Dineína

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde Abril de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Complexo de dineina.

As dineinas são proteínas motoras formadas em geral por duas cadeias pesadas de 470-540 kDa, e várias outras cadeias pequenas e médias que somam mais de 1000 kDa. A cadeia pesada forma as cabeças que são núcleos catalíticos de ATP (ATPase) que podem acoplar a microtúbulos. As outras cadeias formam a cauda que pode se ligar a estruturas que serão transportadas. As dineinas, ao contrário das cinesinas movem no sentido axonal retrógrado de um microtúbulo.

Podem ser de dois tipos: citoplasmático e axonemal. No citoplasma eles atuam na movimentação e organização de vesículas, cromossomos e estruturas como o aparelho de Golgi.

Por exemplo, podem puxar o aparelho de Golgi no sentido interior da célula ao longo dos microtúbulos. Quando células são tratadas com colchicina, os microtúbulos se desmembram, e no caso o aparelho de Golgi se fragmenta em pequenas vesículas. Porém se a droga é removida e os microtúbulos se reformam, o aparelho de Golgi retorna a posição normal através do transporte pelas dineinas.

As dineinas axonemais dizem respeito as que atuam em cílios e flagelos. Cílios são estruturas semelhantes a pelos que se estendem sobre a superfície de algumas células eucarióticas. Cada cílio contém no seu interior filamentos de microtúbulos. A função do cílio é mover fluidos sobre as células ou mover as células sobre fluidos, a fim de captura de alimentos ou locomoção. Seus movimentos são similares ao movimento unidirecionais. Flagelos são semelhantes a cílios, porém têm um maior comprimento, e são usados com finalidade locomotora. Seus movimentos são iguais ao de um chicote.

Microtúbulos em cílios e flagelos são um pouco diferente daqueles encontrados no citoplasma: eles estão arranjados em uma forma distinta em que nove doublets de microtúbulos encontram se em um anel em volta de um par de microtúbulos. Cada doublet possui duas estruturas de dineina acopladas pela cauda e com as cabeças livres que podem ligar a microtúbulos adjacentes, movimentando-se sobre elas, causando o deslizamento dos microtúbulos, logo o movimento dos cílios e flagelos.

Essa estrutura de nove doublets e um par de microtúbulos é comum a quase todos os cílios e flagelos de protozoários a humanos.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Biologia celular é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.