Dermopigmentação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde maio de 2014).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

Dermopigmentação, ou micropigmentação e maquiagem definitiva, como é conhecida, surgiu na década de 1980 baseado na técnica do princípio da tatuagem, porém sua aplicação na pele é mais superficial e a durabilidade é de apenas alguns anos tendo que ser retocada após esse período.

Pode ser aplicada nas sobrancelhas, olhos e lábios e também em auréolas, mamilos e cicatrizes corrigindo até imperfeições no rosto e no corpo.

Cada sessão dura em média 2 horas sendo feito antes um esboço, assim a cliente tem uma idéia de como será o resultado final.

Não há restrição de idade e há pigmentos de várias tonalidades para combinar com todos os tipos de pele.

O ato de pigmentar artificialmente a nível intradérmicos a região do couro cabeludo, com bases mais macias e oleosas com derme mais densa (região da nuca), com base macia, pele fina e oleosa (laterais e fronte), com pele queratinada e densa (região da coroa), com oleosidade interna, etc., foi então que percebeu que era inevitável realizar tal procedimento sem que preparasse a pele para receber o pigmento e que também precisaria “controlar” a cicatrização interagindo por mais ou menos 90 dias após a micropigmentação, só assim conseguiria o resultado desejado.

Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.