Desjejum

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde dezembro de 2010).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Desjejum.

O desjejum, quebra-jejum[1] , mata-bicho (português angolano e moçambicano), pequeno-almoço (português europeu) ou café da manhã (português brasileiro), ou almoço (português da Galiza) é a primeira refeição do dia, consumida geralmente pela manhã.

A composição do desjejum varia muito com as culturas e tem variado com as modificações da sociedade, devidas ao desenvolvimento e novas maneiras de viver. No mundo rural, a primeira refeição era composta dos restos do jantar da véspera, ou de uma sopa feita com estes, servida aos membros da família que saíam cedo de casa para o trabalho ou para a escola, por vezes longe de casa. Na cidade, o desjejum é geralmente mais simples - café, chá ou leite, acompanhando algum tipo de pão com manteiga e doce de fruta, por vezes algum tipo de suco. Outro componente desta refeição são os cereais, às vezes na forma de müsli, ou em flocos.

No entanto, isto varia com os países e reflete-se na hotelaria: é comum, num hotel, ser oferecida a opção entre um desjejum continental (pão com manteiga e algum tipo de doce) e um desjejum americano, britânico ou inglês, que pode incluir ovos, bacon, salsichas e feijões com molho doce, sempre acompanhado de café ou chá. A designação desjejum continental deriva de uma visão britânica da Europa continental como entidade separada das ilhas britânicas, sendo esse tipo de desjejum geralmente associado a essa parte da Europa pelos britânicos.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

Desjejum vem do latim vulgar disjejunare (quebra do jejum), ou seja, representa a quebra do jejum mantido durante o sono. A palavra também deu origem ao francês déjeuner (com o mesmo significado na Bélgica, na Suíça e no Canadá, mas não na França, onde significa almoço) e ao castelhano desayuno, com o mesmo significado; da mesma maneira, a expressão inglesa breakfast demonstra ter um processo semelhante de formação linguística: (break, "quebrar" e fast, "jejum").

Em algumas línguas nórdicas, o desjejum é designado como "comida da manhã", (morgunmatur, em Islandês e morgenmad, em Dinamarquês).

Mata-bicho, ou termos semelhantes, é ou foi usado, tanto no Brasil como em Portugal, para uma "batida" tomada logo de manhã; em Portugal ainda se diz "matar-o-bicho" (provavelmente o que roía o estômago, da fome...) para um "grogue" antes da labuta.

Referências

  1. Houaiss, Antônio. Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa. Verbete quebra-jejum. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001 2350 p.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikcionário Definições no Wikcionário
Commons Imagens e media no Commons
Commons Categoria no Commons
Ícone de esboço Este artigo sobre Nutrição é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.