Der fliegende Holländer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Der Fliegende Holländer
O Holandês Voador
Idioma original Alemão
Compositor Richard Wagner
Libretista Richard Wagner
Tipo do enredo Romântico
Número de atos 3
Número de cenas 3
Ano de estreia 1843
Local de estreia Königliches Hof-Theater, Dresden

Der Fliegende Holländer (em port.: O holandês voador) é uma ópera em três atos de Richard Wagner. Estreou no ano de 1843 no Königliches Hof-Theater, Dresden.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Ambientada em uma aldeia pesqueira da Noruega, conta a história de um navegador holandês que é punido por Deus por blasfemar contra seu nome, perdendo-se de sua pátria para sempre, a menos que surja em sua vida uma mulher que lhe seja plenamente fiel. Ao atracar no porto, o holandês ancora sua nau ao lado da de Daland, outro navegador. O holandês oferece a enorme riqueza em ouro e jóias que carrega em sua nau a Daland em troca da mão de Senta, sua filha. Senta já conhecera previamente a história do "Holandês Voador", mas é cortejada pelo caçador Erik, que se enciúma todas as vezes em que ela faz qualquer referência ao "Holandês Voador", seja observando insistentemente seu retrato, seja cantando a "Balada do Holandês" - esta, uma das árias mais célebres da ópera.

Daland apresenta o holandês a Senta, e ela lhe jura eterna fidelidade, mas Erik ainda tenta persuadir Senta a voltar para ele. A certa altura, o holandês encontra Erik abraçando Senta e julga que esta rompeu com seu voto de fidelidade eterna, e parte novamente para o mar. À medida que a nau do holandês se afasta, Senta olha cada vez mais longe e se atira ao mar, na direção onde está a nau do holandês, tentando unir sua alma à dele.

Passagens musicais famosas[editar | editar código-fonte]

  • Abertura Sinfônica

Ato I[editar | editar código-fonte]

Ato II[editar | editar código-fonte]

  • Coro das Tecelãs: "Summ und Brumm, o Gutes Rädchen…"
  • Ária de Senta: "Johohohe! Traft ihr das Schiff…"
  • Terceto de Senta, Daland e o Holandês: "Wie aus der Ferne…"

Ato III[editar | editar código-fonte]

  • Coro dos Marinheiros: "Steuermann, Lass die Wacht…"
  • Dueto de Senta e Erik: "Was musst'ich hören…"

Ligações externas[editar | editar código-fonte]