Design de hipermídia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A hipermídia une os conceitos de hipertexto e multimídia. Ou seja, um documento hipermídia contém imagens, sons, textos e vídeos. Mas a principal característica da hipermídia é possibilitar a leitura não linear de determinado conteúdo, ou seja não ter necessariamente início, meio e fim, e sim se adaptar conforme as necessidades do usuário.

Uma das melhores definições que encontrei foi a de Arlindo Machado no livro "A Arte no Século XXI: A humanização das tecnologias".

"A ideia básica da hipermídia é aproveitar a arquitetura não linear das memórias de computador para viabilizar obras "tridimensionais", dotadas de uma estrutura dinâmica que as torne manipuláveis interativamente. Hipermídia é, portanto, uma forma combinatória, permutacional e interativa de multimédia, em que textos, sons e imagens (estáticas e em movimento) estão ligados entre si por elos probabilísticos e móveis, que podem ser configurados pelos receptores de diferentes maneiras, de modo a compor obras instáveis em quantidades infinitas."

Influências[editar | editar código-fonte]

Como toda área do design, o design de hipermídia toma emprestado os seus conhecimentos teóricos de diversos campos do saber, como a filosofia, a ciência (psicologia, antropologia, sociologia, ergonomia, semiótica, entre outras) e a arte.

Características do Design de Hipermídia[editar | editar código-fonte]

  • Hibridismo: associação de duas ou mais mídias, encontro de dois ou mais meios; conjunção simultânea de diversas linguagens.
  • Hipertextualidade: sistema não-linear, multisequencial ou multilinear. Incorporam dois sistemas diferentes de utilização: o modo autor (onde são criados os sistemas de nós e âncoras) e o modo usuário (onde ocorre a navegação).
  • Não-Linearidade: refere-se a ideia de possibilitar caminhos e segmentos abertos, diversos, repletos de desvios, complexo, composto por linhas de segmento e linhas de fuga.
  • Interatividade: possibilidade de transformar os envolvidos na comunicação, ao mesmo tempo, em emissores e receptores da mensagem
  • Navegabilidade: diz respeito ao ato de navegar, à exploração e à mobilidade do usuário no ciberespaço, na rede ou em um aplicativo de hipermídia.

Conceitos[editar | editar código-fonte]

Alguns conceitos estudados / aplicados pelo design de hipermídia são:

  • Estrutura x Forma x Função x Conteúdo
  • Interatividade
  • Não-Lineariedade
  • Navegabilidade
  • Interface
  • Arquitetura da Informação
  • Usabilidade
  • Adaptatividade
  • Acessibilidade
  • Semântica

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]