Dendrito

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Estrutura de um neurónio típico
Dendrite
Diagrama completo de um dendrito

Dendritos (do grego: δένδρον déndron, "árvore") são numerosos prolongamentos dos neurônios que atuam na recepção de estímulos nervosos do ambiente ou de outros neurônios e na transmissão desses para o corpo da célula, ou pericário. Os dendritos vão afinalando-se à medida que se ramificam e não possuem complexo de Golgi.

A grande maioria dos impulsos que chegam a um neurônio são recebidos por pequenas projeções dos dendritos, as espinhas ou gêmulas. Estas são compostas de uma parte alongada do dendrito formada por uma pequena dilatação. O número de gêmulas em cada dendrito varia de um para outro, mas elas geralmente estão muito presentes. Elas são o primeiro local de processamento dos impulsos nervosos. É um dos principais responsáveis pelo recebimento de informações. Assim cada tipo neuronal possui um padrão de ramificação dendrítico característico.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.