Dennis Johnson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dennis Johnson Lipofsky.jpg

Dennis Johnson (Compton, Califórnia, 18 de Setembro de 1954 - Austin, Texas, 22 de Fevereiro de 2007), apelidado de "DJ", foi um basquetebolista profissional e treinador norte-americano.

Nascido em Compton, Califórnia, Johnson foi recrutado no evento anual NBA Draft na Pepperdine University, para os Seattle SuperSonics. Ele rapidamente se afirmou como um dos melhores defesas, em todos os aspectos na National Basketball Association (NBA). Facilmente reconhecível pela sua aparência única para um afro-americano (cabelo ruivo e sardas), foi largamente observado como um dos mais ferozes defesas do basquetebol profissional americano. Também era um passador inteligente e preciso, e podia pontuar mesmo com um algo duvidoso jump shot. O sucesso de Johnson na NBA não foi tão seguro, tal como ele dificilmente fora um proeminente jogador no liceu, apesar da sua tenacidade jogando basquetebol de rua, tenha sido suficiente para impressionar um recrutador no "junior college". Depois do sucesso no "junior college", Johnson foi recrutado por Peperdine, e ficou surpreendido uma vez mais quando foi recrutado pela na segunda volta de alistamentos.

Johnson ganhou um título com os SuperSonics na estação da NBA de 1978-1979, batendo os Washington Bullets na Final de 1979. Johnson foi nomeado para o prémio "Most Valuable Player" (MVP) da liga, das Finais de 1979 com uma média de 22.6 pontos, 6 ressaltos e assistências enquanto somava 1.8 roubos e 2.2 bloqueios. Depois de um breve período com os Phoenix Suns, durante o qual foi seleccionado uma vez para o All-NBA First Team, juntou-se aos Boston Celtics que necessitavam de um "point guard" capaz de defender de Magic Johnson. Em Boston, fez equipa com Larry Bird, Kevin McHale, Danny Ainge e Robert Parish, na equipa dos Boston Celtics da década de 1980, ganhando dois campeonatos da NBA (1984 e 1986). Na sua carreira, Johnson jogou em cinco jogos da NBA All-Star, e foi nomeado para o "All-Defensive First Team" seis vezes e para o "All-Defensive Second Team" três vezes.

Foi contratado como treinador principal temporário dos Los Angeles Clippers em 2002, substituindo Alvin Gentry, mas foi despedido depois de um resultado de 8–16. Em 2004, tornou-se o primeiro treinador principal dos Florida Flame, na Liga D daNBA, mas foi despedido depois de acabar a época no último lugar na categoria. Tornouse então treinador principal de uma outra aquipa da Liga D, os Austin Toros, uma posição que ocupou até à sua morte.

DJ e Larry Bird[editar | editar código-fonte]

A lenda do Basquetebol, Larry Bird viu-o como um dos favoridos membros de equipa, provavelmente devido à generosidade e inteligência no campo. Bird chegou mesmo a chamar-lhe "o melhor com quem joguei."

Os dois jogadores encontraram-se em duas ocasiões especiais. Durante o jogo 5 da "1987 Eastern Conference Finals", os Celtics ficaram numa posição difícil quando os oponentes Detroit Pistons tiveram um "one-point lead" e a posse com poucos segundos a restarem para o final do jogo. De qualquer forma, Bird manobrou para roubar um passe de Isiah Thomas para Bill Laimbeer e alimentou um lançamento de Johnson, que fez um difícil lay-up para dar a Boston uma liderança decisiva. Boston venceu a série em sete jogos.

Morte[editar | editar código-fonte]

No dia 22 de Fevereiro de 2007, no Austin Convention Center, Johnson, treinador dos Austin Toros da NBA Development League,teve um ataque cardíaco e colapsou no final da exibição da sua equipa. Tinha 52 anos de idade.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]