Derek Shulman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Derek Shulman
Gentle Giant.jpg

Derek Shulman em 1980
Informação geral
Nome completo Derek Victor Shulman
Nascimento 11 de Fevereiro de 1947
Origem The Gorbals, Glasgow, Escócia
País Reino Unido Flag of the United Kingdom.svg
Instrumento(s) vocais, baixo, shulberry
Afiliação(ões) Gentle Giant
Influência(s) Rock Progressivo

Derek Shulman (nascido Derek Victor Shulman, 11 de Fevereiro de 1947, em The Gorbals, Glasgow, Escócia) é um músico, cantor e multi instrumentalista britânico. De 1970 até 1980, foi o principal vocalista da banda Gentle Giant.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Shulman iniciou sua carreira como parte da banda britânica Simon Dupree and the Big Sound, com Pete O'Flaherty, Eric Hine, Tony Ransley, e seus irmãos Phil Shulman e Ray Shulman. No final dos anos 60, a banda enfrentou problemas devido à dificuldades criativas após experimentar um relativo sucesso, sendo finalmente desmontada em 1970.

Logo após, os 3 irmãos formaram a banda de rock progressivo Gentle Giant com o guitarrista Gary Green, o tecladista Kerry Minnear e o baterista Martin Smith (mais tarde substituído por Malcolm Mortimore, que, por sua vez, também foi substituído por John Weathers). No Gentle Giant, Shulman destacou-se como um dinâmico "frontman" nas apresentações ao vivo e gravou 12 álbuns com a banda durante um período de 10 anos. Enquanto a banda conquistou uma legião de fiéis admiradores e devotos, nunca experimentaram o sucesso comercial de bandas como Yes, Emerson, Lake & Palmer e Jethro Tull. Com a popularidade da banda decrescendo lentamente ao final dos anos 70, separaram-se após o lançamento do álbum Civilian em 1980.

Como seus companheiros de banda, Shulman era um aficcionado em tocar diversos instrumentos, incluindo saxophone, baixo e um instrumento de cordas, construído por ele mesmo, chamado de Shulberry, semelhante a um pequena viola.

Seguindo-se à sua carreira no Gentle Giant, Shulman tornou-se um proeminente executivo de Gravadoras, começando como Relações Públicas na PolyGram, onde foi o responsável por assinar com artistas como Bon Jovi, Cinderella, e Kingdom Come, entre outros. Também ocupou a presidência da Atco Records (onde assinou com outro gigante do Rock Progressivo, a banda de Metal Progressivo Dream Theater e também com a banda Pantera). Mais tarde tornou-se presidente de outra Gravadora, a Roadrunner Records administrando bandas como Slipknot e Nickelback. Hoje ele possui seu próprio selo musical, DRT Entertainment.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]