Dia Internacional sem Dieta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Dia Internacional Sem Dieta)
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde dezembro de 2012)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Light blue ribbon.png

O Dia Internacional sem Dieta (DISD) é uma celebração anual voltada para a aceitação e para diversidade de formas do corpo. Também é dedicado à sensibilização às dietas alimentares indiscriminadas e restritivas. Acontece anualmente em 06 de maio, e seu símbolo é uma fita azul pálido, semelhante à fita vermelha do Dia Mundial de Combate à AIDS.


História DISD[editar | editar código-fonte]

O conceito do DISD nasceu em 1992, quando a feminista inglesa Mary Evans decidiu lutar contra a indústria das dietas e em prol da sensibilização para os perigos da anorexia e de outros transtornos alimentares. Em 6 de maio Mary Evans foi entrevistada em um programa de televisão, divulgando e propagando a causa. Na sequência deste episódio, grupos feministas da Inglaterra passaram a celebrar o DISD. Com o passar dos anos, grupos de outros países aderiram a proposta E.U.A, Canadá, Austrália, Nova Zelândia, Índia, Israel, Dinamarca e Brasil.


Objetivos[editar | editar código-fonte]

  • Questionar o conceito do corpo "perfeito".
  • Sensibilizar as discriminações decorrentes ao excesso de peso.
  • Declarar um dia livre de dietas e obsessões com o corpo.
  • Apresentar fatos sobre a indústria da dieta - destacando a ineficácia das dietas comerciais.
  • Explicitar como as dietas perpetuam a violência contra as mulheres.
  • Honrar as vítimas de transtornos alimentares.


Referências[editar | editar código-fonte]