Dietrich Tiedemann

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dietrich Tiedemann
Nascimento 1748
Bremervörde  Alemanha
Morte 1803 (55 anos)
 Alemanha
Nacionalidade alemão
Ocupação filósofo

Dietrich Tiedemann (17481803) foi um filósofo alemão, natural de Bremervörde.

Ele era um estudante da Universidade de Göttingen, posteriormente foi professor do Collegium Carolinum em Kassel (1776) e da Universidade de Marburg (1786). Ele era pai do fisiologista Friedrich Tiedemann (1781-1861).

Tiedemann foi o autor dos seis volumes de Geist der spekulativen Philosophie von Thales bis Berkeley (O Espírito da Filosofia especulativa de Tales a Berkeley). Tiedemann tinha fortes divergências sobre a crença filosófica de Immanuel Kant(1724-1804), da qual ele criticava nas duas publicações, "On the Nature of Metaphysics: An Examination of Professor Kant's Principles-Against the Aesthetic" e "Continuation of the Examination of Professor Kant's Thoughts About the Nature of Metaphysics-Against the Analytic". Kant rejeitou os argumentos de Tiedemann dizendo que estes foram causados por uma falta de compreensão.

Tiedemann foi um pioneiro da psicologia empírica e um praticante precoce sobre o estudo científico do desenvolvimento infantil. Ele escreveu um registro completo do comportamento sensorial, motor e de linguagem durante os primeiros trinta meses da vida de seu filho. Através de suas observações empíricas ele alegou que a criança possui um "pré-conhecimento lingüístico".

Publicações selecionadas[editar | editar código-fonte]

  • Versuch einer Erklärung des Ursprunges der Sprache (1772)
  • System der stoischen Philosophie, three volumes (1776)
  • Über die Natur der Metaphysick, zur Prüfung von Herrn Prof. Kants Grundsätzen (1785)
  • Geist der spekulativen Philosophie von Thales bis Berkeley (1791-97)
  • Theätet; oder, Über das menschliche Wissen; ein Beitrag zur Vernunft-Kritik (1794)
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.