Discussão:Flúor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Falta de ética[editar | editar código-fonte]

esse artigo nao expoe os argumentos daqueles que defendem a eliminacao do fluor na agua o comentário precedente não foi assinado por 189.25.118.103 (discussão • contrib.)

Caro Sr. Gunnex[editar | editar código-fonte]

Conte a verdade sobre o Flúor ao povo! Não Minta para as massas seu infame! O senhor está ocultando informações precisas de utilização pública do Flúor, que é um veneno presente na água da Torneira, o limite é de 0,5, e na Torneira encontramos 1,5!! Por que? Para apaziguar a população evitando revoltas e discórdias, o que de certa forma é até bom, MAS o flúor é mais perigoso que chumbo e pode causar câncer e osteoporose.o comentário precedente não foi assinado por 200.246.78.4 (discussão • contrib.)

É importante saber que nem todos os municípios brasileiros recebem flúor na água. A brincadeira acima é uma discussão levantada no filme "Teoria da Conspiração". Não há qualquer estudo que mostre relação entre Flúor na água e "comportamento social". Abraços --Mago® (discussão) 15h37min de 20 de Maio de 2008 (UTC)
Há estudos, sim! Procure os estudos do Dr. Paul Connet, e de milhares de outros cientistas, em http://fluoridealert.org . De repente, qualquer coisa que vá contra o establishment ciêntifico é "teoria da conspiração".

Caro Sr. Gunnex[editar | editar código-fonte]

  • Não colocamos no intuito de fanfarrisse, há diversos sites que afirma que o flúor era usado nos campos nazistas para apaziguar os prisioneiros.Não teria sentido? Note (eu e várias outras pessoas já notamos) que ao beber a água do bebedouro, nos sentimos mais calmos, uma sensação ligeiramente rápida de calmaria, que não ocorre ao bebermos outros tipos de água, como a mineral.
  • E no fim do artigo, pode-se ler claramente que o flúor é altamente tóxico.
  • Caso não haja provas concretas de tal caso do Veneno na Torneira, permita-nos colocar na parte do artigo: "TEORIAS" ou "FATOS NÃO COMPROVADOS".

Obrigado.o comentário precedente não foi assinado por 200.246.78.4 (discussão • contrib.) Gunnex msg contrib 15h57min de 20 de Maio de 2008 (UTC)

Olá IP! A Wikipédia não é um lugar para "TEORIAS" ou "FATOS NÃO COMPROVADOS" (relacionado: WP:NPI, WP:V e WP:WNE). A sua edição em Flúor foi revertida por desrespeitar a política WP:DA. Note no entanto que o que está protegido por direitos de autor é a expressão artística da informação e não a própria informação. O que isto significa é que você pode utilizar a informação obtida de fontes exteriores desde que a expresse pelas suas palavras. Ou seja: não pode copiar os textos, mas pode reutilizar a informação neles contida. Obrigado. --Gunnex msg contrib 15h57min de 20 de Maio de 2008 (UTC)

Proteção[editar | editar código-fonte]

Está protegido devido a inserção de teoria conspiratória. Fabiano msg 21h39min de 20 de Maio de 2008 (UTC)

Sobre tal artigo[editar | editar código-fonte]

Este artigo, além de parcial, usa técnicas de dissertação que conduzem o leitor à interpretação dos fatos ao modo do autor. Usa, também, argumentos verossímeis tais como se fossem verídicos. Sou contra a ingestão do Flúor, até mesmo contra o uso tópico e fico fulo ao ver um Zé, sem metodologia, opinando num artigo que deveria ser IMPARCIAL, através de uma argumentação fajuta. Estou aprendendo a usar o Wikipédia e, tão logo quanto possível, hei de editar essa página a fim de que mostre fatos, não conclusões, que, por vezes, podem ser precipitadas. Fabio Stancher de Paiva Filho (discussão) 22h38min de 3 de Junho de 2008 (UTC)

  • A Wiki não é lugar para teorias da conspiração, sua posição pessoal sobre esse ou aquele tema não tem importância nenhuma. Tudo aqui se baseia em fontes e a Organização Mundial da Saúde me parece ter muito mais credibilidade que qualquer outra. Fabiano msg 23h09min de 3 de Junho de 2008 (UTC)
    • Concordo Plenamente! Minha posição tem a mesma importância da sua: NENHUMA. Triste fico pelo fato do senhor usar dois pesos e duas medidas. Este artigo deve ser IMPARCIAL, sem pender para lado algum. Nunca propus nada além disto.

Fabio Stancher de Paiva Filho (discussão)

Flúor na água é coisa de comunista[editar | editar código-fonte]

Todo mundo sabe que esse negócio de colocar flúor na água é uma conspiração comunista para envenenar o Ocidente. Afinal, comunista não bebe água, bebe vodka! Albmont (discussão) 18h55min de 24 de Junho de 2008 (UTC)


Para acabar com a briga[editar | editar código-fonte]

Proponho medidas praticas para acabar com a disputa acima: -criar uma página a respeito do Flúor, elemento química da tabela periódica. Um texto CIENTÍFICO. -criar outra página com todas as "possíveis" teorias de conspiração. E eliminar do texto cientifico qualquer tentativa de voltar a colocar teorias. Ficar discutindo essas teorias em uma enciclopédia é infantil e banal... Existem outros lugares mais leigos para discutir essas idéias. --BioVika (discussão) 14h45min de 12 de Setembro de 2008 (UTC)

  • Sim! Precisamos de um texto cientifico: sem teorias, pontos de vista, achismos e parcialidade. Somente fatos.

Eu nao suportei ver o artigo redigido por uma pessoa que claramente defende a fluoretacao. Este artigo foi mal escrito e eh tendencioso e cheio de artimanhas para levar o leitor a interpretar os fatos e pseudofatos de modo que poe o fluor como heroi e salvador da patria, aumentando os pontos positivos e diminuindo e escondendo as desvangatens da exposicao ao fluor. O autor original usou de muitos adjetivos inapropriados. Confesso que eu ja ridicularizei a pagina, expondo apenas os maleficios e teorias conspiratorias. Deveriamos nos conter apenas aos fatos e, de fato, que a fluoretacao das aguas diminui o indice de caries, eh apenas teoria. Sem teorias, por favor! Fabio Stancher de Paiva Filho (discussão)

Eu gostaria de falar sobre o uso do fluor nas criancas em escolas, houve um estudo ne Escocia em que provaram que o fluor nao e aconselhavel as mesmas podendo assim enfraquecer os dentes. pediram me autorizacao ao uso deste ao meu filho e nao sei se realmente deva cede la. Sera se alguem pudera ajudar me nesta minha duvida? Agradeco desde ja. B. Capelo

  • Os dentes ficam mais rígidos com a aplicação de flúor, verdade. Um exemplo de objetos rígidos são a louça e o giz, mas são muito quebradiços, pois não possuem flexibilidade. O colágeno, responsável pela flexibilidade e resistência óssea e dentária, perde parte das propriedades quando exposto ao flúor, deixando ossos e dentes ainda mais sensíveis à quebra. Sem falar que o flúor se liga a qualquer outro material, desde a pele da boca do seu filho, vasos sanguíneos, a pazinha de plástico para aplicação, alumínio, vidro... Para que mudar algo que Deus já fez perfeito? --Fabio Stancher de Paiva Filho (discussão)

Para acabar com a briga![editar | editar código-fonte]

Eu criei um artigo só para falar sobre este tema, tão discutido no séc. passado. Muitas conspirações foram feitas em prol de se impedir que a população seja beneficiada com este recurso. Este não trata-se de informações colhida da internet ou de fontes poucos confiáveis, trata-se nada mais nada menos que o Dr. Vitor Gomes Pinto, um homens mais respeitados internacionalmente no proposto tema. Espero assim concluir esta discussão visto que não há agora argumentos para que a população conheça o poder do flúor na prevenção de cárie dentária. Flúor odontológico. Jozeias3d? 17h13min de 14 de Dezembro de 2008 (UTC)

Que recurso? A adição de fluorsilicato na água? É teoria da conspiração afirmar que esta porcaria é resíduo da indústria de fosfato fertilizante. Sim, caro amigo, existem muitos estudos comprovando a toxicidade do fluoreto. Disponíveis em http://fluoridealert.org



Destacando pontos tendenciosos[editar | editar código-fonte]

O artigo está muito tendencioso:

"E, embora sua essencialidade não tenha sido comprovada inequivocamente (WHO, 2002 — Guidelines Para Qualidade da água), trata-se alegadamente de uma substância essencial, que deve ser utilizada com sabedoria, por ser muito reativa e tóxica, para que todos possam gozar de seus benefícios e fazer jus ao ditado "Só a dose faz o veneno". É preciso lembrar que na dose certa, nem arsênico é venenoso, existindo aplicações medicinais também para ele".

E ainda segue:

"É muito importante que seja discutida com a população essa importante medida de saúde, visando beneficiá-la com níveis ótimos da paradoxal substância ao tempo em que se respeite a ética em saúde pública evitando assim problemas como A Revolta da Vacina de 1906".

"No Brasil, há leis de fluoretação de águas públicas que foram recentemente contestadas por políticos e outros profissionais contrários a esse tratamento de massa da população, no senado e câmara, considerado antiético, segundo seus valores, ao tempo em que foram festejadas por organizações médicas e comunidades científicas".


Agora compare com o mesmo artigo em inglês(classificado como bom):

Fluoride is not considered an essential mineral element for mammals or humans. Small amounts of fluoride may be beneficial for bone strength, but this has not been definitively established. As there are many environmental sources of trace fluorine, the possibility of "fluorine deficiency" only pertains to artificial diets. [1] [2]


Water fluoridation is the controlled addition of fluoride to a public water supply to reduce tooth decay.[134] It began in the 1940s following studies of children in a region where water was naturally fluoridated. It is now used for about two thirds of the U.S. population on public water systems and for about 6% of people worldwide.[135][136] Although the best available evidence shows no association with adverse effects other than dental fluorosis, most of which is mild,[137] water fluoridation has been contentious for ethical, safety, and efficacy reasons.[136] Opposition to water fluoridation exists despite its support by public health organizations.[138] The benefits of water fluoridation have lessened recently—presumably because of the availability of fluoride in other forms—but are still measurable, particularly for low-income groups. [3] [4] [5] [6] [7] [8]

Referências

  1. Nielsen, F. H. (2009). "Micronutrients in Parenteral Nutrition: Boron, Silicon, and Fluoride". Gastroenterology 137 (5): S55–S60. doi:10.1053/j.gastro.2009.07.072. PMID 19874950.
  2. Olivares, M.; Uauy, R. (2004). Essential nutrients in drinking water (Draft) (Report). Geneva: WHO. Retrieved 14 October 2013.
  3. https://en.wikipedia.org/wiki/Fluorine#cite_note-143
  4. https://en.wikipedia.org/wiki/Fluorine#cite_note-Ripa-144
  5. https://en.wikipedia.org/wiki/Fluorine#cite_note-Cheng_Chalmers_Sheldon_2007-145
  6. https://en.wikipedia.org/wiki/Fluorine#cite_note-146
  7. https://en.wikipedia.org/wiki/Fluorine#cite_note-147
  8. https://en.wikipedia.org/wiki/Fluorine#cite_note-Dental_caries-148