Dirty Harry

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dirty Harry
A Fúria da Razão (PT)
Perseguidor Implacável (BR)
 Estados Unidos
1971 • cor • 102 min 
Direção Don Siegel
Produção Don Siegel
Robert Daley (executiva)
Roteiro Harry Julian Fink
Rita M. Fink
John Milius
Elenco Clint Eastwood
Harry Guardino
Reni Santoni
John Vernon
Gênero Ação, Crime, Thriller, Drama
Idioma Inglês
Música Lalo Schifrin
Cinematografia Bruce Surtees
Edição Carl Pingitore
Estúdio Malpaso Productions
Distribuição Warner Bros.
Lançamento 23 de dezembro de 1971
Receita US$ 35.976.000[1]
Página no IMDb (em inglês)

Dirty Harry (Perseguidor Implacável, no Brasil; A Fúria da Razão, em Portugal) é um filme norte-americano de 1971, onde Clint Eastwood interpreta pela primeira vez o detetive Harry Callahan.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Callahan é um policial que age além dos limites da lei, impondo sua própria filosofia para acabar com o "lixo humano" da cidade de São Francisco. Em seu primeiro filme ele terá que resolver o caso de um bandido que está matando as pessoas uma a uma, e ameaça uma garota de 14 anos caso o Prefeito não lhe pague o resgate de 100 mil dolares em pouco tempo. Para isso Callahan não hesita em torturar o criminoso (pisa no seu ferimento a bala) para que ele revele o cativeiro onde colocou a moça.

O personagem "Dirty" Harry[editar | editar código-fonte]

Harry "Dirty" Callahan ou "Dirty Harry" (ocasionalmente traduzido no Brasil para Harry, O Sujo) se tornou um dos personagens mais famosos de Clint Eastwood, a ponto de se confundir durante algum tempo a personalidade fictícia com a real do ator.

Harry não tem fama de durão à toa: tem como companheira a sua arma, uma Smith & Wesson Model 29 .44 Magnum, pois diz que ela é boa para atravessar com balas vidros de carros em fuga (The Enforcer). Também é muito citada a sua frase "Go ahead, make my day" que ele disse em Sudden Impact (no Brasil Impacto Fulminante),outra das sequências, quando se dirigia a um bandido. Em tradução livre, "Vá em frente,faça o meu dia", o que significa dizer algo como:"Reaja e deixe-me feliz por dar-me um motivo para crivá-lo de balas".

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Clint Eastwood ... Insp. Harry Callahan
  • Harry Guardino ... Tenente Al Bressler
  • Reni Santoni ... Insp. Chico Gonzalez
  • John Vernon ... Prefeito
  • Andrew Robinson ... Assassino Scorpio (como Andy Robinson)
  • John Larch ... Chefe
  • John Mitchum ... Insp. Frank DiGiorgio
  • Mae Mercer ... Sra. Russell
  • Lyn Edgington ... Norma
  • Ruth Kobart ... Motorista do ônibus
  • Woodrow Parfrey ... Sr. Jaffe
  • Josef Sommer ... William T. Rothko
  • William Paterson ... Juiz Bannerman
  • James Nolan ... Dono do Armazém
  • Maurice Argent ... Sid Kleinman (como Maurice S. Argent)

Sequências[editar | editar código-fonte]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Em Portugal estreou quase um ano depois de a mesma ocorrer nos EUA (22 de dezembro de 1971), em 3 de outubro de 1972.
  • Em The Dead Pool, na cena do cemitério, aparecem os integrantes da primeira formação do Guns N' Roses figurando no velório.

Referências

  1. Dirty Harry (1971) (em inglês) Box Office Mojo. Visitado em 11 de maio de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.