Diocese de Alessandria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Diocese de Alessandria
Diœcesis Alexandrina Statiellorum
Localização
País Itália
Arquidiocese Metropolitana Arquidiocese de Vercelli
Estatísticas
Área 753 km²
Informação
Rito Romano
Criação da Diocese 1175
Padroeiro Nossa Senhora da Sálve
Governo da Diocese
Bispo Josè Versaldi
Jurisdição diocese
Contactos
Endereço Via Vescovado,1 - 15100 Alessandria, Itália. 11
Página Oficial www.diocesialessandria.it
E-mail info@diocesialessandria.it

A Diocese de Alessandria (da Paglia) (Dioecesis Alexandrina Statiellorum) é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica na Itália, pertencente à Província Eclesiástica de Turim e à Conferenza Episcopale Italiana, sendo sufragânea da Arquidiocese de Vercelli.

A episcopal está no Duomo de Alessandria, na Região do Piemonte.

Território[editar | editar código-fonte]

Em 2004 contava 150.100 batizados, numa população de 156.200 habitantes. As paróquias da diocese são 75. O território é dividido em 9 zonas pastorais:

  • Alessandria Centro
  • Alessandria Cristo
  • Alessandria Periferìa
  • Bormida
  • Fraschetta
  • Marengo
  • Orba
  • Valenza Po
  • Tanaro

História[editar | editar código-fonte]

A Diocese foi erguida em 1175 por Papa Alexandre III, e lhe foi dedicada a cidade. A área era, praticamente, como a atual.

Em 1213 a diocese foi suprimida. Depois de várias administrações, foi restabelecida, em 1405 por Papa Inocêncio VII.

Em 1803 foi novamente suprimida, sendo parte da Diocese de Casale Monferrato. Foi restabelecida em 17 de julho 1817 como sufragante da Arquidiocese de Vercelli. Foi Sé vacante de 1854 até 1867.

Nossa Senhora da Sálve[editar | editar código-fonte]

O titulo original era Nossa Senhora do espasmo, que foi trocado em Nossa Senhora da Sálve depois de 24 de abril 1849; a lenda diz que naquele dia a estatua de Nossa Senhora, durante a festa de São Jorge, começou suar e todos os que faziam pedido recebiam graças por ela.

Santos e Beatos da Diocese[editar | editar código-fonte]

  • São Baudolino, padroeiro da cidade
  • Sao Bruno de Solero
  • Sao Ugo Canefri
  • São Papa Pio V
  • São Paulo da Cruz
  • São Gregório Maria Grassi
  • Beato Gerárdo Cagnoli
  • Beato Tomás de Alessandria
  • Beato Guglielmo Zucchi
  • Beato Francisco Faà de Bruno
  • Beata Madre Teresa Grillo Michel

Foi aberto o processo da beatificação de Madre Carolina Beltrami.

Cronologia dos Bispos do seculo XX[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]