Diana Damrau

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Diana Damrau
Diana Damrau em 2012.
Informação geral
Nome completo Diana Damrau
Nascimento 31 de maio de 1971
Local de nascimento Günzburg, Baviera
 Alemanha
Gênero(s) Música clássica, Ópera
Instrumento(s) Vocal
Extensão vocal Soprano lírico-dramático
Período em atividade 2002 - Presente
Outras ocupações Cantora
Gravadora(s) Virgin Records/EMI
Página oficial http://diana-damrau.com

Diana Damrau, (Günzburg an der Donau, 31 de maio de 1971), é uma Soprano dramático alemã, Kammersängerin da Ópera Estatal de Baviera, conhecida por suas interpretações nas óperas de Mozart, Mahler e Richard Strauss.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascida em Günzburg an der Donau, Baviera, na Alemanha. Desde a tenra idade, Damrau era um entusiasta da música clássica. Com apenas 12 anos de idade, o filme "La Traviata", de Franco Zeffirelli, com Plácido Domingo e Teresa Stratas como Alfredo e Violetta, respectivamente, levou-a a tornar-se uma cantora de ópera. Suas primeiras aulas de canto foram com a cantora de ópera romena, Carmen Hanganu, cujo marido foi o professor de música de Damrau. Sua primeira aparição pública foi aos quinze anos, quando ela cantou partes do musical "My Fair Lady", com acompanhamento de um piano em um festival, em Offingen.

Após terminar o colegial em Gunzburg ela decidiu continuar seus estudos de canto na Escola Superior de Música de Würzburg. Ela também teve aulas avançadas em Salzburgo, com Hanna Ludwig e Edith Mathis. Em 1995, ele completou seus estudos com honras. Sua estréia nos palcos foi no papel de Eliza, no musical "My Fair Lady", no teatro da cidade de Würzburg. No mesmo teatro, ela interpretou com grande êxito papéis para sopranos, em óperas, operetas e musicais. Entre os papéis que ela interpretou encontra-se os de Annchen em "Der Freischütz", Gretel em "Hansel und Gretel", Marie em "Zar und Zimmermann", Adele em "Die Fledermaus" e Valencienne em "The Merry Widow".[1]

Em 2006, Damrau, se apresentou ao lado do tenor espanhol, Plácido Domingo, sendo ambos acompanhados por três orquestras em Munique, na abertura da Copa do Mundo FIFA de 2006, na Alemanha.[2] [3]

Em julho de 2007, o estado federal de Baviera concedeu o título de "Kammersängerin" à Diana, um título que já foi concedido por reis e príncipes a cantoras preferidas da corte. Está homenagem foi feita por sua distinta carreira na Ópera Estatal de Baviera, onde, em um período de sete anos, cantou em 75 ocasiões, interpretando dez papéis diferentes.[4] [5]

A Rainha da Noite de Mozart da ópera A Flauta Mágica, tem sido o papel mais realizado por Damrau até hoje, ela tem se empenhado para realizá-lo em mais de 15 produções em casas incluindo o Covent Garden, o Festival de Salzburgo, a Ópera Estatal de Viena, o Oper Frankfurt e a Ópera Estatal de Baviera. Damrau fez história no Metropolitan Opera entre 2007 e 2008, aparecendo tanto como Pamina e Rainha da Noite em diferentes performances. Outro compromisso notável foi sua interpretação de todas as quatro heroínas da ópera "Les contes d'Hoffmann" de Offenbach, em uma nova produção da Ópera Estatal de Baviera, em outubro de 2011. Outros papéis de coloratura em seu repertório incluem o de Zerbinetta, Lucia, Elvira, Rosina, Gilda, Adina, Marie, Linda e Aminta. Ela também realiza papéis no repertório lírico incluindo Manon, Donna Anna, Gretel e Pamina.

De 2011 para 2012, ela se apresentou ao lado do tenor mexicano, Rolando Villazón, em duas óperas: Les contes d'Hoffmann de Offenbach e Don Giovanni de Mozart, ambos na Alemanha.[6]

Damrau promoveu sua exploração do repertório de canto lírico nos últimos anos com destaques incluindo novas produções de ópera cômica de Rossini, Le comte Ory, no Metropolitan Opera e o papel-título da ópera Linda di Chamounix de Donizetti, no Liceu, em Barcelona. Ela já voltou ao Metropolitan Opera tanto como Adina e Rosina e trouxe sua interpretação de Lucia de Donizetti para Berlim e Viena. Após o nascimento de seu segundo filho no outono de 2012, Damrau voltou ao palco com uma nova produção de Verdi, Rigoletto, no Metropolitan Opera, em fevereiro de 2013; isso é para ser seguido por sua estréia no papel-título de La traviata, de Verdi na mesma casa. No final do ano ela interpretou uma prostituta, papel-título de uma ópera escrita para ela, pelo jovem compositor britânico, Iain Sino, com base nas gravuras de William Hogarth, no teatro de Viena. Em março de 2014, em Nova York, ela estrela em La sonnambula de Bellini.

Bem como a realização de óperas, Damrau já apresentou Lieder no Musikverein de Viena, no Carnegie Hall, Wigmore Hall, La Scala, o Schubertiade em Schwarzenberg, na Áustria, e nos Festivais de Munique e Salzburgo. Seu repertório inclui os concertos Carmina Burana de Carl Orff, Great Mass em C menor, Requiem e Exsultate de Mozart, Jubilate e Messiah de Handel. Damrau já se apresentou com maestros conceituados como James Levine, Zubin Mehta, Lorin Maazel, Sir Colin Davis, Christoph von Dohnányi, Leonard Slatkin, Pierre Boulez, Nikolaus Harnoncourt e Jesús López-Cobos.

Atualmente, Damrau é casada com o baixo-barítono francês, Nicolas Teste. Eles têm dois filhos, nascidos em 2010 e 2012, respectivamente.[7]

Voz[editar | editar código-fonte]

Alguns críticos musicais comparam sua voz com a de Edita Gruberova, que compartilha muito de seu repertório (a Rainha da Noite, Konstanze, Gilda, Norina, Zerbinetta, Fiakermilli, Sophie von Faninal, a Voz do Pássaro em Siegfried, entre outras árias), tem uma grande facilidade e virtuosismo em agudos (chegando até a sexta oitava), uma sombra clara e uma técnica que lhe permite cantar árias que exigem uma voz lírica que seja bastante poderosa.

Performances[editar | editar código-fonte]

O (*) Indica uma nova produção da peça.

Repertório[8] [editar | editar código-fonte]

Personagem Compositor Ópera
Adèle Rossini Le comte Ory
Adèle J. Strauss Die Fledermaus
Adina Donizetti L'elisir d'amore
Aithra R. Strauss Die ägyptische Helena
Amina Bellini La sonnambula
Aminta Mozart Il re pastore
Aminta R. Strauss Die schweigsame Frau
Ännchen Weber Der Freischütz
Antonia, Giulietta, Olympia, Stella Offenbach Les contes d'Hoffmann
Donna Anna Mozart Don Giovanni
Elvira Bellini I puritani
Europa Salieri Europa riconosciuta
Fauno Mozart Ascanio in Alba
Fiakermilli R. Strauss Arabella
Gilda Verdi Rigoletto
Gretel Humperdinck Hansel and Gretel
Instrutora de ginástica/mulher bêbada Lorin Maazel 1984
Königin der Nacht Mozart A Flauta Mágica
Konstanze Mozart Die Entführung aus dem Serail
Linda Donizetti Linda di Chamounix
Lucia Donizetti Lucia di Lammermoor
Manon Massenet Manon
Marie Donizetti La fille du régiment
Marzelline Beethoven Fidelio
Moll Hackabout Iain Bell A Harlot's Progress
Pamina Mozart A Flauta Mágica
Philine Thomas Mignon
Rosina Rossini Il barbiere di Siviglia
Sophie R. Strauss Der Rosenkavalier
Small woman Friedrich Cerha Der Riese vom Steinfeld
Susanna Mozart Le nozze di Figaro
Violetta Verdi La traviata
Zaide Mozart Zaide
Zdenka R. Strauss Arabella
Zerbinetta R. Strauss Ariadne auf Naxos

Discografia[9] [editar | editar código-fonte]

Desde 2007, Damrau tem um contrato de exclusividade com a Virgin Records/EMI.

  • Arie di Bravura (2007) - foi um recital de Mozart, Salieri Righini e árias com Le Cercle de l'Harmonie, conduzida por Jérémie Rhorer.
  • Donna: Ópera e Concerto de Árias por Mozart (2008) - é uma ópera e concerto de árias por Mozart, é também uma colaboração com o retorno de Rhorer e Le Cercle de l'Harmonie.
  • Coloraturas (2009) - é uma coletânea de árias em que a soprano é mais estreitamente associada e apresenta a Orquestra da Rádio de Munique, conduzido por Dan Ettinger.
  • Poesie: Richard Strauss Lieder (2011) - é uma coletânia de canções orquestrais de Richard Strauss, gravado com a Orquestra Filarmônica de Munique sob a condução de Christian Thielemann.
  • Liszt Lieder (2011) - é uma coletânia de canções clássicas de Liszt, acompanhado pelo pianista Helmut Deutsch.
  • Forever (2013) - é uma coletânia de operetas e teatro musical gravado com a Royal Liverpool Philharmonic Orchestra, conduzida por David Charles Abell.

Videografia[10] [editar | editar código-fonte]

Prêmios e Indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Premiação Categoria Resultado
1999 7º Concurso Internacional de Mozart Competição em Salzburgo Venceu
1999 Revista Opernwelt[11] Jovem Cantor do Ano Venceu
2006 Bayerischer Rundfunk Bávaro do Ano Indicado
2008 Revista Opernwelt Cantora do Ano de 2008 Indicado
2011 Prêmio Echo Klassik Para o seu álbum "Poesie" Venceu
2012 Grammy Awards[12] [13] [14] Melhor Gravação de Ópera Indicado
2014 Prêmio Internacional de Ópera[15] Cantora do Ano Venceu

Honrarias[editar | editar código-fonte]

  • 2004 - Damrau, foi eleita a "Estrela do Ano" ("Star of the Year") pela Munich Abendzeitung. (Az)
  • 2005 - Ela foi eleita a "Rosa do Ano" ("Rose of the Year") pela Munich Tageszeitung. (tz)
  • 2007 - O estado federal de Baviera concedeu o título de "Kammersängerin" à Diana, um título que já foi concedido por reis e príncipes a cantoras preferidas da corte.
  • 2010 - Premiada com o "Bayerischer Maximiliansorden" - o mais alto reconhecimento concedido pelo Estado da Baviera para mérito artístico. O número de portadores vivos do prêmio é limitado a 100.

Referências

  1. Biography Of Diana Damrau. Visitado em 4 de Julho de 2014.
  2. Plácido Domingo canta em Munique antes da abertura da Copa-2006 Globo Esporte. Visitado em 9 de Fevereiro de 2006.
  3. Plácido Domingo faz show de abertura em Munique Folha. Visitado em 10 de Fevereiro de 2006.
  4. Diana Damrau.
  5. DIANA DAMRAU // Biography - Warner Classics.
  6. In Matters of the Heart, ‘Contes d’Hoffmann’ Skips a Beat NY Times. Visitado em 15 de Novembro de 2011.
  7. Diana Damrau - The complete soprano returns to Tokyo metropolis.co.jp/. Visitado em 12 de Abril de 2011.
  8. Repertoire Repertoire of Diana Damrau. Visitado em 2014-07-04.
  9. Recordings of Diana Damrau.
  10. RECORDINGS - DVD.
  11. Diana Damrau beethoven.org.pl.
  12. Grammy Awards 2012: Complete Winners And Nominess List Hollywood Reporter. Visitado em 2 de Dezembro de 2012.
  13. Grammy Awards 2012: Winners and nominees list.
  14. Confira a lista de indicados ao Grammy Awards 2012 Rock 'n' Beats. Visitado em 1 de Dezembro de 2011.
  15. Opera Awards 2014 The International Opera Awards. Visitado em 11 de Abril de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]