Diogo Ortiz de Vilhegas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

D. Diogo Ortiz de Vilhegas (em castelhano, Diego Ortiz de Villegas; Calçadilha, 1457Almeirim, Almeirim, 1519) foi um prelado de origem castelhana, sucessivamente bispo de Tânger (1491-1500), de Ceuta (1500-1504) e de Viseu (1505-1519).

Biografia[editar | editar código-fonte]

Era filho de Afonso Ortiz de Vilhegas, tendo vindo para Portugal como confessor da princesa D. Joana, a Beltraneja, tendo sido muito estimado de D. João II e D. Manuel I. Assim, ainda na década de 1480, D. João II encarregou-o de analisar as propostas de navegação do genovês Cristóvão Colombo, e esteve presente quando o rei encarregou Pêro da Covilhã e Afonso de Paiva de demandarem o Preste João das Índias, tendo passado pelo seu crivo o mapa-múndi que foi entregue aos dois exploradores. Como recompensa, em 1491, D. João nomeou-o prior do Mosteiro de São Vicente de Fora e bispo de Tânger.

Acompanhou o monarca nos seus derradeiros anos, tendo assistido à sua morte no Alvor, em 1495; no seu testamento, o defunto rei encomendava o seu leal servidor ao Duque de Beja e seu sucessor na Coroa, D. Manuel. Este, seguindo a linha do seu antecessor, nomeou D. Diogo sucessivamente para o bispado de Ceuta (1500) e em 1504 para o bispado de Viseu (tomando posse em 1505), tendo-o ainda encarregue da educação do seu filho e herdeiro, o príncipe D. João (futuro D. João III).

Também foi ele quem rezou a missa de despedida da esquadra de Pedro Álvares Cabral, quando este deixou Portugal, a 8 de Março de 1500.

Faleceu em Almeirim, Almeirim, em 1519, tendo sido sepultado no Mosteiro de Nossa Senhora da Serra, nessa mesma vila, pertença da Ordem de São Domingos.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Dom Frei Nuno Álvares de Aguiar
Brasão episcopal
Bispo de Tânger

14911500
Sucedido por
Dom João Lobo
Precedido por
Dom Fernando de Almeida
Brasão episcopal
Bispo de Ceuta

15001504
Sucedido por
Dom Frei Henrique de Coimbra, O.F.M.
Precedido por
Dom Fernando Gonçalves de Miranda
Brasão episcopal
Bispo de Viseu

15051519
Sucedido por
Cardeal-Infante
Dom Afonso de Portugal
Ícone de esboço Este artigo sobre História de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.