Diocese de Dourados

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Diocese de Dourados
Diœcesis Auratopolitanus
Localização
País Brasil
Arquidiocese Metropolitana Arquidiocese de Campo Grande
Estatísticas
População 485.927
Área 38.127 km²
Informação
Rito Romano
Criação da Diocese 15 de junho de 1957
Padroeiro Sagrado Coração de Jesus
Governo da Diocese
Bispo Redovino Rizzardo
Jurisdição Diocese
Contactos
Endereço Rua João Cândido Camara, 400
Página Oficial http://www.diocesedourados.com.br
E-mail diocesedourados@terra.com.br

A Diocese de Dourados (em latim: Dioecesis Auratopolitanus) é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica situada em Dourados, no estado brasileiro de Mato Grosso do Sul. Foi erguida pelo Papa São Pio X em 15 de junho de 1957, através da Bula Papal Inter Gravissima, seguindo o rito romano.

Atualmente a diocese abrange um total de 18 cidades divididos em 5 foranias. Até 1957, em todo o Estado do Mato Grosso do Sul, que naquela época fazia parte do Mato Grosso, havia uma só Diocese, a de Corumbá. Anteriormente era vinculada ao sufragânea da Arquidiocese de Cuiabá. A diocese está hoje na dependência imediata da Arquidiocese de Campo Grande (unidade arquidiocesana desmembrada de Corumbá). Desde dezembro de 2001, o bispo de Dourados é o prelado brasileiro Dom Redovino Rizzardo.

Apoiada pelas comunidades religiosas presentes em Dourados, a diocese possui uma vasta rede de serviços de assistência social e de educação. A Diocese de Dourados tem o Sagrado Coração de Jesus como padroeiro.

História[editar | editar código-fonte]

Com o crescimento demográfico das regiões de Campo Grande e Dourados, fez-se necessário a criação de novas dioceses, e o então bispo de Corumbá, Dom Orlando Chaves, tratou de encaminhar a Anunciatura do Brasil e, por esta, a Santa Sé, o projeto de duas novas dioceses para atenderem as respectivas cidades a serem desmembrados da de Corumbá.

Após longas analises referentes aos mencionados projetos, foram estes aprovados pela Santa Sé, e no dia 15 de junho de 1957 criou-se as Dioceses de Campo Grande e Dourados. Foi nomeado, em 23 de janeiro de 1958, o primeiro Bispo de Dourados o Monsenhor José de Aquino Pereira, do clero secular da Diocese de São Carlos (São Paulo). Em 13 de abril de 1958, na Catedral de São Carlos, Dom José de Aquino Pereira foi ordenado Bispo e em 26 de maio do mesmo ano se realizou a instalação da nova Diocese e a solene posse do seu primeiro bispo. A festa foi de um esplendor extraordinário. A posse se realizou na frente da antiga Igreja Matriz de Dourados, que se tornou, com a criação do bispado, a Pró-Catedral. O então novo bispo de Cuiabá, Dom Orlando Chaves, representou o Núncio Apostólico e deu posse a Dom José de Aquino, em presença de Dom Ladislau Paz, bispo de Corumbá, pelo clero da Diocese e muitos outros padres, autoridades e numerosa quantidade da população local.

Diocese de Naviraí[editar | editar código-fonte]

Por causa das grandes distâncias longitudinais do território abrangido pela Diocese, Dom Redovino vendo a necessidade de um melhor atendimento à todos fiéis e comunidades, enviou à Santa Sé em 2008 o pedido de criação da Diocese de Naviraí, sendo o processo foi aprovado pelo Papa Bento XVI em 2010 e anunciada a ereção da nova diocese em 1 de junho de 2011.

Bispos[editar | editar código-fonte]

Gestão Nome Congregação Período
José de Aquino Pereira Janeiro de 1958 a Março de 1960
Carlos Schmitt OFM Agosto de 1960 a Fevereiro de 1970
Teodardo Leitz OFM Novembro de 1970 a Maio de 1990
Alberto Johannes Först O.Carm. Maio de 1990 a Dezembro de 2001
Redovino Rizzardo CS Dezembro de 2001 a atualmente

Territorio[editar | editar código-fonte]

A Diocese de Dourados compreende 17 municípios do Sul do Estado de Mato Grosso do Sul, no Brasil. O território desta Diocese é subdividido em 30 paróquias - onze delas na cidade de Dourados - agrupadas em Foranias, abaixo relacionadas junto aos respectivos Forania e município:

Forania de Dourados[editar | editar código-fonte]

LESTE:

  • Nossa Senhora de Fátima
  • Santa Teresinha
  • Nossa Senhora do Carmo
  • São Pedro Apóstolo (Distrito de São Pedro)
  • Rainha dos Apóstolos
  • São Carlos

OESTE:

  • Catedral Nossa Senhora da Imaculada Conceição
  • São José Operário
  • São João Batista
  • Bom Jesus
  • Nossa Senhora Aparecida

Forania de Rio Brilhante[editar | editar código-fonte]

Rio Brilhante
  • Divino Espírito Santo
Maracaju
  • Nossa Senhora Aparecida
Nova Alvorada do Sul
  • São Cristóvão
Itaporã
  • São José
Douradina
  • Nossa Senhora Aparecida

Forania de Fátima do Sul[editar | editar código-fonte]

Fátima do Sul
  • Nossa Senhora de Fátima
Distrito de Indápolis (Dourados)
  • Nossa Senhora Auxiliadora
Vicentina
  • Nossa Senhora Rainha dos Apóstolos
Deodápolis
  • Nossa Senhora Aparecida
Glória de Dourados
  • Nossa Senhora da Glória

Forania de Ponta Porã[editar | editar código-fonte]

Ponta Porã
  • São José
  • Divino Espírito Santo
  • Jesus Misericordioso e Santa Faustina (Distrito de Itamaraty)
Antônio João
  • Nossa Senhora do Perpétuo Socorro
Aral Moreira
  • Nossa Senhora Aparecida
Laguna Caarapã
  • Cristo Rei

Forania de Amambai[editar | editar código-fonte]

Amambai
  • Nossa Senhora Auxiliadora
Caarapó
  • Senhor Bom Jesus
Coronel Sapucaia
  • Imaculada Conceição

Estatística[editar | editar código-fonte]

A diocese conta com uma população de 485.927 e contava com 353 mil católicos,[1] ou 80% do total.

Procissões[editar | editar código-fonte]

Anualmente, a Diocese organiza 2 grandes e tradicionais procissões anuais:

  • a Festa de Nossa Senhora da Imaculada Conceição, dia 8 de dezembro, comemora-se em Dourados, a Festa de Festa de Nossa Senhora da Imaculada Conceição, padroeira da cidade. Nesse dia é feriado municipal.
  • a Festa de Nossa Senhora de Caacupé, também comemorado dia 8 de dezembro, a Festa de Nossa Senhora de Caacupé, padroeira da República do Paraguai.

Estas procissões são as mais importantes expressões públicas de piedade popular local, sendo participadas por várias centenas de católicos devotos. Alguns destes católicos vivem fora de Dourados e visitam esta cidade especialmente para participarem nestas procissões, e conhecerem a religiosidade católica local, espelhada quer nas procissões, quer nas igrejas de Dourados.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre religião é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.