e 5,73 vezes o raio solar.[4] A estrela primária corresponde a 64% da luminosidade do sistema e a secundária a 19%.[4] O par central forma também uma binária eclipsante,[2] [4] causando uma variação de 0,154 na magnitude do sistema conforme uma estrela passa na frente da outra na linha de visão da Terra.[3] A órbita das duas estrelas tem período de 3,902 dias (que é igual ao período da variação de magnitude),[3] excentricidade de 0,06 e inclinação de 76°.[4]

A terceira estrela é uma estrela de classe B da sequência principal com tipo espectral de B0.5 V[2] e temperatura efetiva de 28 000 K. Sua massa é de 18,7 vezes a massa solar e sua luminosidade corresponde a 17% da total do sistema. Orbita o par central com um período de 1 644 dias, excentricidade de 0,42 e semieixo maior de 10 UA. Existem indícios de que seja uma binária.[4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g h i j k l SIMBAD query result - del Cir SIMBAD Centre de Données astronomiques de Strasbourg. Visitado em 19 de abril de 2015.
  2. a b c d e f g Penny, Laura R. et al. (fevereiro de 2001). "Tomographic Separation of Composite Spectra. VII. The Physical Properties of the Massive Triple System HD 135240 (δ Circini)". The Astrophysical Journal 548 (2): pp. 889-899. DOI:10.1086/319031. Bibcode2001ApJ...548..889P.
  3. a b c Lefèvre, L.; Marchenko, S. V.; Moffat, A. F. J.; Acker, A.. (novembro de 2009). "A systematic study of variability among OB-stars based on HIPPARCOS photometry". Astronomy and Astrophysics 507 (2): pp.1141-1201. DOI:10.1051/0004-6361/200912304. Bibcode2009A&A...507.1141L.
  4. a b c d e f g h i j k l Mayer, Pavel et al. (dezembro de 2014). "The Three-body System δ Circini". The Astronomical Journal 148 (6): artigo 114, 9 pp. DOI:10.1088/0004-6256/148/6/114. Bibcode2014AJ....148..114M.
  5. The Colour of Stars Australia Telescope, Outreach and Education Commonwealth Scientific and Industrial Research Organisation (21 de dezembro de 2004). Visitado em 21 de abril de 2015.