Den afrikanske Farm

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Den afrikanske Farm
África Minha (PT)
Autor (es) Karen Blixen
Tradutor Claudio Marcondes / Ana Falcão Bastos
Editora Estados Unidos Editora Random House
Brasil Editora Civilização Brasileira (1987)
Portugal Editorial Querco
Lançamento 1937
Páginas 445
ISBN 8575034499 (edição em português)
Cronologia
Último
Último
Seven Gothic Tales
Winter's Tale
Próximo
Próximo

Den afrikanske Farm (A Fazenda Africana, na edição brasileira; África Minha, na edição portuguesa) é um livro resultante de relatos pessoais da dinamarquesa Karen Blixen, publicado no ano de 1937.[1] [2]

Nesta obra de não-ficção, a escritora conta como foram os anos em que teve uma fazenda no Quênia,[3] convivendo com os nativos e outros amigos colonos que acabou conhecendo neste período.[4] Blixen viveu 17 anos na fazenda de café (de 1914 a 1931), retornando à Dinamarca após problemas financeiros com o empreendimento e com a perda de seu namorado, Denys Finch-Hatton.[5]

Neste livro, além de o leitor entrar em contato com o universo social que rodeava a rotina da fazenda no Quênia, é possível conhecer o universo da própria escritora.[6] As suas impressões sobre os nativos e os incidentes que aconteciam em viagens e safáris são relatados calorosamente por Blixen.[7] [8] [9]

No Brasil, a primeira publicação deste livro foi em 1987, pela Editora Civilização Brasileira,[10] dois anos depois do lançamento do filme Out of Africa (dirigido por Sydney Pollack e estrelado por Meryl Streep e Robert Redford), baseado nestes relatos.[11]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.