Der Bucklige und die Tänzerin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Der Bucklige und die Tänzerin
O Corcunda e a Dançarina (BR)
 Alemanha
1920 • P&B • 50 min 
Direção F. W. Murnau
Roteiro Carl Mayer
Elenco John Gottowt, Sascha Gura
Gênero drama
Idioma mudo, legendas em alemão
Página no IMDb (em inglês)

O Corcunda e a Dançarina (Der Bucklige und die Tänzerin, no original alemão) é um filme mudo de 1920, o quarto rodado pelo diretor alemão F. W. Murnau.[1]

O filme é considerado perdido.[2]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

James Wilton vivia em Berlim, onde sempre recebeu o desdém das mulheres que cortejava devido ao aspecto repugnante de sua corcunda. Parte para Java, lugar em que descobre uma mina de diamantes, tornando-se muito rico, e em que aprende os segredos dos afamados cosméticos javaneses. De volta a Berlim, conhece Gina, uma dançarina que sofre por um rompimento amoroso com o Barão Percy, e rapidamente a conquista com presentes caros. Pouco tempo depois, Gina rompe o romance com Wilton porque reata o namoro com o Barão.

Dominado pelo sentimento de rejeição, Wilton elabora um elixir mortal e o mistura a óleos e a perfumes javaneses que são presenteados a Gina. Assim, ao ungir-se com eles, ela adquire uma pele venenosa que matará todo aquele que lhe beijar, a exceção de Wilton, que possui o antídoto. Smith, um comerciante que se interpõe entre a dançarina e o Barão Percy, é a primeira vítima do elixir mortal. A vítima seguinte é o Barão, que fica gravemente enfermo. Procurado por Gina, Wilton confessa tudo e tenta comovê-la. Ele então a beija e, quando saca o antídoto, a dançarina toma-lhe a bebida e foge levando-a para curar o Barão Percy enquanto Wilton morre.[3]

Dados de Produção[editar | editar código-fonte]

  • direção – F. W. Murnau
  • produção – Helios Film
  • roteiro - Carl Mayer
  • fotografia - Karl Freund
  • gênero – terror dramático
  • data de lançamento – 8 de julho de 1920
  • duração – 50 minutos
  • país de origem - Alemanha
  • formato - preto e branco, mudo, tamanho 1,33:1

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • John Gottowt - James Wilton, o corcunda
  • Sascha Gura - Gina, a dançarina
  • Henri Peters-Arnolds - Barão Percy
  • Paul Biensfeldt - Smith, o comerciante
  • Bella Polini - outra dançarina
  • Anna von Palen - mãe de Smith

Referências

  1. LLOYD, Ann. 70 years at the movies: from silent films to today’s screen hits. Nova Iorque, EUA: Crescent Books, 1988.
  2. BERRIATÚA, Luciano. Die Sprache der Schatten ― Friedrich Wilhelm Murnau und seine Filme, die frühen Jahre und Nosferatu, documentário. Madri, Espanha: Filmoteca Española, 2007, 53min.
  3. EISNER, Lotte. Murnau: shadows book. S.I., EUA: University of California Press, 1973.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.