Dia Mundial Sem Tabaco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde maio de 2014). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Um cinzeiro com uma rosa vermelha é um dos símbolos do Dia Mundial Sem Tabaco

O Dia Mundial sem Tabaco é assinalado anualmente a 31 de maio e visa contribuir para proteger as gerações presentes e futuras, cumulativamente das consequências patológicas devastadoras para a saúde individual e coletiva e também, para proteger da destruição social, ambiental e económica causada pela utilização do tabaco e da exposição ao tabaco, que resulta numa epidemia mundial.

O consumo de tabaco é uma das principais causas de doença e de mortalidade prematura em todo o mundo. Segundo dados da OMS, morrem todos os anos cerca de 6 milhões de pessoas por doenças relacionadas com o tabaco.[1]

Epidemia[editar | editar código-fonte]

Todos os os anos a "epidemia global do tabaco" mata cerca de 6 milhões de pessoas, das quais mais de 600.00 são não fumadores, que morrem devido à exposição aos efeitos nocivos do tabaco. Em 2030 a OMS estima que, se nada for feito, a epidemia irá matar mais de 8 milhões de pessoas anualmente. O Dia Mundial sem Tabaco visa, em última análise, contribuir para "proteger as gerações presentes e futuras, não apenas destas consequências devastadoras para a saúde, mas também para proteger da destruição social, ambiental e económica causada pela utilização do tabaco e da exposição ao tabaco".[2]

Referências