Departamento de Polícia Judiciária de São Paulo Interior

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Departamento de Polícia Judiciária de São Paulo Interior (Deinter) é, juntamente com o Decap e Demacro, um órgão de execução de polícia territorial da Polícia Civil do Estado de São Paulo e tem por circunscrição toda a área do interior do Estado de São Paulo .

Suas atribuições englobam todos os delitos ocorridos em sua circunscrição, ressalvados os de cunho militar e os de atribuição da União, além de diligências fora de sua região e por vezes fora do estado e/ou país.

Atualmente o Deinter conta com a seguinte estrutura[editar | editar código-fonte]

Divisão Operacional[editar | editar código-fonte]

Atualmente existem nove Deinter no estado, sendo cada um deles sediado em uma importante cidade e possuindo diversas Delegacias Seccionais de Polícia. Abaixo, listam-se os nove Deinter com suas respectivas cincoenta e duas Seccionais:

Deinter 1 - São José dos Campos[editar | editar código-fonte]

Seccionais

Deinter 2 - Campinas[editar | editar código-fonte]

Seccionais

Deinter 3 - Ribeirão Preto[editar | editar código-fonte]

Seccionais

Deinter 4 - Bauru[editar | editar código-fonte]

Seccionais

Deinter 5 - São José do Rio Preto[editar | editar código-fonte]

Seccionais

Deinter 6 - Santos[editar | editar código-fonte]

Seccionais

Deinter 7 - Sorocaba[editar | editar código-fonte]

Seccionais

Deinter 8 - Presidente Prudente[editar | editar código-fonte]

Seccionais

Deinter 9 - Piracicaba[editar | editar código-fonte]

Seccionais

Deinter 10 - Araçatuba[editar | editar código-fonte]

Seccionais

Seccionais e Organização Policial[editar | editar código-fonte]

Os Departamentos de Polícia voltados ao atendimento da população, estão divididos em dois tipos: Os Departamentos de Polícia Territorial e os Departamentos de Polícia Especializada. Os Deinter (bem como o Decap e o Demacro) estão inseridos no primeiro grupo, sendo o segundo destinado a Departamentos localizados na cidade de São Paulo e voltados à investigação e repressão de tipos específicos de crimes, como o DEIC (Departamento de Investigações Sobre o Crime Organizado), o DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa) e o DENARC (Departamento de Investigações Sobre Narcóticos).

Os Departamentos de Polícia Territorial são os responsáveis pelo registro das ocorrências em geral, bem como por sua investigação quando for o caso. São eles que controlam os Distritos Policiais e as Delegacias Especializadas, tais como as DISEs (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes), as DIGs (Delegacia de Investigações Gerais), as DIJUs (Delegacia de Proteção à Infância e à Juventude) e as DDMs (Delegacia de Defesa da Mulher).

Essas unidades policiais, de contato direto com a população, se distribuem pelas diversas cidades e, a fim de que possam ser melhor administradas, não respondem diretamente aos Deinter (ou Decap e Demacro no caso da cidade de São Paulo ou da Grande São Paulo), mas às suas respectivas Delegacias Seccionais, sendo que estas sim respondem diretamente aos seus Deinter.

Dessa forma, as Delegacias Seccionais de Polícia funcionam como órgão de administração em nível intermediário, a fim de facilitar a tomada de decisões.

Os Departamentos de Polícia Especializada não se dividem em Seccionais, mas em Divisões, de acordo com as necessidades de cada Departamento.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Catálogo de Endereços e Telefones da Polícia Civil do Estado de São Paulo 2006-2007.
  • Decreto 51.039, de 9 de agosto de 2006.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Portal
A Wikipédia possui o
Portal da Segurança do Brasil


Ícone de esboço Este artigo sobre o Brasil é um esboço relacionado ao Projeto Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.