Demétrio I Cantacuzeno

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Demétrio I Cantacuzeno (em grego: Δημήτριος Καντακουζηνός) foi déspota da Moreia em 1383.

História[editar | editar código-fonte]

Demétrio era filho de Mateus Cantacuzeno, déspota no Despotado da Moreia, e de Irene Paleologina. A decisão do imperador bizantino João V Paleólogo de colocar o seu filho Teodoro I Paleólogo no governo da Moreia em 1381 pôs um ponto final, de jure, ao governo da família de Demétrio naquela província bizantina. Recorrendo a todos os truques dipolomáticos, Mateus Cantacuzeno tentou bloquear a decisão mas não teve êxito. Nos últimos meses do seu governo, Mateus abdicou dos seus poderes a favor de Demétrio, de forma a que a transição de poder se desenrolasse da forma mais tranquila possível.

O seu neto Manuel tentou tomar o poder na Moreia em 1453, pouco depois da queda de Constantinopla.

Filhos[editar | editar código-fonte]

O número exato de seus filhos e descendentes é incerto. Uma lista possível é:

Ligações externas[editar | editar código-fonte]