Diff'rent Strokes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Diff'rent Strokes
Diff'rent Strokes
Arnold (PT)
Branco & Negro (Retro Channel) / Minha Família é uma Bagunça (Nickelodeon) / Arnold (SBT) (BR)
Diff`rent Strokes
Arnold, Sr. Drummond, Sr. Garrett, Willis, Kimberlli, estão todos sentados no sofá, pego na nova abertura.
Informação geral
Formato Sitcom
Gênero Comédia
Duração 22 Minutos (sem comerciais)
Criador(es) Jeff Harris
Bernie Kukoff
País de origem  Estados Unidos
Idioma original (em inglês)
Produção
Diretor(es) Heberth Kenwith (1ª temp.)
Gerren Keith
Produtor(es) Howard Leeds (1ª temp.)
Heberth Kenwith (1ª temp.)
Martin Cohan (1-6ª temp.)
Ben Starr (2-4ª temp.)
Bruce Taylor (7ª temp.)
Al Aidekman (8ª temp.)
Richard Gurman (8ª temp.)
Executivos:
Budd Grossman (1ª temp.)
Howard Leeds (2-6ª temp.)
Blake Hunter (5-7ª temp.)
Martin Cohan (7ª temp.)
Bob Brunner (8ª temp.)
Ken Hecht (8ª temp.)
Elenco Conrad Bain
Gary Coleman
Todd Bridges
Dana Plato
Charlotte Rae
Mary Jo Catlett
Danny Cooksey
Dixie Carter
Mary Ann Mobley
Nedra Volz
Tema de abertura "It's Takes Diff'rent Strokes", Gloria Loring & Al Burton
(interpretado por Alan Thicke)
Exibição
Emissora de
televisão original
Estados Unidos NBC (1978-1985)
Estados Unidos ABC (1985-1986)NickSBT
Formato de exibição 480i (SDTV)
Transmissão original 3 de novembro de 1978 - 7 de março de 1986
Nº de temporadas 8
Nº de episódios 189 (lista de episódios)
Cronologia
Programas relacionados The Facts of Life
Hello, Larry
Silver Spoons

Diff'rent Strokes (no Brasil, Branco & Negro no Retro Channel, Minha Família é uma Bagunça na Nickelodeon e Arnold no SBT), foi uma sitcom norte-americana que foi exibida de 1978 a 1985 no canal NBC, e de 1985 a 1986 no canal ABC.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Esta comédia é estrelada por Gary Coleman como Arnold Jackson e Todd Bridges como o seu irmão mais velho, Willis Jackson. Eles são duas crianças negras de uma região pobre no Harlem cuja mãe falecida trabalhou previamente para um viúvo rico branco, Phillip Drummond (Conrad Bain), que acabou por adotá-los. Eles vão morar em um apartamento em uma cobertura localizada na Park Avenue com Drummond, com sua filha Kimberly (Dana Plato), e sua empregada que no momento era Edna Garett (Charlotte Rae).

Abordagens[editar | editar código-fonte]

Elenco e dubladores brasileiros[editar | editar código-fonte]

Estúdio: Herbert Richers, Rio de Janeiro

Conrad Bain interpretou Phillip Drummond
Gary Coleman interpretou Arnold
Todd Bridges interpretou Willy
Charlotte Rae interpretou Edna Garrett
Nedra Volz interpretou Adelaide
Dixie Carter interpretou Maggie na 1ªversão
Janet Jackson interpretou Charlene
Dody Goodman interpretou Sophia
Principais
Secundários
  • Charlene DuPrey interpretada por Janet Jackson e dublada por Ana Paula Martins
  • Sophia Drummond interpretada por Dody Goodman e dublada por Vânia Alexandre
  • Miss Chung interpretada por Rosalind Chao e dublada por Guilene Conte
  • Dudley Ramsey interpretado por Shavar Ross e dublado por Fabricio Vila Verde
  • Lisa Hayes interpretada por Nikki Swasey e dublada por Ana Rita Cequeira
  • Tootie Ramsey interpretado por Kim Fields e dublado por Adriana Torres / Hannah Butel
Participações Especiais
  • Larry Alder interpretado por McLean Stevenson e dublado por Luiz Carlos Persy
  • Morgan Winslow interpretada por Joanna Gleason e dublada por Rita Lopes
  • Ruthie Alder interpretada por Kim Richards e dublada por Flávia Saddy
  • Diane Alder interpretada por Krista Errickson e dublada por Mariana Torres
  • Larry interpretado por Andrew Dice Clay e dublado por Fred Mascarenhas
  • Muhammad Ali interpretado por ele mesmo e dublado por Marcos Souza

Coadjuvantes[editar | editar código-fonte]

Fora da casa Drummond, havia um grande número de personagens coadjuvantes visto ao longo dos anos. A irmã de Phillip era Sophia (Dody Goodman) e regularmente foi vista na 4º Temporada, jogando o matchmaker para seu irmão na esperança de conseguir que Phillip se casasse novamente. Nenhuma das mulheres que ela arrumou para ele durou. Dudley Ramsey (Shavar Ross) mostrou-se como novo melhor amigo de Arnold esse ano (apesar de que Dudley fei primeira aparição foi no episódio "The Teacher's Pet", na 2ª temporada), com quem compartilhou muitos momentos de uma infância memorável. Algumas dessas histórias eram importantes ou graves no âmbito de "episódios muitos especiais", que popularizou Diff'rent Strokes. Ted Ramsey (Le Tari) foi pai adotivo de Dudley, que apareceu ocasionalmente. Na 4º Temporada, Charlene DuPrey (Janet Jackson) "ficou firme" com Willis. Enquanto ela era apenas um membro do elenco regular na 4º Temporada, Janet Jackson continuou a fazer aparições especiais até o final da 6º Temporada, quando Charlene e Willis decidiram terminar. Outros colegas e amigos de Arnold foram vistos ao longo do tempo, como Robbie Jason (Steven Mond) e Lisa Hayes (Nikki Swasey), que não era doce com Arnold. a Srta. Chung (Rosalind Chao) foi professora Arnold por um ano. No outono de 1985, quando a série se mudou para a ABC, Arnold, Dudley e Lisa entraram em outro colégio, onde ganhou um novo amigo de Charlie (Jason Hervey).

Temporadas 1-6[editar | editar código-fonte]

Houve três empregadas durante a execução do programa: Edna Garret (Charlotte Rae), Adelaide Brubaker (Nedra Volz) e Pearl Gallagher (Mary Jo Catlett). Eles viviam na Park Avenue, em Nova York. Arnold Jackson (Gary Coleman) popularizou o bordão "Que papo é esse Willis ?" Na 1 ª Temporada, Charlotte Rae apareceu em cada episódio como Edna Garrett, mas ela se afastou parcialmente para mostrar através da segunda temporada a estreia de seu spin-off, The Facts of Life. Depois da partida de Charlotte Rae, Nedra Volz assumiu como a governanta, Adelaide Brubaker. Embora ela não fizesse parte do elenco oficial da 2º Temporada, e nem aparecesse na abertura do seriado,Nedra Volz apareceu várias vezes.

Na 5 ª temporada, Mary Jo Catlett interpreta Pearl Gallagher, a última das três empregadas domésticas, e se juntou ao elenco da série, aparecendo na abertura. Mary Jo Catlett apareceu em quase todos os episódios até a temporada . No meio da 6º Temporada, Dana Plato ficou grávida e contatou os produtores do show para incluir a sua gravidez. Inicialmente, eles concordaram em adicioná-lo, mas depois mudaram de idéia, resultando em sua expulsão da série. Dana Plato, foi escrita fora do enredo com a explicação de que ela se mudou para Paris para estudar no exterior por um par de anos. Dana Plato não aparece como uma personagem da série regular, nas duas últimas temporadas da série, mas ela fez aparições ocasionais. Ao mesmo tempo, a audiência começou a cair, assim que novos personagens foram adicionados para abrir storylines futuros. Dixie Carter e Danny Cooksey. Eles interpretavam uma mulher que recentemente haiva se divorciado. Ela era instrutora de aeróbica na televisão. Margaret "Maggie" McKinney, e seu filho, Sam McKinney. Os McKinney fizeram sua estréia em fevereiro de 1984, durante um especial de duas partes (Episódio "Hooray for Hollywood": A família de Drummond vai à Hollywood atrás da Maggie. Philip e Maggie desenvolvem interesse em si. Procurando uma nova vida, bem como um novo amor, Maggie, com Sam no "reboque", chegou em casa com o Drummond, e começou um caso com Philip. Na semana seguinte, no final da sexta temporada, Phillip e Maggie estava casados. No episódio do casamento, foram convidados os atores que anteriormente haviam participado da série:Charlotte Rae, Dody Goodman e Nedra Volz aparecem no casamento.

Temporada 7[editar | editar código-fonte]

Na 7º Temporada, Dixie Carter e Danny Cooksey foram adicionados aos créditos de abertura (com Carter recebendo especial "E Dixie Carter como Maggie"), E novas idéias foram exploradas nas histórias, com os espectadores agora vendo como Phillip era um marido feliz no casamento. Além disso, uma vez que houve um novo garoto novo na casa, Sam, Arnold já tinha o seu próprio pequeno ajudante. As classificações, infelizmente, não tiveram tanto quanto a NBC esperava. Dixie Carter saiu da série no final da 7º Temporada.

Temporada 8[editar | editar código-fonte]

Na primavera de 1985, a NBC cancelou a série, devido à baixa audiência. No entanto, Diff´rent Strokes recebeu uma suspensão da execução, com a ABC pegando a série para produzir uma 8º Temporada. No que acabou por ser a última temporada, Mary Ann Mobley substituiu Dixie Carter como a nova Maggie McKinney Drummond, a ABC exibiu o show nas noites de sexta-feira. A ABC cancelou a série após 19 episódios, e seu último episódio foi exibido em 7 de março. O show voltou à programação da ABC, em junho, para dois meses de reprises de verão, que terminou em 30 de agosto de 1986.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Spin-off e crossovers[editar | editar código-fonte]

Como resultado do sucesso da noite para o dia de Diff'rent Strokes, a NBC teve uma empobrecida e encomendou outro novo seriado à Tandem Productions para por em sua programação. Seu nome: Hello, Larry, que havia uma conexão com Diff'rent Strokes através de um episódio crossover de uma hora. Neste episódioespicial de uma hora ( "A Viagem", exibido em 30 de março de 1979), foi explicado que Phillip Drummond tinha um amigo e ex-companheiro de exército Larry Alder (McLean Stevenson), em Portland, Oregon. Ele era apresentador de rádio que era o personagem-título em Hello, Larry. O episódio centrado em torno de Phillip e sua família, voando para Portland para visitar Larry e seus filhos, especialmente para que os dois homens poderiam relembrar dos velhos tempos. Phillip acaba de comprar a estação de rádio que Larry trabalha, a fim de evitar uma gestão conturbada de cortar show de Larry. Todos os personagens principais em Hello, Larry apareceram neste episódio, e alguns de seus escritores e produtores contribuíram para a história do crossover. Os amigos e os colegas de rádio Larry iriam passar a aparecer em mais dois episódios crossover especiais de uma hora com Diff'rent Strokes: "A grande Rixa" (exibido 26 de outubro de 1979) e "Traição de ação de graças"(exibido em 9 de janeiro de 1980). Feito o que parecia uma maneira infalível de gerar resultados grandes de audiência para Hello, Larry, os crossovers entre as duas séries fizeram pouco para garantir o sucesso a longo prazo, após duas temporadas, Hello, Larry foi cancelado.

Diff'rent Strokes Também já fez um Crossover com a Série Silver Spoons.

O sitcom "The Facts of Life" (1979 - 1988) foi um spin-off da Diff'rent Strokes, envolvendo ex-empregada dos Drummond, a Sra. Garrett, como agovernanta de um dormitório de uma escola de garotas privado, East Lake Academy. A série foi introduzida no primeiro episódio da 2ª temporada de Diff'rent Strokes "The School Girls". Havia um número de alterações feitas para a série real, incluindo o nome da escola, que se tornou Academia Eastland e Kimberly (destaque no "The School Girls", como um aluna) não apareceu no spin-off. Além disso, Charlotte Rae foi teve a garantia de que ela poderia voltar a Diff'rent Strokes, se a nova série falhasse. Quando The Facts of Life provou ser um sucesso, um número de seus personagens fizeram aparições em Diff'rent Strokes.

Posição no Ranking[editar | editar código-fonte]

Diff'rent Strokes esteve nas seguintes posições do ranking americano de séries:

  • 1978–1979 (1ª Temporada): 27º de 85 seriados
  • 1979–1980 (2ª Temporada): 26º de 85 seriados
  • 1980–1981 (3ª Temporada): 17º de 85 seriados
  • 1981–1982 (4ª Temporada): 36º de 85 seriados
  • 1982–1983 (5ª Temporada): 32º de 85 seriados
  • 1983-1984 (6ª Temporada): 40º de 85 seriados
  • 1984–1985 (7ª Temporada): 43º de 85 seriados
  • 1985–1986 (8ª Temporada): 75º de 85 seriados

Problemas dos atores e atrizes após o Show[editar | editar código-fonte]

Três das crianças estrelas acabaram tendo problemas após que o show terminou. Dana Plato passou a posar para a Playboy pois ela estava indo a decadência, e também apareceu em filmes softcore e chegou a protagonizar algumas peças teatrais mais não foi suficiente para que sua carreira decolasse. Ela foi presa duas vezes (uma vez por assalto à mão armada, outra vez por falsificar uma prescrição para o remédio Valium). em 1999 ela teria se dopado com remédios e drogas que a- levou a morte.

Todd Bridges foi preso em 1994, depois de alegadamente roubar o carro BMW de alguém após uma discussão. Ele também tinha problemas com drogas ilegais há vários anos. Desde então, tem viajado por todo o E.U.A., para discutir os perigos do uso de drogas. Ele também Co-Estrelou como convidado regular em Everybody Hates Chris como Monk, um veterano militar do Vietnã , sobrinho do chefe do Chris, Doc.

Atestado de óbito de Dana Plato (Clique para ampliar)

Em 1989, Gary Coleman processou seus pais e seu ex-empresário por apropriação indevida de sua aposentadoria. Embora ele foi premiado com mais de $ 1.000.000 na decisão, ele declarou falência em 1999. Coleman foi acusado de agressão em 1998, depois ele socou uma mulher enquanto ele estava trabalhando como segurança em um shopping center. Em 2001, Coleman (ainda a trabalhar como guarda de segurança) foi filmado tentando parar um veículo de entrar no shopping. O motorista ridicularizou-o, e lançou a fita para ser difundida em numerosos programas de televisão. Em 2007, Coleman foi citado por conduta desordeira em Provo, Utah, por ter uma discussão "aquecida" com uma mulher. Coleman faleceu em 28 de maio de 2010 aos 42 anos devido a uma hemorragia intracraniana.

Aparições dos astros da série após o Show[editar | editar código-fonte]

Em 1996, Gary Coleman e Conrad Bain fizeram seu papel em Diff'rent Strokes para o final da série The Fresh Prince of Bel-Air (Um maluco no Pedaço), episódio intitulado "Eu, Feito Parte 2". Em sua cena, eles fazem referência ao Willis pelo seu nome antes de encontrarem o personagem de Will Smith, levando a Coleman a fazer uma variação do seu slogan, "What'chu talkin 'about, Will?"(Que papo é esse, Will?). Além disso, em 1994, Coleman apareceu em um episódio de Married ... with Children, interpretando um inspetor de código de construção que Al Bundy chama para relatar uma garagem clandestina. Quando Kelly reconhece, ele nega qualquer ligação com Arnold Jackson, mas expressa o seu slogan para Al, "What'chu talkin 'about, Bundy?"(Que papo é esse, Bundy?). Gary também fez uma pequena aparição em dois episódios da série My Wife and Kids (Eu, a Patroa e as Crianças, no Brasil), onde seu nome era mencionado no sonho de Michael Kyle (personagem de Damon Wayans): "Kady será baixinha e bonitinha pra sempre, assim como Gary Coleman" e em outro onde é carregado por Shaquille O'Neal e também é citado no seriado Everybody Hates Chris (Todo mundo odeia o Chris no Brasil) no episódio em que o protagonista da série ouve e conta piadas.´A Sua última aparição em seriados foi na série "Drake e Josh" (Também exibido pelo canal Nickelodeon), no episódio "The Gary Coleman Grill".

Episódios especiais[editar | editar código-fonte]

Diff'rent Strokes também era conhecido por seus muitos "episódios muito especiais", mais notavelmente um episódio antidrogas( "O Repórter", na 5ª Temporada) que apresentou então primeira-dama Nancy Reagan, que promoveu a sua campanha "Só diga não" (Just Says No), e um episódio em que fez participações Gordon Jump como um dono de uma loja bicicletas pedófilo, que tentou molestar sexualmente Arnold e Dudley. O episódio de abuso sexual foi feito para trazer o crime de abuso de crianças (e os seus sinais de alerta), mais aos olhos do público.

A ex-primeira-dama americana Nancy Reagan em um episódio de Diff'rent Strokes

Outros episódios especiais:

  • Arnold e Willis sendo rejeitados pela velha escola de preparação do Drummond porque não satisfaziam os critérios do vestibular
  • Um artista (interpretado por Whitman Mayo) coloca-se como um parente do Arnold e Willis, numa tentativa de obter acesso à herança que para eles foram deixados por um antigo vizinho
  • Kimberly tem novo amor Roger (que acaba por ser racista) não permitindo que sua irmã ir ao baile à fantasia da sua escola com Willis por causa de sua cor.

Em outro episódio sobre os perigos do carona, Kimberly e Arnold foram raptados por um homem enlouquecido (interpretado por Woody Eney), que inicialmente se mostrou como um "Bom Samaritano", e um cara muito legal, dando os dois um passeio, e convidando-los para ir ao seu apartamento. No final desse episódio, Conrad Bain disse estas palavras como um anúncio do serviço público, "Se você souber de um caso de agressão sexual ou uma tentativa de agressão sexual, entre em contato com sua agência de policia local ou instalações de emergência médica".

Na última temporada (quando o show se mudou da NBC para a ABC),Um episódio especial de uma hora girava em torno de Sam ser seqüestrado por um pai em luto (interpretado por Royce D. Applegate) para substituir o seu próprio filho morto. Em outro episódio, a família descobriu que Kimberly estava sofrendo de bulimia depois de testemunhar ela comendo um bolo inteiro e em seguida, ir ao banheiro para vomitar.

Outro episódio muito especial tratando de Arnold e Sam reunindo uma artista de rua. Depois de um desempenho, ela tem uma crise epiléptica, e Sam fica com medo e pensa que ela está morrendo. Os meninos se sentem desconfortáveis em torno de Karen, o artista, e quando eles estão a fazer piadas sobre Karen, eles descobrem que a governanta Pearl também tem epilepsia, mas, ao contrário de Karen, tem controle de suas crises tomando medicamentos.

Docudrama[editar | editar código-fonte]

Em 4 de setembro de 2006, a NBC exibiu um docudrama intitulado Behind the Camera: The Unauthorized Story of Diff'rent Strokes. O filme, que narra a ascensão e queda das estrelas da comédia, também apresenta entrevistas recentes com o Coleman e Bridges. Os dois também estrelam o filme brevemente na cena final, ambos de pé diante do túmulo da atriz Dana Plato, que se suicidou tragicamente em maio de 1999.

Nomes pelo mundo[editar | editar código-fonte]

País Nome
Espanha Espanha Arnold
Brasil Brasil Branco & Negro (2005 no Retro Channel)
Minha Família é uma Bagunça (2006-2007 na Nickelodeon)
Arnold (2009-presente no SBT)
Portugal Portugal Arnold
França França Arnold et Willy (Tradução: Arnold e Willis)
Venezuela Venezuela Arnold el travieso (Tradução: Arnold, O Travesso)
Argentina Argentina Blanco y Negro (Tradução: Preto e Branco)
México México Blanco y Negro
Costa Rica Costa Rica Blanco y Negro
Guatemala Guatemala Blanco y Negro
Itália Itália Harlem contro Manhattan (1980-81), Il mio Amico Arnold (1981-1986), Arnold (depois de 1988) (Tradução: Harlem contra Manhattan, Meu amigo Arnold)
Bélgica Bélgica Arnold (70-80s na BRT), Diff'rent Strokes (2009-2010 na VTM)
Flag of Alemanha Alemanha Noch Fragen Arnold? (Tradução: Mais perguntas Arnold?)
Japão Japão アーノルド坊やは人気者 (Arnold boya wa ninkimono) (Tradução: o pequeno Arnold é um garoto popular)
Flag of República da China Taiwan 小淘氣

(Tradução: Pequeno Garoto)

Israel Israel על טעם ועל רי (On taste and smell) (Tradução: No gosto e cheiro)

.

Episódios[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

Local das Filmagens[editar | editar código-fonte]

1º Local das Filmagens (Metromedia Square)
2º Local das Filmagens (Universal Studios)

Prêmios[editar | editar código-fonte]

A série ganhou 2 prêmios e recebeu 30 indicações

Ano Resultado Prêmio Categoria Indicado(s)
1983 Vencedor Young Artist Award Melhor Ator Infantil Gary Coleman
1981 Vencedor Young Artist Award Melhor Ator Infantil Gary Coleman

DVDs[editar | editar código-fonte]

A Sony Pictures lançou Dvds do seriado Diff'rent Strokes.

DVD Ep# Datas de Lançamento
Região 1 Região 2 Região 4
The Complete First Season 24 14 de Setembro de 2004 6 de Outubro de 2008 22 de Novembro de 2006
The Complete Second Season 26 31 de Janeiro de 2006 - 4 de Novembro de 2008
Seleção dos Fãs 8 29 de Setembro de 2009 - -

Ligações externas[editar | editar código-fonte]