Diocese de Sapë

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Diocese de Sapë
Diœcesis Sappensis
Localização
País  Albânia
Arquidiocese Metropolitana Arquidiocese de Shkodër-Pult
Estatísticas
População 203,000
Área 2 544 km²
Paróquias 32
Sacerdotes 15
Informação
Rito Romano
Criação da Diocese 1062
Governo da Diocese
Bispo Lucjan Avgustini
Jurisdição Diocese
Contactos

A Diocese de Sapë (em latim: Dioecesis Sappensis) é uma diocese da Igreja Católica, sufragânea da Arquidiocese de Shkodër-Pult, na Albânia. Até 2010, haviam sido contados 70.300 batizados em uma população de cerca de 203.000 habitantes. Hoje é liderada pelo bispo Lucjan Avgustini.

Território[editar | editar código-fonte]

A diocese está localizada na região norte da Albânia. A sede episcopal é a aldeia de Vau i Dejës, onde fica a Catedral de Madre Teresa. A diocese, no entanto, leva o nome da cidade de Sapë, que está localizada às margens do Lago Escútare, na foz do rio Drin.

O território está dividido em 32 paróquias.

História[editar | editar código-fonte]

A diocese foi erigida em 1062 pelo Papa Alexandre II.

Em 1444 as dioceses de Dagno, Sardenha e Sapë foram unidas, mas essa união durou pouco.

Em 1491 o local foi novamente unido à diocese da Sardenha, mas ainda no século XVI, havia duas linhas distintas de bispos com os uniões ocasionais in persona episcopi.

Na primeira metade do século XVI, a diocese enfrentou um período de decadência. Houve um longo de de sede vacante, que durou até 1560. Em 1594, a catedral estava em ruínas.

Em 1703 a diocese incorporou algumas paróquias que pertenciam à Diocese de Pult.

No início do século XX a residência do bispo mudou-se para a aldeia de Nënshat, a sudeste de Shkodër.

Em 25 de janeiro de 1930, a breve papal Incumbentis Nobis, de Pio XI, redefiniu os limites entre a diocese de Sapë e a Arquidiocese de Shkodër.

Durante o período comunista albanês, em que o estado declarava-se ateu, a diocese fiocu em sede vacante de 1947 a 2000.

Em 28 de julho de 2012, o Papa Bento XVI nomeou o cardeal Santos Abril y Castelló como seu enviado especial para a celebração do 950º aniversário da diocese, marcada para 29 de setembro de 2012.

Líderes[editar | editar código-fonte]

  • Pedro (mencionado em 1291)
  • Paolo (? - 1376)
  • Benvenuto, OFM (2 de julho de 1376 - ?)
  • Pietro Zaccaria (4 de maio de 1395 - ?)
  • Nicola (1414 - cerca de 1422)
  • Michele (3 de julho de 1422 - após a 1428)
  • Pietro, OSB (13 de julho de 1425 - após a 1428)
  • Matteo Ermolao (6 de março de 1433 - 11 de abril de 1440)
  • Giorgio (13 de junho de 1440 - ?)
  • Emanuele, OP (1459 - ?)
    • Bartolomeo Barbarigo (1468 - 11 de outubro de 1471) (administrador apostólico)
  • Marino Summa (22 de fevereiro de 1473 - ?)
  • Gabriele, O.F.M. (10 de março de 1479 - ?)
    • Biagio (27 de novembro de 1489 - 1490) (administrador apostólico)
  • Prosdocimo (20 de dezembro de 1490 - cerca de 1500)
  • Pietro Strebbigna (1503 - 1508)
  • Domingo García, O.P. (5 de julho de 1508 - ?)
  • Giorgio (? - 1513)
  • Pierre Tallon, O.F.M. (27 de junho de 1513 - ?)
  • Juan Buenaventura Valderrama, O.F.M. (3 de setembro de 1518 - ?)
  • Afonso Cavalheiro, O.F.M. Conv. (6 de fevereiro de 1521 - ?)
  • Teobaldo Bianchi (26 de abril de 1560 - outubro de 1582)
  • Giorgio Palma (9 de setembro de 1583 - cerca de 1590)
  • Nicola Bianchi (7 de novembro de 1594 - 1617 ou 1618)
  • Simoni Jeçi (26 de outubro de 1620 - 1621)
  • Pietro Budi (21 de julho de 1621 - dezembro de 1622)
  • Giorgio Bianchi (22 de maio de 1623 - 1º de outubro de 1635)
  • Francesco Bianchi (17 de dezembro de 1635 - 1644)
  • Giorgio Bianchi (14 de novembro de 1644 - 16 de outubro de 1646)
  • Simeone de Summis, O.F.M. (27 de maio de 1647 - 1672)
  • Estefano de Gaspar (29 de maio de 1673 - 14 de fevereiro de 1680)
  • Martin Jelić (28 de setembro de 1682 - 14 de fevereiro de 1684)
  • Giorgio Teodori (12 de novembro de 1685 - julho de 1706)
  • Egidio Quinto, O.F.M. Ref. (21 de março de 1707 - 8 de fevereiro de 1719)
  • Marino Gini (29 de março de 1719 - 1720)
  • Giovanni Galata (30 de setembro de 1720 - 15 de novembro de 1728)
  • Basilio Lindi (15 de dezembro de 1728 - novembro de 1744)
  • Lazzaro Uladagni (9 de março de 1746 - 21 de julho de 1749)
  • Giorgio Uladagni (27 de abril de 1750 - 9 de março de 1765)
  • Nicola Lindi (5 de agosto de 1765 - antes de 19 de agosto de 1791)
  • Giovanni Logorezzi (26 de setembro de 1791 - 1795)
  • Antonio Angelo Radovani (27 de junho de 1796 - 8 de julho de 1808)
  • Marco Negri (8 de julho de 1808 - 13 de maio de 1820)
  • Lekë Suma (5 de dezembro de 1820 - 23 de dezembro de 1826)
  • Lazzaro Uladagni Bianchi (24 de abril de 1827 - 13 de abril de 1829)
  • Pietro Borzi (18 de dezembro de 1829 - 13 de fevereiro de 1839)
    • Giovanni di Spalatro O.F.M.Obs. (24 de setembro de 1839 - ?)
    • Antonio Bassić (10 de janeiro de 1840 - ?)
  • Giorgio Labella, O.F.M.Ref. (2 de outubro de 1840 - 26 de novembro de 1844)
  • Pedro Severini, O.F.M.Ref. (26 de novembro de 1844 - 6 de novembro de 1873)
  • Giulio Marsili, O.F.M.Obs. (11 de novembro de 1873 - 11 de maio de 1890)
  • Lorenzo Petris de Dolammare (5 de agosto de 1890 - 12 de junho de 1892)
  • Gabriele Neviani, O.F.M.Ref. (10 de janeiro de 1893 - antes de 12 de março de 1900)
    • Pietro Sereggi, O.F.M. (31 de março de 1900 - ?)
  • Lazer Mjeda (10 de novembro de 1900 - 24 de dezembro de 1904)
  • Giacomo Sereggi (7 de agosto de 1905 - 14 de abril de 1910)
  • Gjergj Koleci (21 de setembro de 1911 - 2 de janeiro de 1928)
  • Zef Gjonali (13 de junho de 1928 - 30 de outubro de 1935)
  • Nikolla Vinçenci Prennushi, O.F.M. (27 de janeiro de 1936 - 26 de junho de 1940)
  • Gjergj Volaj (26 de junho de 1940 - 3 de fevereiro de 1947)
    • Sede vacante (1947-2005)
  • Dodë Gjergji (23 de novembro de 2005[1] - 12 de dezembro de 2006)
  • Lucjan Avgustini (12 de dezembro de 2006)

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

A diocese, até o final de 2010, em uma população de 203 mil pessoas havia contabilizado 70.300 batizados, correspondendo a 34,6% do total.

Referências

  1. Dal 5 febbraio 2000 amministratore apostolico senza dignità episcopale.

Fontes[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]