Dinastia Ângelo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A dinastia Ângelo (Angeloi em grego) de imperadores governou de 1185 até 1204 o Império Bizantino. Sucedeu à dinastia Comneno. Os ângelos eram uma família nobre.

Neste período o fato mais significativo foi a Segunda Cruzada (1191), na qual foi conquistado São João de Acre. Durante a Quarta Cruzada (1204) os latinos, em lugar de se dirigirem a Terra Santa, invadiram e saquearam Constantinopla, depondo o último imperador ângelo.

Imperador Reinado Notas
Dinastia dos Ducas
Isaac II Ângelo 1185-1195 e 1203-1204 Tataraneto de Aleixo I, destronou Andrônico, e foi pela sua vez destituído pelo seu irmão
Aleixo III Ângelo 1195-1203 Irmão de Isaac II, a quem destronou
Aleixo IV Ângelo 1203-1204 Filho de Isaac II, sendo ambos destituídos pelos cruzados.
Nicolau I Canabos 1204 Imperador por onze dias
Aleixo V Ducas 1204 Casou-se com Eudóxia, filha de Aleixo III

Referências[editar | editar código-fonte]

Referências