Dirck Bouts

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A Última Ceia

Dirck Bouts ou Dieric Bouts (Haarlem, 1415/14201475) foi um dos mais famosos pintores quatrocentistas da Holanda.

De acordo com Karel van Mander, Bouts nasceu em Haarlem e trabalhou principalmente em Louvain, onde foi o pintor da cidade a partir de 1468. Influenciou-se por Jan van Eyck e Rogier van der Weyden, com quem estudou. Bouts foi um dos primeiros pintores nórdicos a usar o Ponto de fuga, como visto na Última Ceia.

A obra mais antiga de Bouts é o Infancy Triptych, que está no Museu do Prado, em Madri.

Casou-se com Katharina van der Brugghen, de quem teve dois filhos. Porém, antes de ter imigrado para a cidade onde casou, visitou as cidades de Bruges e Antuérpia. Seu irmão, Aelbrecht Bouts, também foi pintor.

Hoje, a maioria das suas obras encontra-se exposta nos melhores museus da Europa e do Mundo, entre eles o Museu do Prado, em Madrid, a Galeria Nacional de Arte em Washington e o Getty Center, em Los Angeles.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Projetos relacionados[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Dirck Bouts
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) pintor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.