Divisões administrativas da Grécia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
A nova divisão administrativa da Grécia, mostrando regiõers e municípios.

Em 1 de Janeiro de 2011, de acordo com o plano Kallikratis (Lei 3852/2010), o sistema administrativo da Grécia foi drasticamente reformulado. O antigo sistema de 13 regiões, 54 prefeituras e 1033 municípios e comunidades foi substituído por 7 administrações descentralizadas, 13 regiões e 325 municípios. As regiões e municípios são totalmente auto-administradas, e as suas primeiras eleições que ocorreram entre 7 de novembro e 14 novembro de 2010. As administrações descentralizadas são dirigidas por um secretário-geral nomeado pelo Governo Grego. O Estado Monástico Autónomo da Montanha Sagrada, uma entidade autônoma autorregulada, foi uma exceção nessas reformas.