Discussão:Sismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Untitled[editar | editar código-fonte]

Não sei se é por aqui que devo deixar o alerta. Estive a ler o artigo e é bastante interessante mas contém erros...alguns graves e tentei corrigir a página, mas infelizmente o autor bloqueou a edição. Compreendo que é aborrecido fazer um artigo e depois ser vandalizado ... mas se a sua edição não for possível a Wikipedia perde deixa de ter interesse e valor cultural/científico, tal como é reconhecido ... a questão do "policiamento" deve de estar a cargo da wiki e do bom senso dos utilizadores, agora o que não é admissível, é o autor ter a arrogância de pensar que é o melhor do mundo e o que faz está correcto!!!! Espero que o autor reconsidere e abre a edição, até porque se a página foi vandalizada ... algum motivo havia!!! --Fontiela (discussão) 14h27min de 9 de fevereiro de 2009 (UTC) Terremoto em Manaus?

De que se trata o citado terremoto (sem fontes) na página? A data indicada é de um terremoto no Peru que foi sentindo em Manaus, Brasil e não teve epicentro no estado ou próximo dele. O último registrado na região foi em 21/07/2007 no Acre

--Paulino Michelazzo 13h22min de 23 de Setembro de 2007 (UTC)

abalos sísmicos[editar | editar código-fonte]

típicos abalos sísmicos ocorrem devido ao movimento da crosta

e cerca de 20 terremotos abalam a Terra anualmente

Açores[editar | editar código-fonte]

Retirei a passagem que dizia que os Açores não se encontravam num limite de placas (apesar da sua actividade vulcânica estar associada a hot-spot). Na realidade, este arquipélago está no limite divergente entre as placas americana (grupo ocidental) e placa euroasiática (grupo central) e placa africana (grupo oriental). 81.193.100.240 (discussão) 20h07min de 26 de Novembro de 2007 (UTC)

Proteção da página[editar | editar código-fonte]

Devido a vandalismos reincidentes feitos por anônimos, foi pedida a proteção aos administradores. Protegi a página em infinito, de modo que se algum anônimo quiser operar alguma modificação, que efetue aqui na discussão o pedido, ou faça log-in. Conhecer ¿Digaê 13h22min de 10 de Março de 2008 (UTC)


Terremotos no Brasil[editar | editar código-fonte]

O Terremoto de 5,2 Graus não é quarto maior da historia do Brasil, aquele que adicionou esse informação equivocada por favor a retire ou indique sua fonte. Procure na pagina sobre o proprio terremoto sobre fontes que indicam que ele não foi o quarto maior. Agora vocês tem dois dias nesse tempo eu crio uma conta somente para alterar o artigo. (189.78.142.128 (discussão) 22h02min de 24 de Abril de 2008 (UTC))


Terremotos no Haiti[editar | editar código-fonte]

O recente terremoto ocorrido no Haiti é sem dúvida um drama humano e uma notícia de primeiro plano, mas a sua magnitude está muito longe dos valores mais altos registados e esta tragédia da actualidade não será relevante em termos históricos a nível mundial, excepto, evidentemente, para o próprio Haiti. O texto tem também incoerências pois refere ser o maior terramoto registado no país nos últimos 200 anos, mas indica uma magnitude mais elevada no de 1946. Penso que esta secção deveria ser removida.

Tem lógica existir um a secção para Terremotos em Portugal e no Brasil, uma vez que estamos numa Wikipédia em Língua Portuguesa. Poderia existir também uma secção de “recordes” com os sismos de maior magnitude registado a nível mundial e os terramotos mais destrutivos ao longo da História. Mas, a não ser que se fizesse uma lista por países, que seria exaustiva e pouco interessante, esta tragédia do Haiti não teria lugar neste artigo sobre sismos, mas apenas no artigo sobre o Haiti, pela importância desta catástrofe na História deste país. --Espadeiro (discussão) 11h10min de 14 de janeiro de 2010 (UTC)

Sobre a importância de se entender a real causa dos terremotos[editar | editar código-fonte]

Proponho a incluir nos artigo principal estudos sobre as possíveis causas dos terremotos ou melhor, sobre a verdadeira origem desses eventos. É extremamente importante a caracterização de fenômenos precursores (que ocorrem antes do grande terremoto), como são os estudos e monitoramento que lhes permitam salvar vidas e não apenas estudar as assinaturas de ondas sísmicas. Ao se estudar apenas a mecânica das ondas sísmicas, a bala já foi disparada e não poderá ser contida, mas se entendermos melhor o interior da Terra, especialmente sobre a química dos terremotos é provável que possamos salvar muitas vidas em áreas de maior risco.

Como já ressaltado pelo cientista Thomas Gold, os terremotos são causados pela migração de gases primordiais no interior da terra, principalmente o metano. Gases como o nitrogênio hélio, e radônio comumente estão também presentes. O acompanhamento das emanações de radônio em áreas de risco, como foi o caso de sismo de Aquila, na Itália, foi um exemplo de como podemos salvar vidas estudando fenômenos precursores e devemos tomá-lo como um bom exemplo.

Além disso, o estudo das nuvens de metano a partir de satélites, o comportamento de animais como migração de anfíbios (sapos e rãs) e vários animais aquáticos ou terrestres com pele sensível ou faro potente que podem perceber através de seus sentidos as variações que os seres humanos não sentem. Portanto, estudar a química dos sismos (metano, hélio, nitrogênio radônio) e o comportamento animal em áreas de risco sísmico é algo precioso para a humanidade.186.205.182.196 (discussão) 15h29min de 13 de novembro de 2010 (UTC)

Terremoto em Nova Zelândia[editar | editar código-fonte]

O terremoto foi de 6.3 com muitos mortos. JMGM (discussão) 05h33min de 22 de fevereiro de 2011 (UTC)