Dictionnaire de Trévoux

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Primeira página do Supplément au dictionnaire universel françois et latin (Paris, 1752)

O Dictionnaire de Trévoux, como ficou conhecido não oficialmente o Dictionnaire universel françois et latin por ter sido publicado em Trévoux (perto de Lyon, França), é um dicionário etimológico que teve várias edições entre 1704 e 1771.[1] Ao longo do século XVIII foi tido por ser de direção jesuíta, uma suposição apoiada por alguns académicos modernos.[2]

A primeira edição (1704) do Dictionnaire de Trévoux era quase uma reedição da edição de 1701 do Dictionnaire universel (1690) de Antoine Furetière, com um pequeno número de revisões e artigos adicionais.[3] A partir da largamente aumentada edição de 1721, o Dictionnaire de Trévoux tornou-se muito usado e considerado, como fonte importante para a Cyclopaedia (1728) de Ephraim Chambers e para a Encyclopédie (1751–72), entre outras obras.[4]

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  1. Sobre a última edição ver: Arnold Miller, "The Last Edition of the Dictionnaire de Trévoux," in Notable Encyclopedias of the Late Eighteenth Century, ed. Frank A. Kafker (Oxford: Voltaire Foundation, 1994), 5-50.
  2. Ver em especial Marie Leca-Tsiomis, Ecrire l`Encyclopédie: Diderot: de l`usage des dictionnaires à la grammaire philosophique (Oxford: Voltaire Foundation, 2001).
  3. Dorotea Behnke, Furetière und Trévoux: Eine Untersuchung zum Verhältnis der beiden Wörterbuchserien (Tubingen: Max Niemeyer, 1996).
  4. Sobre o uso do Trévoux para a Cyclopaedia e a Encyclopédie veja-se Leca-Tsiomis, Ecrire l'Encyclopédie.