Demétrio III Filopáter

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Demétrio III Filopáter, chamado Eucerus, foi um dos últimos reis da dinastia selêucida. Ele era irmão do último rei selêucida,Nota 1 Antíoco XII Dionísio.1

Família[editar | editar código-fonte]

Ele era o quarto filho de Antíoco Gripo; seus irmãos mais velhos foram Seleuco VI Epifânio Nicator, Antíoco XI Epifânio Filadelfo e Filipe I Filadelfo.2

Reino[editar | editar código-fonte]

Demétrio III Filopáter, que vivia em Cnido, foi colocado como rei de Damasco por Ptolemeu Latiro, enquanto seus irmãos e primos reinavam sobre outras partes da Síria.2

Invasão da Judeia[editar | editar código-fonte]

Obodas I, rei dos árabes, derrotou Alexandre Janeu, que se refugiou em Jerusalém, mas era odiado pelos judeus; quando Alexandre perguntou o que ele poderia fazer para agradá-los, eles disseram que ele poderia se matar.3 Neste contexto, os judeus chamaram Demétrio Eucerus para ajudá-los.3

Luta contra Alexandre Janeu[editar | editar código-fonte]

Demétrio compareceu com seu exército, e recebeu ajuda de alguns judeus.3 Alexandre Janeu tinha mil cavaleiros e oito mil mercenários de infantaria, e dez mil judeus.4 As forças de Demétrio eram três mil cavaleiros e quatorze mil soldados de infantaria.4 Tanto Demétrio tentou que os gregos de Alexandre desertassem, quanto Alexandre tentou que os judeus de Demétrio desertassem, mas como não houve deserções, os dois exércitos se enfrentaram em batalha, e Demétrio foi vitorioso, porém seis mil judeus, que serviam Demétrio, vendo que Alexandre fugiu para as montanhas, se juntaram a ele.4 Demétrio, vendo que Alexandre agora era um adversário à altura, se retirou do país.4

Luta contra o próprio irmão Filipe[editar | editar código-fonte]

Demétrio III sitiou seu irmão Filipe I Filadelfo em Bereia, mas Strato, tirano de Bereia e aliado de Filipe chamou Zizon, chefe das tribos árabes, e Mitrídates Sinax, rei dos partas, que atacaram as forças de Demétrio e o capturaram.5

Morte[editar | editar código-fonte]

Demétrio III foi levado como prisioneiro por Mitrídates Sinax para a Pártia, sendo tratado com honra, e terminando seus dias morrendo de doença. 5

Consequências[editar | editar código-fonte]

Seu irmão Antíoco XII Dionísio, também irmão de Filipe I Filadelfo, tomou Damasco, que foi em seguida retomada por Filipe.6

Notas e referências

Notas

  1. Flávio Josefo ignora Antíoco XIII Asiático.

Referências

  1. Flávio Josefo, A Guerra dos Judeus, Livro I, Capítulo 4, As ações de Alexandre Janeu, que reinou por vinte e sete anos, 7
  2. a b Flávio Josefo, Antiguidades Judaicas, Livro XIII, Capótulo 13, Como Alexandre, formando uma aliança de defesa mútua com Cleópatra, fez uma expedição contra a Celessíria, e conquistou a cidade de Gaza, e como ele matou 10.000 judeus que se rebelaram contra ele. Sobre Antíoco Gripo, Seleuco filho de Antíoco de Cízico, Antíoco Pio, e outros, 4 [em linha]
  3. a b c Flávio Josefo, A Guerra dos Judeus, Livro I, Capítulo 4, As ações de Alexandre Janeu, que reinou por vinte e sete anos, 4 [em linha]
  4. a b c d Flávio Josefo, A Guerra dos Judeus, Livro I, Capítulo 4, As ações de Alexandre Janeu, que reinou por vinte e sete anos, 5
  5. a b Flávio Josefo, Antiguidades Judaicas, Livro XIII, Capítulo 14, Como Demétrio Eucerus derrotou Alexandre mas em pouco tempo se retirou do país por medo, e como Alexandre matou vários dos judeus e assim terminou com seus problemas. Sobre a morte de Demétrio, 3
  6. Flávio Josefo, Antiguidades Judaicas, Livro XIII, Capítulo 15, Como Antíoco, chamado Dionísio, e depois dele Aretas, atacaram a Judeia, e como Alexandre tomou várias cidades e retornou a Jerusalém e, depois de três anos de doença, morreu, e o conselho que ele deu a Alexandra, 1

Árvore genealógica simplificada. As linhas pontilhadas indicam que a paternidade dos personagens é baseada em conjecturas, para mais detalhes, consulte os artigos:

Demétrio II Nicator
 
 
 
Cleópatra Téia
 
 
 
Ptolemeu VIII Evérgeta II
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Antíoco Gripo
 
 
 
 
 
 
Trifena
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Seleuco VI Epifânio Nicator
 
Antíoco XI Epifânio Filadelfo
 
Filipe I Filadelfo
 
Demétrio III Filopáter
 
Antíoco XII Dionísio