Dinka

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dinka
População total

1.500.000 pessoas

Regiões com população significativa
Sudão do Sul 2.730.000
Chade 390.000
Niger 6.000
Líbia 23.600
Línguas
Língua dinka
Religiões
maioria cristã minoria islâmica animismo
Grupos étnicos relacionados
Nilotas

Os dinkas (em dinka: sn.muonyjang , pl.jieng) são um grupo étnico do Sudão do Sul, habitando a região do Bahr al-Ghazal, Junqali e partes do Cordofão do Sul e do Alto Nilo. São majoritariamente um povo agropastoril. Praticam o pastoreio de gado em campos ribeirinhos durante a estação seca e criam milheto e outras variedades de grãos em acampamentos fixos, durante a estação das chuvas. Estima-se que a população total esteja por volta dos 2 milhões de pessoas, constituindo cerca de 20% da população do país. [1] São o maior grupo étnico do Sudão do Sul.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Dinka. Fotos de Carol Beckwith e Angela Fisher.


Ícone de esboço Este artigo sobre etnologia ou grupos étnicos é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.