Diagnóstico organizacional

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Diagnóstico Organizacional consiste na primeira etapa de um processo de consultoria ou assistência técnica e visa proporcionar à organização as condições necessárias para o desenvolvimento e aprimoramento de modo que seu desempenho atinja níveis satisfatórios de eficiência e eficácia. Portanto, o Diagnóstico nada mais é que um instrumento de coleta de informações da empresa. Além de realizar a análise do ambiente interno e externo da organização, o Diagnóstico pode identificar o perfil dos clientes para a aplicação das suas ferramentas.

Um exemplo de Diagnóstico muito usado atualmente é a Análise Swot (S – Força, W – Fraqueza, O – Oportunidade, T – Ameaça). Essa ferramenta é utilizada para fazer a análise interna e externa da organização. Internamente ela verifica os pontos fortes a serem aprimorados e pontos fracos a serem melhorados. Externamente a Análise Swot constata as oportunidades que podem surgir e ameaças que podem ser evitadas.

Thiollent (2005, p.16) fala sobre pesquisa-ação, a qual atua como uma forma de Diagnóstico Organizacional.  Essa pesquisa tem como intuito a análise social baseada numa ação ou como uma resolução de um problema coletivo onde os pesquisadores e participantes estão mutuamente envolvidos de modo cooperativo ou participativo.

De acordo com Crocco e Guttmann (2005, p.7), a consultoria é definida como um serviço prestado por uma pessoa ou um grupo de pessoas com qualificação e independência com o intuito de identificar problemas e investigar as características que levaram a ocorrer tais problemas.  Estes são ligados à política e à própria organização, além de visualizar procedimentos e métodos aplicados.

No contexto de organização, o processo do Diagnóstico Organizacional possui benefícios que são de grande valia, como a análise dos setores onde encontra-se carência de incentivo em pesquisas, recursos de aprimoramento e até nas características da própria marca da empresa. Tais características colaboram na identificação das variáveis formas existentes na análise organizacional.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • AZEVEDO

M. A, Diagnóstico Organizacional da Empresa Comércio de Tecidos Pereira LTDA, Trabalho de Conclusão de Estági, Universidade do Vale do Itajaí, 2007

  • THIOLLENT,

M. Metodologia da Pesquisa-ação. 14™ edição. São Paulo: Cortez Editora,2005.

  • CROCCO, L.; GUTTMANN, E.. Consultoria empresarial. São Paulo:

Saraiva, 2005. 143 p.