Diego Sanchez

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Diego Sanchez
DiegoSanchez.png
Estatísticas
Apelido Nightmare (Pesadelo), Dream (Sonho)
Altura 1,78 m
Peso 77 kg
Nacionalidade Povo dos Estados Unidos norte-americano
Data de nascimento 31 de dezembro de 1981 (32 anos)
Cidade natal Albuquerque, Novo México
 Estados Unidos
Modalidade Gaidojutsu, Wrestling, BJJ, Muay Thai e Boxe
Equipe/associação A Arena
Faixa      Faixa Preta em BJJ
     Faixa Preta em Gaidojutsu
Cartel no MMA
Total 32
Vitórias 25
    Por nocaute 6
    Por finalização 9
    Por decisão 10
Derrotas 7
    Por nocaute 1
    Por decisão 6
Diego Sanchez no Sherdog

Diego J. Sanchéz (Albuquerque, 31 de dezembro de 1981) e filho de imigrantes mexicanos e é um lutador de MMA, com experiência em wrestling e Gaidojutsu. Sanchez é o vencedor da primeira temporada (junto com Forrest Griffin) do reality show The Ultimate Fighter e atualmente luta na divisão dos meio-médios do Ultimate Fighting Championship.

Uma das grandes curiosidades de Sanchez, é que ele é um devoto e seguidor dos ensinamentos de poder pessoa do guru Tony Robbins que ele acredita que lhe permite absorver a energia dos elementos. Sanchez também é conhecido por fazer cortes de cabelo sempre procurando ficar mais intimidador possível para enfrentar seus adversários. Outra grande curiosidade, e quando ele esta entrando no octogono ele costuma ficar grito a palavra "YES" inúmeras vezes.

Ele treina no ginásio Arena MMA em San Diego, onde seus treinadores são Saulo Ribeiro e Tony Palafox.

Carreira no MMA[editar | editar código-fonte]

Diego "Nightmare" Sanchez lutava por sua escola no Novo México antes de começar a treinar MMA, enquanto trabalhava para a UPS. Sanchez eventualmente se juntou com a academia Jackson's Submission Fighting, ainda enquanto trabalhava para a UPS, dividia o tempo entre o trabalho e os treinos. Em 2002, ele fez sua estréia no MMA no King of the Cage, onde também mais tarde se tornou um campeão.

Sua estréia no UFC, veio quando ele foi escolhido como um participante da primeira temporada do reality show The Ultimate Fighter. Após toda a temporada, ele ganhou um contrato com o UFC após vencer uma luta contra Kenny Florian, tornando-se o vencedor dos meio-médios da primeira temporada do show.

Após o relity show, Sanchez venceu vários lutadores medianos e não conseguiu convencer em nenhuma de suas lutas, entre eles: Brian Gassaway, Nick Diaz, John Alessio e Karo Parisyan.

Na luta contra Joe Riggs, Sanchez mostrou o por que do apelido "Nightmare" (Pesadelo), na luta que ocorreu em 13 de dezembro de 2006, no UFC Fight Night 7, Sanchez mostrou-se muito agressivo e muito violento, logo no inicio acertou vários golpes em Riggs até acerta um gancho de direita que derrubou seu adversario, e logo depois uma incrível joelhada consagrou o primeiro nocaute da sua carreira.

Sanchez antes de lutar contra Josh Koscheck cumpriu uma suspensão de três meses após ter dado positivo para maconha. E durante a pesagem do UFC 69, Sanchez empurrou Koscheck quando os dois se olhavam.

Sanchez acabou perdendo por decisão unânime para Josh Koscheck no UFC 69, que acabou com sua invencibilidade. A luta que era prevista com uma das melhores de 2007, foi em um ritmo muito lento. Depois do ocorrido na pesagem esperava-se que Sanchez fosse muito agressivo, entretanto vimos um Sachez muito tímido, jogando muito curto e somente com jabs. Koscheck conseguiu manter a distância e acertando golpes com velocidade, conseguiu a vitória.

Várias semanas após a luta, Dana White anunciou que Sanchez estava doente na véspera da luta e quase teve de abandonar quando um teste alegou hepatite C. Os médicos finalmente concluíram que os resultados dos testes não foram corretos, mas conseguiram diagnosticar sua doença, assim a luta prosseguiu como planejado. O dia após a luta, Sanchez teve um furo na coxa o "tamanho de uma xícara de café" e foi diagnosticado com uma infecção por estafilococos.

Na sua luta seguinte, ele perdeu por decisão divida para Jon Fitch no UFC 76. Em 22 de setembro de 2007, Sanchez lutou contra David Bielkheden procurando a reablitação no UFC 82, com uma otima apresentação, Sanchez venceu depois de seu adversário desitir após sofrer vários golpes. Após a vitória, Sanchez vanceu novamente dessa vez por TKO contra ex-Fuzileiro Luigi Fioravanti, durante o The Ultimate Fighter 7 Finale. Depois de ter uma luta cancelada contra Thiago Alves, devido a uma lesão, Sanchez anunciou que estaria mudaria de divisão lutaria pelos pesos leves.

Divisão dos Pesos Leves[editar | editar código-fonte]

Ao descer de divisão, Sanchez teria que mudar muito a sua forma de combate. A categoria peso leve tem como característica a alta velocidade na execução de golpes e contra-ataques. Mirando nisso, Sanchez trabalhou com boxeadores profissionais Joey Gilbert e Lupe Aquino, brasileiro peritos grappling Xande e Saulo Ribeiro e wrestling treinador Bob Anderson. Na parte física, Sanchez se concentrou em trabalhos aerobicos com a perda de peso para entrar nessa divisão, assim, o Nightmare se tornou um dos lutadores mais rapidos e como o melhor preparo físico entre todas as divisões.

Após a preparação sua primeira luta foi em 21 de fevereiro de 2009 no UFC 95 contra Joe Stevenson campeão da segunda temporada do The Ultimete Fighter. Mesmo com Stevenson pressionando Sanchez durante a luta, Sanchez vencem por decisão unânime graças aos excelentes contra-ataques durante toda a luta.

Sanchez vs. Guida[editar | editar código-fonte]

Em 20 de junho de 2009, Sanchez encarou Clay Guida no final do The Ultimate Fighter: Estados Unidos vs Reino Unido Finale. Antes da luta durante a pesagem os dois lutadores se provocavam tanto que seguranças tiveram que segura-los.

O clima de guerra havia chegado ao octógono, logo ao soar do gongo, Sanhcez saiu correndo do seu corner e desferiu incontaveis jabs e uppercuts durante o primeiro minuto, Guida tendo se defender como podia, na sequência Sanchez acertou algumas joelhadas e mais tarde derrubou seu adversario com um pontapé na cabeça. No segundo round Sanchez continuo mantendo o ritmo, entretando Guida acertou excelentes golpes. No último round a luta foi para trocação franca entre os dois. Depois de uma guerra, Sanchez venceu por decisão dividida.

O combate recebeu o prêmio de Melhor Luta da Noite A luta passou a ganhar "Fight of the Year" por diversas revistas de MMA e do UFC, até receber o prêmio World MMA Awards como melhor Luta do Ano, um prêmio de muito prestigio, que durante cerimonia da entrega do prêmio, Digo Sanchez chegou completamente bebado para recebe, ele se embaralhou todo e chegou a dizer que amava Dana White, mas acabou sendo tirado sutilmente do palco por Rashad Evans.

Cara a Cara com O Prodígio[editar | editar código-fonte]

Após dizer que era o maior peso leve do mundo, Sanchez recebeu a chance de provar isso no UFC 107 em 12 de dezembro de 2009, aonde ele enfrenatária "O Prodígio" B.J. Penn pelo cinturão dos pesos leves do UFC. Logo no início do primeiro round, Penn acertou um soco de direita que derrubou Sanchez, seguido de uma enxurrada de socos que quase levou o árbitro Herb Dean a parar a luta. Apesar de Sanchez conseguir se recuperar para voltar ao ataque, ele foi superado nos 3 rounds seguintes aonde viu Penn dominar facilmente a luta em pé, todas 27 tentativas de simple-leg de Sanchez foram anuladas por Penn. Logo no início do quinto round, Penn conseguiu acerta um pontapé na cabeça que provocou um grande corte na testa de Diego. Herb Dean interrompeu o combate para entrada de um médico que aconselhou o final da luta aos 2:37 por TKO. Sanchez teve seu lábio inferior completamente dividido e aberto, com seu olho esquerdo inchado e fechado, e um grande corte acima da sobrancelha esquerda.

Muitos apontam a derrota de Sanchez, a uma péssima estratégia de seus treinadores para a luta.

O retorno aos Meio-Médios[editar | editar código-fonte]

Após a derrota para Penn, Sanchez afirmou que ele estará voltando a lutar pelos meio-médios. Sanchez confirmou via Twitter que sua próxima luta será contra John Hathaway no UFC 114, pelos meio-médios. No primeiro round da luta, Hathaway pegou Sanchez com uma joelhada na cabeça, quando Sanchez tentou uma queda, Hathaway em seguida, o dominou com ground and pound. O resto da luta, Hathaway foi muito superior tanto em pé quanto no chão e acabou vencendo por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-26), essa foi a segundo derrota consecutiva de Sanchez. Sanchez voltaria a entrar no octógono do UFC em 23 de Outubro de 2010, no UFC 121, contra Paulo Thiago. Na luta, Sanchez começou a luta muito lento, sendo pior no jogo em pé e também não foi eficaz nas tentativas de queda, Paulo venceu o primeiro round. No segundo e terceiro round, Sanchez conseguiu derrubar Paulo que conseguiu uma raspada e algumas posições de Finalização porém defendidas por Sanchez que acabou virando a luta e vencendo por decisão unânime. O próximo adversário de Sanchez será o dinamarquês Martin Kampmann no UFC: on Versus 3 em 3 de Março de 2011.[1] O combate começou com uma grande vantagem para Kampmann na luta em pé, já que ele se aproveitava de seu maior envergadura, dessa maneira os jabs entravam facilmente no rosto de Sanchez, que por sua vez tentava a queda toda hora. No segundo round, o rosto de Sanchez já estava cortado pelos jabs do dinamarquês, porém Sanchez no meio do round partiu para o tudo ou nada na trocação encurtando a distância e acertando Kampmann várias vezes. No último, Sanchez voltou com sua estratégia de caminhar para frente e tomar a iniciativa do combate. Sanchez acabou vencendo por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28) em uma incrível virada e ainda faturou o prêmio de "Luta da Noite".[2]

Cartel no MMA[editar | editar código-fonte]

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Irlanda do Norte Norman Parke UFC 180: Velasquez vs. Werdum 15/11/2014 México Cidade do México
Vitória 25-7 Inglaterra Ross Pearson Decisão (dividida) UFC Fight Night: Henderson vs. Khabilov 07/06/2014 3 5:00 Estados Unidos Albuquerque, New Mexico
Derrota 24-7 Estados Unidos Myles Jury Decisão (unânime) UFC 171: Hendricks vs. Lawler 15/03/2014 3 5:00 Estados Unidos Dallas, Texas
Derrota 24-6 Estados Unidos Gilbert Melendez Decisão (unânime) UFC 166: Velasquez vs. dos Santos III 19/10/2013 3 5:00 Estados Unidos Houston, Texas Luta da Noite.
Vitória 24-5 Japão Takanori Gomi Decisão (dividida) UFC on Fuel TV: Silva vs. Stann 02/03/2013 3 5:00 Japão Saitama Retorno ao Peso Leve
Derrota 23-5 Estados Unidos Jake Ellenberger Decisão (unânime) UFC on Fuel TV: Sanchez vs. Ellenberger 15/02/2012 3 5:00 Estados Unidos Omaha, Nebraska Luta da Noite
Vitória 23-4 Dinamarca Martin Kampmann Decisão (unânime) UFC Live: Sanchez vs. Kampmann 03/03/2011 3 5:00 Estados Unidos Anaheim, California Luta da Noite
Vitória 22–4 Brasil Paulo Thiago Decisão (unânime) UFC 121: Lesnar vs. Velasquez 23/10/2010 3 5:00 Estados Unidos Anaheim, California Luta da Noite
Derrota 21–4 Inglaterra John Hathaway Decisão (unânime) UFC 114: Rampage vs. Evans 29/05/2010 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Retornou ao Peso Meio Médio
Derrota 21–3 Estados Unidos BJ Penn Nocaute Técnico (corte) UFC 107: Penn vs. Sanchez 12/12/2009 5 2:37 Estados Unidos Memphis, Tennessee Pelo Cinturão Peso Leve do UFC
Vitória 21–2 Estados Unidos Clay Guida Decisão (dividida) The Ultimate Fighter 9 Finale 20/06/2009 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Luta da Noite; Luta do Ano(2009)
Vitória 20–2 Estados Unidos Joe Stevenson Decisão (unânime) UFC 95: Sanchez vs. Stevenson 21/02/2009 3 5:00 Inglaterra Londres, Inglaterra Estreia no Peso Leve; Luta da Noite
Vitória 19–2 Estados Unidos Luigi Fioravanti Nocaute Técnico (golpes) The Ultimate Fighter 7 Finale 21/06/2008 3 4:07 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 18–2 Suécia David Bielkheden Finalização (golpes) UFC 82: Pride of a Champion 01/04/2008 1 4:43 Estados Unidos Columbus, Ohio
Derrota 17–2 Estados Unidos Jon Fitch Decisão (dividida) UFC 76: Knockout 22/09/2007 3 5:00 Estados Unidos Anaheim, California
Derrota 17–1 Estados Unidos Josh Koscheck Decisão (unânime) UFC 69: Shootout 17/04/2007 3 5:00 Estados Unidos Houston, Texas
Vitória 17–0 Estados Unidos Joe Riggs Nocaute (joelhada) UFC Fight Night: Sanchez vs. Riggs 13/12/2006 1 1:45 Estados Unidos San Diego, California
Vitória 16–0 Arménia Karo Parisyan Decisão (unânime) UFC Fight Night 6 17/08/2006 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Luta da Noite; Luta do Ano (2006)
Vitória 15–0 Canadá John Alessio Decisão (unânime) UFC 60: Hughes vs. Gracie 27/05/2006 3 5:00 Estados Unidos Los Angeles, California
Vitória 14–0 Estados Unidos Nick Diaz Decisão (unânime) The Ultimate Fighter 2 Finale 05/11/2005 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 13–0 Estados Unidos Brian Gassaway Finalização (golpes) UFC 54: Boiling Point 20/08/2005 2 1:56 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 12–0 Estados Unidos Kenny Florian Nocaute Técnico (golpes) The Ultimate Fighter 1 Finale 09/04/2005 1 2:46 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Ganhou o The Ultimate Fighter no Peso Médio
Vitória 11–0 Brasil Jorge Santiago Decisão (unânime) King of the Cage 36 12/06/2004 3 5:00 Estados Unidos San Jacinto, California Ganhou Título Meio Médio do King of the Cage
Vitória 10–0 Estados Unidos Ray Elbe Finalização (golpes) King of the Cage 35 15/05/2004 1 1:07 Estados Unidos Albuquerque, New Mexico
Vitória 9–0 Estados Unidos Travis Beachler Nocaute Técnico Pride of Albuquerque 10/04/2004 3 0:35 Estados Unidos Albuquerque, New Mexico
Vitória 8–0 Estados Unidos Cruz Chacon Finalização Independent Event 28/02/2004 N/A N/A Estados Unidos New Mexico
Vitória 7–0 Estados Unidos John Cronk Finalização (kimura) King of the Cage 26 03/08/2003 2 1:30 Estados Unidos Las Cruces, New Mexico
Vitória 6–0 Estados Unidos Rene Kronvold Finalização (chave de braço) King of the Cage 24 14/06/2003 1 3:39 Estados Unidos Albuquerque, New Mexico
Vitória 5–0 Estados Unidos Mike Guymon Finalização (chave de braço) King of the Cage 23 16/05/2003 1 4:57 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 4–0 Estados Unidos Jake Short Nocaute Técnico (golpes) King of the Cage 21 21/02/2003 1 2:34 Estados Unidos Albuquerque, New Mexico
Vitória 3–0 Estados Unidos Shannon Ritch Finazação (mata leão) King of the Cage 20 15/12/2002 1 1:01 Estados Unidos Bernalillo, New Mexico
Vitória 2–0 México Jesus Sanchez Nocaute Técnico Aztec Challenge 1 06/09/2002 1 N/A México Ciudad Juárez, Chihuahua
Vitória 1–0 Estados Unidos Michael Johnson Finalização (mata leão) Ring of Fire 5: Predators 21/06/2002 N/A N/A Estados Unidos Colorado

Referências[editar | editar código-fonte]

[3] [4]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]