Dez Mandamentos do Dízimo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Os Dez Mandamentos do Dízimo ou Meus Dez Mandamentos do Dízimo é o nome dado ao conjunto de leis oficiosas elaboradas por agentes de pastoral da Igreja Católica no Brasil, estabelecidas de acordo com sua interpretação da Bíblia, para a contribuição do dízimo.

Há uma incerteza em relação ao novo nome a ser dado a eles, e até mesmo se eles ainda estão em vigor, pois com a promulgação em 2005 pelo Papa Bento XVI dos cinco mandamentos da Igreja (não confundir com os Dez Mandamentos da Lei de Deus) na sua forma atual, foi suprimido o termo "dízimos" do quinto mandamento (“pagar dízimos conforme o costume”), com a criação de uma nova redação (“Atender às necessidades materiais da Igreja, cada qual segundo as próprias possibilidades”).

Os Dez Mandamentos do Dízimo são (ou eram) os seguintes:

1 - Sou dizimista porque amo a Deus e amo o meu próximo. (II Coríntios 9:7);

2- Sou dizimista porque reconheço que tudo recebo de Deus. (Salmo 23; I Coríntios 4:7);

3- Sou dizimista porque minha gratidão a Deus me leva a devolver um pouco do muito que recebo. (Lucas 17:11-19);

4- Sou dizimista porque aceito como palavra de Deus o que leio na Bíblia. (Malaquias 3:10; Lucas 21:14);

5- Sou dizimista porque creio, e confio, em Deus Pai. (Mateus 6:25-31);

6- Sou dizimista porque o ato de partilha irá matando o meu egoísmo. (Lucas 12:16-21; I Pedro 4:8);

7- Sou dizimista porque creio na vida cristã em comunidade. (Mateus 18:20);

8- Sou dizimista porque Deus, o único pai rico, não quer ninguém passando necessidade. (Mateus 25:40);

9- Sou dizimista porque gosto de viver em liberdade e alegria. (João 14:1-5; Mateus 25:34);

10- Sou dizimista porque quero ver minha comunidade crescer e minha Igreja testemunhar o Evangelho de Jesus no mundo inteiro. (Mateus 28:19-20; Marcos 16:15). [1] [2] [3] [4] [5]

A Igreja Católica também possui uma "Oração dos Dizimistas"[6] [7] e realiza uma "Missa do Dizimista"[8] .

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Paróquia Nossa Senhora das Dores (07 de Novembro de 2009). Dez Mandamentos do Dízimo (em português). Visitado em 05 de Novembro de 2009.
  2. Paróquia do Imaculado Coração de Maria (16 de Outubro de 2005). Dez Mandamentos do Dízimo (em português). Visitado em 05 de Novembro de 2009.
  3. Paróquia Santa Joaquina de Vedruna. Dez Mandamentos do Dízimo (em português). Visitado em 05 de Novembro de 2009.
  4. Solucon. Dez Mandamentos do Dízimo (em português). Visitado em 05 de Novembro de 2009.
  5. O Recado Editora. Meus Dez Mandamentos do Dízimo (em português). Visitado em 05 de Novembro de 2009.
  6. Paróquia Nossa Senhora de Loreto. Oração dos Dizimistas (em português). Visitado em 05 de Novembro de 2009.
  7. Paróquia São João Batista e Nossa Senhora de Lourdes. Oração dos Dizimistas (em português). Visitado em 05 de Novembro de 2009.
  8. Paróquia de Santo Afonso (01 de Agosto de 2009). Missa do Dizimista (em português). Visitado em 05 de Novembro de 2009.