Diretor executivo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Diretor executivo (AO 1945: director executivo) , diretor geral ou Chefe Executivo de Ofício (às vezes designado pelo estrangeirismo Chief Executive Officer, ou pela sigla CEO, em inglês) é o cargo que está no topo da hierarquia operacional de uma empresa. Ele possui a responsabilidade de executar as diretrizes propostas pelo Conselho de Administração, que por sua vez é composto por representantes dos acionistas da empresa.

Com a crescente globalização da economia e dos negócios, o termo vem sendo empregado também em países de língua não inglesa. Em Portugal o termo é utilizado informalmente sobretudo em empresas de grande dimensão, apesar da designação oficial do cargo ser outra, tal como Administrador-Delegado, Presidente da Comissão Executiva ou Presidente Executivo.

Estrutura[editar | editar código-fonte]

O CEO é fiscalizado e recebe diretrizes do Conselho de Administração. Há casos em que o CEO seja igualmente o Presidente do Conselho de Administração. Por vezes, quando uma pessoa possui ambos os títulos - Presidente do Conselho de Administração e CEO - há uma outra pessoa com o título de Executivo-Chefe de Operações (COO).

No sistema jurídico português e nas organizações econômicas, considerando a forma tripartida das sociedades comerciais - Conselho Fiscal, Conselho de Administração e Assembleia Geral - o CEO corresponde ao PCA, Presidente do Conselho de Administração..

Em empresas multinacionais podem existir vários níveis de CEO abaixo do CEO de topo, como por exemplo:

  • Regional CEO
  • Country CEO
  • Branch CEO

Geralmente, um CEO pode ter vários diretores subordinados com responsabilidades específicas. Esses diretores adotam muitas vezes títulos em língua inglesa derivados da família chief xxx officer (CxO):

  • CAO – Chief Accounting Officer, Diretor de Contabilidade.;
  • CAO – Chief Administrative Officer, Diretor Administrativo;
  • CAO – Chief Analytics Officer, Diretor de Análise;
  • CBO – Chief Brand Officer, Diretor de Qualidade;
  • CCO – Chief Channel Officer, Diretor de Curso;
  • CCO – Chief Communication Officer, Diretor de Comunicação;
  • CCO – Chief Compliance Officer, Diretor de Conformidade;
  • CDO – Chief Data Officer, Diretor de Dados;
  • CFO – Chief Financial Officer, Diretor Financeiro;
  • CGO – Chief Governance Officer, Diretor de Governança;
  • CHRO – Chief Human Resources Officer, Diretor de Recursos Humanos;
  • CIO – Chief Information Officer, Diretor de Informação;
  • CISO – Chief Information Security Officer, Diretor de Segurança da Informação;
  • CKO – Chief Knowledge Officer, Diretor de Conhecimento;
  • CLO – Chief Learning Officer, Diretor de Aprendizagem;
  • CLO – Chief Legal Officer; Diretor Jurídico;
  • CMO – Chief Marketing Officer, Diretor de Marketing;
  • CMO – Chief Maintenance Officer, Diretor de Manutenção;
  • CNO – Chief Networking Officer, Diretor de Rede;
  • COO – Chief Operating Officer / Chief Operations Officer, Diretor de Operações;
  • CPO – Chief Purchasing Officer, Diretor de Compras;
  • CQO – Chief Quality Officer, Diretor de Qualidade;
  • CRO – Chief Risk Officer / Chief Risk Management Officer, Diretor de Gerenciamento de Risco;
  • CSO – Chief Science Officer, Diretor de Ciências;
  • CSO – Chief Security Officer, Diretor de Segurança;
  • CSO – Chief Strategy Officer, Diretor de Estratégia;
  • CTO – Chief Technical Officer / Chief Technology Officer, Diretor de Tecnologia;
  • CVO – Chief Visionary Officer, Diretor Visionário.