Depuração de creatinina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

A depuração de creatinina (ou depuração plasmática de creatinina) é a remoção da creatinina do corpo. Na fisiologia renal, a depuração de creatinina (CCr) é o volume de plasma sanguíneo que é depurado de creatinina por unidade de tempo. Clinicamente, a depuração de creatinina é uma medida útil para estimar a taxa de filtração glomerular dos rins.

A medida da depuração da creatinina é executada pela obtenção de urina de 24 horas e uma amostra de sangue coletada dentro do período de coleta de urina. Mede-se o volume urinário, faz-se a dosagem da creatinina no soro ou plasma obtido do sangue, e na urina. A quantidade de creatinina excretada através da urina pode ser calculada multiplicando-se o valor do analito encontrado na urina pelo volume urinário de 24 horas. Dividindo a quantidade de creatinina excretada pela concentração plasmática do analito, se obtém o volume de plasma que depurado. Esse resultado se relaciona diretamente com a taxa de filtração glomerular (TFG).